Andrés vê melhora, mas admite precariedade de alojamento na base do Corinthians

3.9 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Andrés Sanchez reconhece necessidade de melhoras na base corinthiana

Andrés Sanchez reconhece necessidade de melhoras na base corinthiana

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Desde o incidente do incêndio no alojamento das categorias de base do Flamengo, no início de fevereiro, a fiscalização em cima dos jovens jogadores em todos os clubes do Brasil aumentou. No Corinthians, a situação está longe de ser a ideal.

Durante a participação no programa Grande Círculo, do canal SporTV, na noite deste sábado, o presidente Andrés Sanchez foi questionado sobre o estado das categorias de base e o tratamento recebido pelos jovens jogadores alvinegros. O mandatário não omitiu os problemas.

"Muito ruim. Está muito ruim. Está muito ruim nas categorias de base em termos de estrutura. O Corinthians tem alojado hoje 32 meninos e era para te 100, 150 como a média. Tem condições de segurança, mas por que não tem mais meninos? Porque não tem alojamento. Eu não vou alugar casas para colocar 10 garotos em cada casa. O Corinthians tem uma casa. O Corinthians não tem estrutura para colocar jogador", explicou.

Leia também: Com troca de centroavantes, Corinthians inicia neste domingo mata-mata pelo tri do Paulistão

Questionado se as categorias de base melhoraram desde quando Sanchez era diretor de base do Parque São Jorge, o presidente afirmou que acredita que a inauguração do novo centro de treinamento da base vai trazer outros resultados.

"Melhorou muito, mas vai melhorar agora que vamos inaugurar o centro de treinamento da base", decretou.

O centro de treinamento já está sendo utilizado pelos jogadores das categorias de base, assim como pelas jogadoras de futebol feminino. Ele fica localizado ao lado do Centro de Treinamento Joaquim Grava.

Na entrevista ao canal por assinatura, Andrés Sanchez ainda falou sobre a contratação de Ronaldo, sobre o principal rival do Timão e diversos outros assuntos - alguns foram destacados abaixo.

Confira outros assuntos falados por Andrés Sanchez no programa

Política brasileira

"Não é nova política, a política que está no Brasil é a mesma desde de depois da República. Se alguém acredita que vai, que é a nova política, é engano. Eu acho que são novas pessoas que podem melhorar ou piorar o país. E eu volto a dizer, não vou falar de corrupção, porque corrupção é uma coisa atípica, à parte, mas o sistema político brasileiro está falido. Você pode colocar o Papa Francisco para ser o presidente da república, se não tiver mudança de cultura, uma mudança de política, não vai mudar nada. Nós não vamos ver, espero que nossos filhos mudem. Eu fiquei muito decepcionado no Congresso, me arrependi realmente, mas aprendi muita coisa. E entendo também que a democracia sem os políticos e sem o Congresso Nacional não é uma democracia plena. Agora, tem que mudar o sistema, senão vamos ficar secando gelo".

Não usar mais o Morumbi para jogos do Corinthians

"Entendo que essa decisão mudou muito a vida do São Paulo. A imprensa disse que iria perder o aluguel, mas isso é ridículo. O aluguel do Morumbi, da arena do Palmeiras ou do estádio do Corinthians é baratinho. O problema eram as cativas, que entregaram 60%, o problema era os camarotes, que nego não entregou. Tudo isso afetou financeiramente o São Paulo. Agora, o estádio do Corinthians iria ser feito de qualquer jeito, independente de Copa do Mundo, mas talvez não ia ser feito com a rapidez que foi feito pela Copa do Mundo. Então, é o que eu falo, se tiver alguma coisa errada, era uma autorização que demora um ano, dois anos para ser feita, levava cinco meses. Porque todos no Brasil queriam o estádio do Corinthians ou um estádio na cidade de São Paulo para a Copa do Mundo. Decisões políticas influenciam, o prefeito era de um partido, do PSD, o (ex-vice-governador Alberto) Goldman era do PSDB. Então, eu me relacionei com todos eles, me relaciono até hoje. O estádio está saindo com sofrimento para o corintiano e estamos dando duro para pagar. O estádio falaram que era de graça, que era presente do Lula, e agora dizem que não podemos pagar. O estádio está em dia, o Corinthians está pagando tudo. Foi falado que o Corinthians só assumiria R$ 400 milhões. O restante era a Prefeitura e o Governo do Estado. O Governo cumpriu, e a Prefeitura, do grande prefeito Haddad, o competente, não cumpriu o que era para ser feito. E ele era do meu partido".

Campanha do Corinthianismo

"Desde que eu assumi, tentei fazer ações com ele e com vários outros jogadores. São poucos ex-presidentes que ajudam tanto ex-jogador como eu ajudo. Estão aí vivos todos eles. Eu tive um problema com o Sócrates depois que eu assumi. Mais ainda nos falávamos, não quero dizer quem tinha razão e quem estava errado. Mas eu sempre procurei fazer tudo. Essa ação aí não foi o marketing do Corinthians que fez, foi a F/Nazca. Ele é parte, e o Luis Paulo Rosenberg, como diretor de marketing (na época) expôs isso. Para mim, não me afeta em nada. Eu acho que tem coisas boas e coisas que não são muito boas".

Mudança no perfil do torcedor do Corinthians

"Mudança de perfil é. Eu tenho uma filha de 20 anos. Quando ela tinha nove, dez anos, ela viu o time ganhar um título ou dois. E nos últimos dez anos ela viu o Corinthians ganhar tudo. Se minha filha está chata, imagina os outros com menos de 30 anos. Lógico, você pega um time que nos últimos 10 anos ganhou tudo. É outro tipo de torcedor. A Arena Corinthians é um arena democrática, tem ingressos caros e baratos. Eu acho que tem corintiano na classe baixa, média, alta. Rico, pobre e bilionário. O cara me aluga o camarote, 600 pessoas, paga R$1,1 milhão por ano, ele coloca o que quiser, não denegrindo a imagem do Corinthians, eu não posso impedir de pôr. Agora, se é nos Estados Unidos é lançamento, aqui é um absurdo. É obvio que o torcedor corintiano mudou, como mudou o mundo. Aliás, todo mês está mudando o planeta, você não é a mesma pessoa que era há cinco anos. E no futebol também vai".

Relação com os presidentes rivais

"Palmeiras e São Paulo é excelente, o ( presidente do Santos, José Carlos) Peres é meio louco, ninguém sabe aonde ele foca. Com o São Paulo é excelente, com o Mauricio (Galiotte, presidente do Palmeiras), com o Flamengo, eu me dou bem com todo mundo. O Corinthians se dá bem com todo mundo. O Peres que hoje está meio, sei lá em que planeta que ele vive, ninguém consegue falar com ele. É inacreditável. Ele falou que o Corinthians queria contratar o Cittadini, ele falou isso, não falou? O Cittadini não está no Corinthians. Palmeiras eu me dou muito bem, é excelente. Agora a administração do futebol, era preto, está cinza e com o tempo vai melhorar mais ainda".

Mudança na Série A do Brasileiro

"É óbvio que, como torcedor, você cair para a segunda divisão é terrível. Mas hoje nós temos que saber que o futebol brasileiro está tão nivelado. Minha opinião é: tem que ter 16 times no futebol brasileiro da Série A. É meu objetivo ter 16 clubes. E, obviamente, que um ou dois grandes sempre vão cair, e isso é bom que vai fortalecer os times da Série B também. Mas lógico que eu fiquei assustado com a situação do ano passado. De 20 está bom. Mas se for para 16 e caírem dois e subirem dois é o ideal".

Veja mais em: Andrés Sanchez e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians admite consulta e estuda fazer proposta oficial por Rony

    [Marco Bello] Corinthians admite consulta e estuda fazer proposta oficial por Rony

    ver detalhes
  • Treinador Coelho inicia período de estudos no exterior

    Técnico do Sub-20 do Corinthians, Coelho inicia intercâmbio no exterior: 'Experiência importante'

    ver detalhes
  • Corinthians faz primeiro clássico de 2020, contra o Santos

    Primeiro clássico, amistosos no Japão e jogo duro no NBB: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi recentemente palco do título do Timão no Paulista Feminino

    Arena Corinthians recebe executivos da FIFA e pode ser palco da Copa do Mundo Feminina

    ver detalhes
  • Tiago Nunes comandou treinamento na manhã desta segunda-feira

    Corinthians volta ao CT Joaquim Grava e faz primeiro treino de olho na Ponte Preta

    ver detalhes
  • Possível contratação de Rony segue repercutindo nos bastidores

    Advogado de Rony cita proposta do Corinthians ao explicar imbróglio do atacante com o Athletico

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: