Corinthians promete corte de gastos, e nova prestadora de serviços assume Arena em dezembro

Corinthians promete corte de gastos, e nova prestadora de serviços assume Arena em dezembro

28 mil visualizações 143 comentários Comunicar erro

Além dos gastos, Corinthians também questionava eficiência da prestação de serviços

Além dos gastos, Corinthians também questionava eficiência da prestação de serviços

Meu Timão

O Corinthians conseguiu trocar a empresa prestadora de serviços de manutenção predial da Arena. A decisão foi aprovada no fim de outubro em reunião extraordinária do Fundo de Investimento Imobiliário - FII, responsável pelas contas do estádio de Itaquera.

Leia também: Auditoria é ampliada para 'superinvestigação' de receitas da Arena Corinthians

A justificativa da substituição de empresas é a busca do Corinthians por menores despesas e, consequentemente, pelo pagamento da construção da Arena. De acordo com os valores apresentados pelo clube, a nova prestadora de serviços (Manserv) trará uma redução de gastos de 47% em relação ao atual contrato vigente (com a Tejofran). Os números foram aprovados pelos outros quotistas do empreendimento (Odebrecht e Arena Itaquera S/A).

Ata assembleia

Reprodução

A reportagem do Meu Timão entrou em contato com os responsáveis pela Arena Corinthians. De acordo com a assessoria de imprensa, o desligamento da Tejofran está sendo gradual. Ainda neste mês de dezembro, a empresa não terá qualquer ligação comercial com o estádio.

A Manserv, por sua vez, vem assumindo responsabilidade também gradativamente frente à Arena e assume ao longo do mês de dezembro, integralmente, os serviços que até então vinham sendo prestados pela Tejofran, numa espécie de passagem de bastão.

Cabe lembrar que uma reportagem do portal Uol do ano passado já apontava insatisfação do Corinthians e dos demais quotistas com as despesas oriundas do contrato com a Tejofran. Na ocasião (setembro de 2017), teria havido redução de R$ 469,6 mil mensais para R$ 271,1 mil nos gastos do Fundo com a empresa após reformulação do vínculo.

No mais recente balanço trimestral do Fundo de Investimento Imobiliário - FII, datado de 31 de outubro (e portanto referente ao período ainda de contrato com a Tejofran) estão registrados R$ 1.165.768,33 de despesas com manutenção e conservação do estádio - uma média, portanto, de R$ 388.589,48 de gastos por mês com a prestadora de serviços.

Trecho demonstração trimestral

Reprodução

Veja mais em: Arena Corinthians, Diretoria do Corinthians e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Danilo Avelar fez o gol de empate, que incendiou a partida na segunda etapa

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Júnior Urso caiu nas graças da Fiel com atuação em noite de seu primeiro gol pelo clube

    Quarteto nas graças de Fiel e alertas para Carille: torcida repercute vitória suada do Corinthians

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes
  • Gustavo marcou um dos gols da classificação corinthiana à terceira fase da Copa do Brasil

    Gustagol marca pelo terceiro jogo consecutivo e chega a oito; centroavante lembra fala de Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes