Oya brilha, Corinthians bate Palmeiras e sai na frente na final do Paulistão Sub-20

Corinthians Corinthians 1 x 0 Palmeiras Palmeiras

Paulista Sub-20 2018

Oya brilha, Corinthians bate Palmeiras e sai na frente na final do Paulistão Sub-20

32 mil visualizações 131 comentários Comunicar erro

Corinthians e Palmeiras se enfrentaram pelo jogo de ida da final do Paulista Sub-20

Corinthians e Palmeiras se enfrentaram pelo jogo de ida da final do Paulista Sub-20

Thaina Barros / Meu Timão

Quinta-feira de manhã, feriado, momento para relaxar? Nada disso! O Corinthians enfrentou o Palmeiras pelo primeiro clássico na final do Campeonato Paulista Sub-20. O Dérbi foi realizado no Estádio Alfredo Schürig, a Fazendinha, no Parque São Jorge, e os donos da casa levaram a melhor. O Timãozinho venceu o rival por 1 a 0 e largou na frente na busca pelo título.

A vitória alvinegra foi garantida pelos pés do meia Fabrício Oya, ainda no primeiro tempo. Este foi o 12º gol do camisa 10 pelos juniores do Corinthians nesta temporada, sendo o sexto na disputa do Paulistão Sub-20. Vale destacar ainda que ele é o atleta que mais atuou em jogos no Timãozinho em 2018, tendo entrado em campo 26 vezes.

Para a decisão, Eduardo Barroca escalou o Corinthians com: Filipe; Igor, João, Ronald (capitão) e Caetano; Du; Janderson, Fabricio Oya, Rafinha e Lucas Piton; Nathan. O treinador ainda acionou Adson, Welliton, Vitinho, Roni e João Celeri no segundo tempo.

Provável escalação do Corinthians contra o Palmeiras no Sub-20

Meu Timão

Do outro lado, o Palmeiras entrou com: Anderson; Matheus Rocha, Gabriel Furtado, Iago e Patrick de Lucca; Esteves e Airton; Patrick de Paula; Papagaio, Wesley e Lucas Cândido.

Com o resultado, o Timãozinho chega a finalíssima do Paulista de juniores precisando de um empate para levar o título. Uma vitória do arquirrival por um gol de diferença no jogo de volta, leva a disputa para os pênaltis. Os corinthianos perdem a taça com uma derrota por dois ou mais gols.

Anota aí! - Corinthians e Palmeiras voltam a briga pelo título estadual Sub-20 já neste domingo, dia 18. A segunda e última partida da final será realizada na Arena Barueri, às 10h (de Brasília) - com mando de campo para os rivais. Assim como no jogo de ida, o duelo terá torcida única para os mandantes.

Como foi o clássico?

Os juniores do Corinthians foram os primeiros a impor perigo no Dérbi. Em cruzamento para a área, Fabrício Oya recebeu livre de marcação e tentou o chute. Contudo, o camisa 10 acabou furando e desperdiçando a chance. O Palmeiras respondeu quase de imediato, e o goleiro Filipe teve que trabalhar.

Momentos depois, Janderson recebeu no meio-campo e partiu para a área. O lance foi paralisado por posição de impedimento do corinthiano. A pressão dos donos da casa se manteve e, em outro lançamento para a área, os torcedores do Parque São Jorge reclamaram de um toque de mão da zaga rival. O árbitro ignorou os gritos no Parque São Jorge e indicou lance normal.

Agressivo na busca pelo gol, o Timãozinho pecou no último toque. Os cruzamentos até chegavam na pequena área, mas não havia ninguém para chutar. O clássico seguiu equilibrado, com os donos da casa mantendo a maior parte da posse de bola. Aos 20 minutos, Rafinha arriscou de fora da área. A bola passou perto da trave esquerda do Palmeiras e foi para fora.

Um pouco mais tarde, aos 26 minutos, os ventos mudaram para o Corinthians. Janderson mandou uma assistência para Fabrício Oya na área, que desta vez não errou. O camisa 10 pegou em cheio na bola e abriu o placar na Fazendinha. 1 a 0 para o Timãozinho na final.

A partida ficou mais tensa após o gol e Nathan acabou fazendo uma falta dura em lance de ataque. A atitude lhe rendeu um cartão amarelo - muito criticado pelos torcedores. Na sequência, o Palmeiras tentou responder, mas quem voltou para a área rival foi o Corinthians. Janderson bateu cruzado na entrada da área e o goleiro Anderson conseguiu espalmar

Corinthians e Palmeiras tiveram um início equilibrado na final

Corinthians e Palmeiras tiveram um início equilibrado na final

Thaina Barros / Meu Timão

O Corinthians manteve a vitória parcial até o final do primeiro tempo. O tom ofensivo se manteve na etapa complementar e Fabrício Oya teve outra chance ao gol. O camisa 10 invadiu a área, aos quatro minutos, e arriscou de primeira. O chute acabou indo com perigo por cima do gol.

Aos 17 minutos, o Palmeiras encontrou sua primeira chance ao gol no segundo tempo. Caetano fez uma falta perto da área e 8 chutou direto. A bola acabou desviada para fora e deu escanteio para os visitante. Na cobrança, outro corte da defesa alvinegra. O cronômetro avançava para os momentos finais da decisão, e o controle da partida seguia com o Corinthians.

A partir daí, as faltas foram aumentando e o árbitro apontou dois cartões amarelos para jogadores do Palmeiras. Os donos da casa encontram outra chance com Welliton, aos 31 minutos. O camisa 17 passou pela zaga rival, encontrou espaço na área e arriscou o chute. Porém, não pegou bem na bola ao finalizar.

Já perto do apito final, o Dérbi ficou mais tenso e os palmeirenses ainda reclamaram de um possível pênalti - que o árbitro considerou como normal. A partida chegou ao fim e a vitória de 1 a 0 do Corinthians foi concretizada.

Ficha técnica de Corinthians 1 x 0 Palmeiras

Competição: Campeonato Paulista Sub-20
Local: Estádio Alfredo Schürig, São Paulo, SP
Data: 15 de Novembro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 10h00 (de Brasília)
Árbitro: Lucas Canetto Bellote
Assistentes: João Petrucio Marimônio de Jesus dos Santos, Robson Ferreira Oliveira e Paulo Santiago de Medeiros.
Gol: Fabricio Oya (Corinthians)
Cartões amarelos: João Victor, Ronald e Nathan Palafoz (Corinthians); Matheus Victor, Iago e Papagaio (Palmeiras)

CORINTHIANS: Filipe; Igor Marques, João Victor, Ronald e Caetano; Du e Janderson (Vitinho); Rafinha (Adson), Fabricio Oya (Roni) e Lucas Piton (Welliton); Nathan Palafoz (João Celeri).
Técnico: Eduardo Barroca

PALMEIRAS: Anderson; Matheus Victor, Gabriel, Iago e Patrick de Lucca (Marcus Vinicius); Lucas Esteves e Airton (Matheus Neris); Patrick, Papagaio (Anibal) e Wesley (Guilherme); Luan Candido.
Técnico: Wesley Oliveira de Carvalho

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians, Parque São Jorge e Crônica.

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes