1 em 30 milhões: o garoto que vestiu sua luta pela vida com as cores do Corinthians

1 em 30 milhões: o garoto que vestiu sua luta pela vida com as cores do Corinthians

19 mil visualizações 112 comentários Comunicar erro

Camisa do Corinthians faz parte do dia a dia do pequeno alvinegro

Camisa do Corinthians faz parte do dia a dia do pequeno alvinegro

Reprodução/Instagram

Para parte da torcida, o lema "Corinthians minha vida, Corinthians minha história, Corinthians meu amor" pode até ter sentido figurativo, como uma espécie de licença poética. Para o jovem José Eduardo de Faria Lima Neto, no entanto, a frase é completamente literal.

Natural da pequena Miguelópolis, no interior de São Paulo, o alvinegro nasceu com fibrose cística, uma doença genética que compromete uma série de funcionalidades do sistema respiratório. Por conta de uma complicação, porém, o garoto vive um drama há três anos: está na fila de espera por um transplante dos dois pulmões.

Internado há pouco mais de um mês, José faz do Corinthians seu principal combustível na luta pela vida. Como já viu tantos ídolos fazer, deixa tudo "em campo" no dia a dia de tratamento. A fé na chegada dos novos órgãos é como a de milhões de alvinegros nos tantos momentos difíceis da história do clube. Embora de berço, a relação com o Timão ficou ainda mais forte recentemente. E foi um Dérbi que mudou tudo.

Saindo de um procedimento bastante delicado e ainda com uma série de limitações, por estar na UTI, o garoto fez um pedido aos médicos: queria acompanhar o clássico no estádio - o jogo era válido pelo segundo turno do Brasileirão de 2017.

"Minha médica disse que era arriscado, mas concedeu a permissão com o uso de morfina, para aliviar os batimentos cardíacos. Durante o jogo, fui me sentindo motivado pelos jogadores e por tudo que eles estavam lutando e representando naquele momento. Entendi que também precisava lutar e vencer essa batalha", relembra o garoto.

"A partir desse momento luto para ser eterno como todos os guerreiros do nossos time", resumiu.

Timão nos sonhos e na imaginação

Quem acompanhou aquele Dérbi, dificilmente esquece. Com muita emoção, vitória do Corinthians por 3 a 2 e título ainda mais perto. Enquanto batalha no dia a dia motivado pela partida, José sonha com a repetição daquele momento. Quer sair do hospital para ver de perto os jogadores que o motivam diariamente.

"Luto para vencer e conquistar meus sonhos. Um deles, sem dúvida, é participar dos jogos na Arena, cantando e demostrando toda a minha paixão e gratidão por aqueles que me ensinaram durante esse tempo a ser forte", conta.

Enquanto não realiza seus sonhos, se coloca na pele daqueles que representam as cores do Timão: se imagina no papel de um grande jogador e encara de frente a dura rotina - não de treinos, mas de luta pela vida.

"Gosto de pensar que estou me preparando para um grande jogo e que sou um dos jogadores tentando conquistar mais um título. Por isso tenho força para levantar da cama e fazer toda a minha rotina estressante, entre remédios, inalações e fisioterapias", completou.

Alvinegro de corpo e alma

Mais do que no imaginário, o Corinthians está também em seu corpo. Todos os dias, as vestimentas de José têm três coisas: o preto, o branco e o símbolo do Timão. Como uma promessa, o garoto usa a camisa alvinegra em todas as fases de seu tratamento.

"Eu sempre estou usando as camisetas do Timão para me dar força e isso é uma promessa, nada de exercitar sem as camisetas que me dão força e ânimo. Tenho uma coleção", revelou.

Entre os mantos, há alguns mais especiais. O principal talvez seja de seu homônimo. José Ferreira Neto, um dos maiores nomes da história do clube, é o grande ídolo de José Eduardo Neto. Separados por um "sobrenome" os dois já tiveram alguns momentos de ligação - guardados com muito carinho pelo garoto. Chicão, também ídolo da Fiel, é outro que tem um carinho especial do alvinegro.

"Os dois têm um lugar especial na minha história. Eles sempre estiveram presentes me incentivando e mandando mensagens de apoio. São os meus ídolos", contou.

Nesta semana, inclusive, Neto republicou uma foto de José usando sua camisa - veja publicação abaixo.

Força aí amigo @farialima7! Obrigado pelo carinho de sempre. ❤️

Uma publicação compartilhada por Craque Neto (@10neto) em

Do atual elenco, José conhece Mateus Vital, com quem entrou em campo no ano passado, durante uma campanha sobre doação de órgãos. Fã do meia pelo futebol apresentado no Paulistão de 2018, o pequeno alvinegro agora também é amigo pessoal do camisa 22.

A Fiel é foda!

Não são só jogadores e ex-jogadores que influenciam positivamente na vida de José Eduardo. Nas redes sociais, quem também lhe dá forças para continuar lutando é a Fiel, que lota sua caixa de entrada com mensagens de motivação.

"Recebo mensagens de apoio, incentivo e motivação todos os dias de torcedores corinthianos através do meu Instagram. Quando fui na Arena (uso o oxigênio 24 horas) foram muito atenciosos com a questão do oxigênio. Essas mensagens me dão forças para seguir em frente, sei que tem uma torcida enorme por mim, eles são os meus amigos", resumiu.

Sua vez!

Caro leitor, tem um causo marcante no qual o Corinthians seja protagonista? Já fez alguma loucura pelo Timão? Então entre em contato com a gente e envie sua história! Quem sabe você não se torna o próximo personagem do quadro 1 em 30 milhões aqui do Meu Timão?

Veja mais em: Torcida do Corinthians, Ídolos do Corinthians, 1 em 30 milhões e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Danilo Avelar foi convidado do programa Bem, Amigos!, do SporTV, nesta segunda-feira

    Avelar explica 'renascimento' no Corinthians e lembra: 'Crianças de dez anos vinham criticar'

    ver detalhes
  • Jogadores reservas e garotos da base foram a campo, enquanto titulares ficaram na parte interna

    Corinthians inicia preparação contra a Ferroviária sem Cássio e Boselli

    ver detalhes
  • Cássio deixou a Fonte Luminosa na última noite sentindo dores

    Exame descarta lesão, mas Cássio é dúvida para jogo de quarta; médico do Corinthians explica

    ver detalhes
  • Thiaguinho fica sem contrato no próximo dia 31 de maio; jogador está emprestado pelo Nacional-SP

    Thiaguinho fica sem contrato em dois meses; saiba o que pensa a diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes