Com gol no fim, Corinthians busca empate heroico em primeiro Dérbi pela semifinal do Paulista Sub-11

Com gol no fim, Corinthians busca empate heroico em primeiro Dérbi pela semifinal do Paulista Sub-11

1.4 mil visualizações 13 comentários Comunicar erro

Gui Negão marcou nos acréscimos e deu empate heroico ao Timão

Gui Negão marcou nos acréscimos e deu empate heroico ao Timão

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O domingo começou recheado de emoção para os torcedores do Corinthians que compareceram à Fazendinha. Pela semifinal do Paulistão Sub-11, a equipe alvinegra encarou o arquirrival Palmeiras. E a partida foi digna de um Dérbi desde o primeiro minuto. Após sair atrás, a garotada alvinegra buscou empate por 2 a 2 nos últimos minutos do clássico.

Comandando pelo técnico João Paulo de Fábio, o Timão foi a campo com João; Guilherme Inácio, Teixeirão, Vitinho e Dieguinho; Guilherme Miranda, Thiaguinho e Dudu Arroio; Gui Negão.

A partida começou movimentada. Mesmo fora de casa, os garotos do Palmeiras não se intimidaram com a presença da torcida e dominaram as primeiras ações. Os frutos logo foram colhidos: aos dois minutos, o camisa 10 Heitor aproveitou cruzamento para abrir o placar. Pouco depois, aos 8, Vinicius saiu cara a cara com o goleiro João e, de cavadinha, ampliou.

Com o revés no placar, a equipe corinthiana se manteve focada e passou a ter mais a bola, criando oportunidades e igualando as forças em campo. Não demorou, então, para o zagueiro Teixeirão empatar - o camisa 3 bateu falta forte da entrada da área.

Leia também:
Corinthians faz clássico equilibrado e empata com São Paulo na semi do Paulista Sub-17
Corinthians é derrotado pelo São Paulo e leva desvantagem na semifinal do Paulista Sub-15
Corinthians vence São Paulo com 'gol profissional' e sai na frente em semi do Paulista Sub-20

Mesmo com pouco tempo restando, visto que as partidas são disputadas em duas etapas de 25 minutos, o Corinthians criou outras boas chances. Na melhor delas, Gui Negão aproveitou falha da defesa e obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa - Dieguinho quase aproveitou o rebote.

Na volta do intervalo, o Timão ficou ainda mais dominante. Nos dez primeiros minutos do segundo tempo, a equipe alvinegra teve três boas chances para empatar a partida - Gui Negão e Dudu desperdiçaram as duas oportunidades mais claras.

O gol parecia não querer sair, mas desde criança, os jogadores alvinegros sabem o que significa vestir a camisa do clube. Já nos acréscimos, Dieguinho fez bela jogada individual, cruzou na área e encontrou o camisa 9 Gui Negão livre para marcar. A vibração no estádio foi enorme, com direito a vibração do garoto na grade do alambrado da Fazendinha.

Equipe alvinegra vibrou muito com o resultado após sair atrás no placar

Equipe alvinegra vibrou muito com o resultado após sair atrás no placar

Reprodução/Corinthians TV

O jogo de volta para decidir quem fica com a vaga na final está marcado para o próximo domingo, às 9h, no CT do Palmeiras. Qualquer vitória alvinegra basta para avançar.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

    Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

    ver detalhes
  • Mateus Vital comemora gol da vitória sobre o Vasco, ex-clube

    Veja a posição do Corinthians ao término da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez retornou ao Brasil após viagem à Europa por reforços

    De volta da Europa, Andrés Sanchez indica reforços e nega possível saída de Pedrinho do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians afirma que cadeiras da Arena foram quebradas por torcedores do Vasco

    Após vandalismos na Arena, Corinthians faz balanço de estragos e vai pedir ressarcimento ao Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes