Voto do Corinthians contra VAR é citado por técnico do Internacional após impedimento quádruplo

26 mil visualizações 65 comentários

Por Meu Timão, na Arena Corinthians

Corinthians de Andrés Sanchez votou contra VAR no Brasileirão-2018

Corinthians de Andrés Sanchez votou contra VAR no Brasileirão-2018

Larissa Lima/Meu Timão

Uma decisão tomada pelo Corinthians no início do último mês de fevereiro foi citada indiretamente pelo técnico do Internacional, Odair Hellmann, em entrevista coletiva concedida na noite deste domingo, na Arena, em Itaquera, após o empate de alvinegros e colorados em 1 a 1 em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Odair foi questionado sobre o gol irregular de Leandro Damião validado pela arbitragem. O impedimento quádruplo certamente seria identificado pelo homem do apito caso houvesse a tecnologia do VAR (árbitro de vídeo) em jogos do Brasileirão. Mas não há.

E não há graças ao Corinthians e outros 11 clubes que votaram contra a implementação do VAR no Brasileirão no último mês de fevereiro. O Internacional, como citado por Odair, foi uma das agremiações favoráveis à adoção do árbitro de vídeo já nesta edição do torneio.

"Eu vou responder com muita tranquilidade, depois vou ver todos os lances por estudar o jogo, como sempre faço. Se houve impedimento, o Corinthians tem todo direito de ficar chateado e reclamar. Como eu fiz na semana passada. Se for olhar, temos muito mais erros contra nós do que a favor. Se eu for gemer a toda hora por erros, vou ficar sem voz. Uma hora a bola na mão é pênalti e em outra não é por critérios diferentes. Acontece… Que se profissionalize, que deem o VAR, mas não o VAR da Libertadores que fez aquela coisa toda lá (em jogo Boca Juniors e Cruzeiro, com expulsão de Dedê)", disse Odair.

"O Internacional não foi contra o VAR, foi a favor do VAR para dar mais uma ferramenta para ajudar o árbitro. Ele está ali, sob pressão. Se aconteceu, o Corinthians tem todo direito de reivindicar como já fizemos", concluiu.

Vale lembrar que, na ocasião em que os clubes vetaram adoção do VAR no Brasileirão, em reunião do conselho arbitral realizada no Rio de Janeiro, o recém-empossado presidente corinthiano Andrés Sanchez negou que o Timão tenha votado contra por causa dos custos da nova tecnologia. O argumento do mandante foi de que não havia sido apresentado um padrão de utilização da tal assistência por vídeo.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Andrés Sanchez, Erros de arbitragem e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Léo Natel jogou emprestado no futebol do Chipre

    Léo Natel inicia bateria de exames e já tem data limite para ser anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Situação de Cantillo não preocupa o Corinthians

    Presidente do Corinthians garante pagamento no prazo e afasta chances de saída de Cantillo

    ver detalhes
  • Neto conversou com a reportagem do Meu Timão nesta segunda-feira

    Ao Meu Timão, Neto indica ponto positivo na gestão de Andrés e valoriza homenagens do Corinthians

    ver detalhes
  • O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    [Mayara Munhoz] O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    ver detalhes
  • Tiago Nunes e sua comissão técnica podem levar os atletas novamente à Arena Corinthians para treinamentos

    Comissão técnica do Corinthians prepara ações para minimizar estádios sem presença de público

    ver detalhes
  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: