Corinthians escapa de bloqueio da Justiça e recebe premiação pelo vice na Copa do Brasil

Corinthians escapa de bloqueio da Justiça e recebe premiação pelo vice na Copa do Brasil

Por Meu Timão

9.3 mil visualizações 128 comentários Comunicar erro

Corinthians escapou de bloqueio de mais de R$ 2 milhões sobre prêmio da Copa do Brasil

Corinthians escapou de bloqueio de mais de R$ 2 milhões sobre prêmio da Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mesmo enquadrado por ação judicial, o Corinthians manteve sua premiação do vice-campeonato da Copa do Brasil de 2018 intacta. O clube alvinegro teve um pedido para bloqueio de mais de R$ 2 milhões de sua premiação na Justiça no último mês de outubro, por conta de uma dívida com o Instituto Santanense de Ensino Superior. Os cifrões, contudo, chegaram nos cofres alvinegros antes disso.

Segundo o portal GloboEsporte.com, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quitou os R$ 20 milhões equivalentes a premiação do Corinthians antes de receber a intimação sobre o bloqueio. A entidade informou que o ofício só chegou um dia após o pagamento ao clube.

O clube já havia recebido R$ 10 milhões antes da final contra o Cruzeiro na Arena em Itaquera, quando foi derrotado por 2 a 1. Ainda segundo o portal, um comprovante bancário prova que o restante da quantia foi depositada pela entidade futebolística no dia 22 de outubro, às 9h58.

Vale destacar ainda que, mesmo a CBF tendo pagado o valor total do prêmio, apenas R$ 18 milhões ficaram no caixa do Corinthians. Isto porque houve um desconto de R$ 1 milhão para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e outro R$ 1 milhão seguiu para o Sindicato dos Atletas.

Leia também: Grupo de oposição do Corinthians pede explicações por escalação de Jean pelo Botafogo

O pedido da instituição de ensino, mais conhecida como UniSant'Anna, à Justiça foi realizado no dia da final entre Corinthians e Cruzeiro, em 17 de outubro. De acordo com a faculdade, o valor exato da dívida é de R$ 2.485.952,11 - sendo a quantia referente apenas ao que o instituto alega ter de direito, sem os custos do processo.

Assim que o bloqueio foi oficializado, o Corinthians se pronunciou sobre o assunto. Em contato com a reportagem do Meu Timão, o clube esclareceu que possui a dívida e está tentando acertar o valor devido e fazer um acordo para o pagamento. Contudo, ainda segundo o clube, a dívida estaria sendo calculada de maneira equivocada pela faculdade, que teria R$ 1,2 milhões a quitar com o Timão.

O processo entre Corinthians e UniSant'Anna corre desde 2008, quando a faculdade alugava um espaço no Parque São Jorge, onde instalou um campus. A alegação era que o clube impedia o acesso de alunos e funcionários e a faculdade foi à Justiça por uma indenização.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Carille comandou última atividade do Corinthians antes da segunda fase da Copa do Brasil

    Carille dribla imprensa antes de jogo contra Avenida; veja provável escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille confirmou relação dos atletas que vão à Arena nesta quarta; bola rola às 21h30

    Com Díaz, Carille relaciona 23 corinthianos para segunda fase da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Gustavo deve ganhar aumento e novo contrato, com término em 2022

    Corinthians encaminha renovação de contrato com Gustagol

    ver detalhes
  • Sornoza é o dono da camisa 7 do Timão; sem Jadson, deve engatar sequência como titular

    Sornoza não se vê '100% adaptado', mas celebra início e revela ansiedade pelo primeiro gol

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes