Apoiado em gringos, Sergio Díaz revela conversa com Romero sobre adaptação ao Corinthians

Apoiado em gringos, Sergio Díaz revela conversa com Romero sobre adaptação ao Corinthians

Por Meu Timão

20 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Sergio Díaz chegou ao Corinthians em julho

Sergio Díaz chegou ao Corinthians em julho

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mais de quatro anos ininterruptos no Corinthians, bicampeão brasileiro e bicampeão paulista, artilheiro máximo da Arena... Mesmo não sendo unanimidade entre os torcedores, Ángel Romero tem uma história de respeito no Timão. E é nisso que Sergio Díaz se inspira.

Em entrevista concedida nesta quarta-feira no CT Joaquim Grava, o também atacante paraguaio do Corinthians revelou bastidores de uma conversa que teve com Romero sobre a adaptação do camisa 11 no clube. Em 2014 e 2015, Romero custava a ser titular. Em 2016, alternou bons e maus momentos. Engatar como dono absoluto da posição? Só em 2017...

"Ele me contou que passou dificuldades, que não tinha minutos, não jogava muito, mas sempre calado, treinando e treinando. É o que estou fazendo. Para ter oportunidades grandes, com partidas seguidas, ser um ídolo como ele é. Quero estar sempre preparado para ter oportunidades no Corinthians", relatou o compatriota de Romero.

Romero assinou contrato com o Corinthians em junho de 2014

Romero assinou contrato com o Corinthians em junho de 2014

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Outro gringo do elenco corinthiano é Ángelo Araos, contratado praticamente junto com Díaz - o meia veio em definitivo da Universidad de Chile; o atacante está emprestado até o fim de 2019 pelo Real Madrid B. "Sempre está comigo, me ajudando no que necessito, sempre estou com o Araos, viramos amigos. Ajudam os jogadores a se adaptar ao grupo, tem ajudado a mostrar o que é o Corinthians", disse o atacante.

Sergio Díaz, vale lembrar, disputou na noite do último sábado seu primeiro jogo como titular do Corinthians, na vitória por 2 a 1 sobre o Bahia. Ele ainda não sabe se será escalado por Jair Ventura para a partida de domingo que vem, contra o Botafogo. À disposição está...

"Me sinto muito bem, quando entro em campo já não sinto medo, pelo trabalho muito bom feito no Corinthians. Tenho que reconhecer que meu físico ainda não está 100%, contra o Bahia senti um pouco no decorrer, mas estou bem, com vontade, quero me recuperar para estar 100%", finalizou, se referindo às primeiras semanas no Timão quando precisou finalizar tratamento de um procedimento cirúrgico pelo qual teve de passar no joelho.

Veja mais em: Sergio Díaz e Romero.

Veja Mais:

  • Thiaguinho deve ser titular do Corinthians neste sábado

    Sem Jadson, provável escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Vasco

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez volta da Europa neste domingo, com chegada ao Brasil no dia seguinte

    Presidente do Corinthians já tem data para retorno da Europa; otimismo por reforços na bagagem

    ver detalhes
  • Cássio é homem de confiança do técnico Jair Ventura

    Corinthians não cai, Cássio? Capitão se posiciona sobre declaração de Jair Ventura

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes