Corinthians iguala número de derrotas sofridas em 2007; nenhum clube da Série A perdeu mais no ano

Corinthians iguala número de derrotas sofridas em 2007; nenhum clube da Série A perdeu mais no ano

Por Meu Timão

1.6 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Derrota contra o Cruzeiro foi a 23ª do Timão no ano de 2018

Derrota contra o Cruzeiro foi a 23ª do Timão no ano de 2018

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A disputa contra o rebaixamento já tinha transformado o fim da temporada do Corinthians em algo melancólico. Com o revés por 2 a 1 diante do Cruzeiro e o consequente vice-campeonato da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, as coisas ficaram ainda piores. E não foi só pelo troféu que não veio, mas sim por uma série de marcas negativas.

Com o resultado, o Timão chegou a incríveis 23 derrotas em 2018. O número é o mesmo acumulado em todo o ano de 2007, quando a equipe foi rebaixada à segunda divisão. Restam, vale destacar, nove jogos para a atual temporada acabar.

Além de igualar a própria marca negativa, o Corinthians também empatou com o Vitória, tornando-se a equipe da Série A que mais perdeu desde o início do ano. O Paraná, que é o lanterna do Brasileirão, por exemplo, perdeu 22 vezes - uma a menos que o time alvinegro.

Leia também:
Em seu pior turno na história, Corinthians mira nove finais para evitar tragédia no Brasileiro
Agora sem o título, Jair Ventura precisa melhorar todos seus números no Corinthians
Realidade bate à porta do Corinthians: luta contra o rebaixamento e quase fora da Libertadores 2019

Se o panorama geral assusta para o que pode ser um desfecho trágico para o Timão, o retrospecto recente acende ainda mais o sinal de alerta. Foi a quarta derrota seguida de Jair e seus comandados, que não vencem há cinco partidas - o último triunfo foi justamente na semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

Neste domingo, pouco depois de amargar o vice-campeonato, o Corinthians entra em campo com muita coisa em jogo. Às 16h, a equipe encara o Vitória, no Barradão. Perder pode significar ficar ainda mais perto da zona da degola, dar importantes pontos a um adversário direto e, aí sim, se isolar como quem mais perdeu na temporada. Daqui para frente, todo compromisso é o "jogo da vida" para o time alvinegro.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Dupla assinou novo contrato até o fim de 2022

    Cássio e Fagner renovam contratos com o Corinthians por mais uma temporada

    ver detalhes
  • Corinthians tem sete marcas estampadas no uniforme em 2019

    Uniforme do Corinthians já vale quase R$ 80 milhões; saiba os valores das sete marcas

    ver detalhes
  • Gabriel ainda não tinha treinado com bola em 2019

    Com duas novidades em campo, Corinthians se reapresenta após estreia do Paulistão

    ver detalhes
  • Timãozinho segue treinando forte para encarar o Vasco, pela semifinal da Copinha

    Semifinal da Copinha e dois confrontos pelo Paulistão: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes