Marllon comemora desempenho individual, mas lamenta gol perdido no fim contra o Santos

3.0 mil visualizações 43 comentários

Zagueiro Marllon em ação contra o Santos, no Pacaembu

Zagueiro Marllon em ação contra o Santos, no Pacaembu

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Marllon viveu um misto de emoções após o jogo contra o Santos no Pacaembu. Apesar de feliz com seu desempenho individual, que o levou a ter uma das melhores notas na avaliação do Meu Timão, o zagueiro lamentou o revés pelo placar mínimo e também o gol perdido no último lance.

Em relação à performance individual, o defensor lembrou de todo o trabalho diário no CT Joaquim Grava.

"Eu venho trabalhando para quando tiver uma oportunidade entrar bem e ajudar o Corinthians. A gente fica feliz pela partida que fizemos defensivamente, mas triste pelo resultado negativo. Merecíamos até empatar ali com a minha oportunidade no final do jogo, mas não conseguimos ser efetivo", afirmou.

Leia também:
Jair não vê Corinthians dominado pelo Santos, mas admite ameaça do Z4
Léo Santos revela desconforto muscular e pedido por saída pensando em final
Torcedores do Corinthians protestam na web após nova derrota; veja mensagens

Por falar em resultado ruim, o defensor comentou o gol do Santos, que saiu do lado esquerdo da defesa do Corinthians.

"Teve um pouco de mérito dele (Gabriel, autor do gol), mas teve bobeira nossa, que deixamos o marcador girar dentro da área. Erro que vamos corrigir para que não aconteça mais", afirmou o zagueiro.

Já em relação ao gol perdido por ele no fim, quando sete jogadores do Corinthians ficaram sozinhos após uma linha de impedimento mal feita dos santistas, Marllon explicou por que não dominou a bola já que estava sozinho - defensor cabeceou para fora a última chance.

"Não deu (para ter percepção que estava livre). Eu vi a sombra do Danilo, achei que fosse marcador, acabei fazendo gesto, ninguém falou comigo, e foi para fora, infelizmente", lembrou.

Por fim, Marllon falou sobre a decisão da Copa do Brasil no meio de semana. De acordo com o zagueiro, o resultado deste sábado não influencia em nada na final. O jogador, inclusive, se colocou à disposição da comissão técnica para ajudar diante do Cruzeiro.

"Para mim todo jogo é o jogo da minha vida, como eu fiz hoje, se eu tiver oportunidade. Então, creio que quem entrar na quarta-feira vai ser o jogo da vida", finalizou.

Veja mais em: Marllon e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Bruno Méndez e Lucas Piton durante o último treino do Corinthians antes da final do Paulista

    Corinthians finaliza preparação para decisão do Paulista; veja provável escalação contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Cássio concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava

    Cássio celebra entrada no seleto grupo dos 10 jogadores que mais atuaram pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Luan ainda não terminou uma partida depois da paralisação

    Luan foi substituído em todos os jogos do Corinthians após a pausa; saídas nos Dérbis vieram antes

    ver detalhes
  • Pedrinho publica foto com camisa do Benfica após chegar em Portugal nesta sexta-feira

    Ex-Corinthians, Pedrinho chega em Portugal para se apresentar ao Benfica

    ver detalhes
  • Carlos pode rumar ao futebol italiano nos próximos dias, após o fim do Paulistão

    Portal italiano diz que Monza espera Carlos ainda neste mês para exames; dirigente admite interesse

    ver detalhes
  • Sornoza marca golaço pela LDU

    Emprestado pelo Corinthians, Sornoza marca golaço do meio de campo no Equador; assista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: