Grupo de oposição do Corinthians pede explicações por escalação de Jean pelo Botafogo

Grupo de oposição do Corinthians pede explicações por escalação de Jean pelo Botafogo

21 mil visualizações 284 comentários Comunicar erro

Movimento Corinthians Grande, de oposição, cobra explicações pela escalação de Jean por parte do Botafogo

Movimento Corinthians Grande, de oposição, cobra explicações pela escalação de Jean por parte do Botafogo

Foto: Divulgação

A escalação de Jean pelo Botafogo promete ter desdobramentos no Parque São Jorge. Na tarde desta segunda-feira, um dos grupos de oposição encaminhou requerimento ao presidente do Conselho de Orientação (Cori), Guilherme Strenger, pedindo esclarecimentos sobre o fato. O Meu Timão teve acesso ao documento - veja abaixo.

No requerimento, o "Movimento Corinthians Grande - MCG" pede que o Cori analise a situação contratual do volante no departamento de futebol profissional do clube, enfatizando a necessidade de esclarecer a utilização do jogador contra o próprio Corinthians sem o pagamento de multa.

Requerimento do grupo de oposição pede esclarecimentos pela escalação de Jean pelo Botafogo

Requerimento do grupo de oposição pede esclarecimentos pela escalação de Jean pelo Botafogo

Divulgação

A cobrança do grupo de oposição é consequência da divulgação da notícia de que Jean foi autorizado a jogar pelo presidente Andrés Sanchez após um acordo político com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que é botafoguense de coração. A informação foi divulgada pelo jornalista Marcos Paulo Lima, responsável pelo blog Drible de Corpo no site do jornal Correio Braziliense, do Distrito Federal.

Ao Meu Timão, Andrés rebateu a informação do jornalista do DF e chamou a história de "mentira e roteiro de nova incrível". Felipe Ezabella, um dos líderes do "Movimento Corinthians Grande - MCG", rebateu a declaração do atual mandatário do Timão:

“Se o presidente tivesse cumprido a promessa de renunciar ao cargo (político), não teríamos esse capítulo da novela”, afirmou Felipe Ezabella, que disputou o último pleito com Andrés Sanchez.

Em tempo: Moisés e Yago, que também estão emprestados pelo Corinthians ao Botafogo, não tiveram autorização para jogar pelo clube carioca.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians, Eleições no Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez volta da Europa neste domingo, com chegada ao Brasil no dia seguinte

    Presidente do Corinthians já tem data para retorno da Europa; otimismo por reforços na bagagem

    ver detalhes
  • Fiel deve comparecer em ótimo público à Arena neste sábado à noite

    Torcida abraça Corinthians, e Arena deve receber 30 mil em jogo diante do Vasco

    ver detalhes
  • Gustavo está entre os jogadores mais decisivos do país em 2018

    Emprestado pelo Corinthians, Gustavo brilha de novo e chega a 30 gols na temporada 2018

    ver detalhes
  • Richard foi apresentado ao lado de Robinho no Fluminense; ambos vieram do Atibaia-SP

    Contratado de graça pelo Fluminense, Richard pode custar R$ 8 milhões ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes