Quase ex-corinthiano, Romero entra na mira de europeus e pode jogar Liga dos Campeões

Quase ex-corinthiano, Romero entra na mira de europeus e pode jogar Liga dos Campeões

Por Meu Timão

47 mil visualizações 235 comentários Comunicar erro

Romero está treinando normalmente no CT Joaquim Grava, mas não joga em 2019

Romero está treinando normalmente no CT Joaquim Grava, mas não joga em 2019

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Ángel Romero, de saída do Corinthians, entrou na mira de ao menos dois clubes da Europa: o italiano Atalanta e o espanhol Alavés. A informação foi publicada nesta sexta-feira pela Gazeta Esportiva. Chama atenção os distintos momentos dos dois clubes, que têm em comum a localização em cidades de pequeno porte comparadas à capital paulista.

O Atalanta vive fase espetacular, estando invicto há dez rodadas no Campeonato Italiano. O clube é o atual quarto colocado, atrás apenas de Juventus, Napoli e Inter de Milão, dentro portanto da zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões. Chama ainda atenção a equipe da pequena cidade de Bérgamo (120 mil habitantes) ter o melhor ataque do torneio nacional (71 gols), à frente até da líder Juventus do craque Cristiano Ronaldo.

O Alavés, por sua vez, não ganha há oito rodadas no Campeonato Espanhol. O clube é o atual nono colocado no torneio nacional e está localizado no também pequeno município de Vitoria-Gasteiz, na província basca de Álava, com menos de 250 mil habitantes.

O atacante paraguaio foi sondado pelas duas equipes nos últimos dias. Romero, cabe ainda ressaltar, também desperta interesse de clubes brasileiros da Série A, mas, prestes a completar 27 anos de idade, deve priorizar uma transferência à Europa.

Leia também:
Gratidão e adeus: Andrés Sanchez e Carille comentam situação do paraguaio Ángel Romero
Calado há 100 dias, Romero entrou na mira de três clubes e fez Andrés cantar reggaeton

Seja qual for o destino de Romero, o Corinthians terá de fazer uma composição financeira com as pessoas que o bancaram há quatro anos. Na ocasião, um grupo liderado pelo empresário Beto Rappa desembolsou 3 milhões de dólares (R$ 6,6 milhões na cotação da época) para tirá-lo do Cerro Porteño.

Pelo acordo, feito pelo presidente Mário Gobbi, o Corinthians pagaria uma quantia não revelada para ficar com 20% dos seus direitos econômicos, permanecendo os outros 80% com Rappa e seus colegas. Caso Romero não fosse vendido até o fim do contrato, o Corinthians teria de reembolsar os investidores, com correção monetária. O valor, atualmente, girara na casa dos R$ 11,8 milhões.

Romero tem contrato com o Corinthians até 14 de julho. Sem acordo pela renovação, o jogador foi vetado das partidas do Timão em 2019 pela diretoria.

Veja mais em: Romero e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians vence Carlos Barbosa por 7 a 2 e conquista Copa do Mundo Sub-20

    Corinthians vence Carlos Barbosa de virada e conquista Copa do Mundo de Futsal Sub-20

    ver detalhes
  • Manoel volta a ficar à disposição de Fábio Carille neste domingo

    Corinthians anuncia relacionados sem Everaldo e com Manoel para clássico contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Com gol de Love, último encontro terminou em triunfo e título do Corinthians

    Corinthians defende invencibilidade em Majestosos disputados na Arena; em 2019 foram dois triunfos

    ver detalhes
  • Parte da torcida quer permanência do atacante, enquanto outros preferem concretizar o adeus

    Torcida do Corinthians se divide em petições por permanência ou saída de Romero; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia: