Saiba o planejamento de intertemporada do Corinthians para quarteto da Seleção Brasileira

Saiba o planejamento de intertemporada do Corinthians para quarteto da Seleção Brasileira

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

14 mil visualizações 74 comentários Comunicar erro

Walmir Cruz (à dir.) explicou planejamento do Corinthians a respeito de Cássio e Fagner

Walmir Cruz (à dir.) explicou planejamento do Corinthians a respeito de Cássio e Fagner

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Enquanto a grande maioria do elenco do Corinthians encerrava a participação da equipe no Campeonato Brasileiro pré-Copa América e entrava de "férias" para um período total de dez dias de folga, quatro jogadores alvinegros tinham (e ainda têm) rotinas diferentes.

São eles os selecionáveis Cássio, Fagner, Pedrinho e Mateus Vital. Os dois primeiros seguem com a Seleção Brasileira convocados para a Copa América; os dois últimos foram campeões do Torneio de Toulon pela Seleção Olímpica (Sub-23) no último sábado.

Leia também: Com dupla corinthiana à disposição, Seleção Brasileira encara a Venezuela na Copa América

E nesses cenários é pertinente o torcedor se questionar: como fica a preparação do quarteto nesta intertemporada do Corinthians antes da retomada do Brasileirão e da Sul-Americana?

Em entrevista concedida ao Meu Timão, o preparador físico do clube, Walmir Cruz, falou sobre as situações. Há dois planejamentos distintos (e relativamente em aberto): para os comandados de Tite e para os comandados de André Jardine.

A situação de Pedrinho e Vital é mais simples. Na prática, eles perderam três dias da folga do elenco. "A tendência é eles voltarem normalmente com todo mundo", definiu Walmir, se referindo à reapresentação dos jogadores no próximo dia 24, no CT Joaquim Grava.

É provável portanto que tanto Pedrinho quanto Vital participem normalmente dos amistosos agendados para os próximos dias 29 de junho e 4 de julho, contra Botafogo-SP e Vila Nova-GO, respectivamente, em Ribeirão Preto e Goiânia.

Leia também: Corinthians divide jogadores em dois grupos para cartilhas durante a folga; preparador explica

Já Cássio e Fagner ainda vivem quadro de maior incógnita. Primeiro porque não se sabe se serão de fato utilizados por Tite nos jogos da Seleção. Por ora, são reservas de Alisson e Daniel Alves. Há ainda outra variável: até quando durará a participação brasileira na Copa América? Se chegar à final, o Brasil fará seu último jogo no dia 7 de julho.

"Vai depender do que acontecer, se eles vão atuar ou não. Como eu falei, tem o programa para quem joga e para quem não joga. O não jogar significa um desgaste menor que o jogar, então a gente está pensando quando eles retornarem o que vai ser melhor, dar um tempo, um descanso, cinco dias (de folga) por exemplo, por conta da cabeça, muita pressão, ou dar continuidade e liberar um pouco mais para frente. Isso a gente vai programar no andar da carruagem, se eles vão estar atuando ou não, e quando eles retornarem vamos conversar com eles e ver como estão, se vale a pena liberar ou não", argumentou Walmir Cruz.

Fato é que o Corinthians já retoma oficialmente o calendário de jogos no dia 14 de julho, quando recebe o CSA na Arena, em Itaquera, pela décima rodada do Brasileirão. No dia 25, o Timão inicia sua caminhada nas oitavas de final da Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers.

Veja mais em: Fagner, Cássio, Pedrinho, Mateus Vital, Corinthianos na Seleção e Especiais do Meu Timão.

Veja Mais:

  • Jogador publicou fotos de seu exame no clube em sua conta do Instagram

    Corinthians 'vence' River Plate e fecha com meia colombiano comparado a James Rodriguez

    ver detalhes
  • [Marco Bello] Corinthians deve vender jogadores para fechar orçamento de 2019; diretor revela atraso

    ver detalhes
  • Ángelo Araos brigará por espaço no Corinthians neste segundo semestre

    Corinthians dará nova chance a Araos, que terá 'novo' contrato nos próximos dias; saiba situação

    ver detalhes
  • Vagner Love saiu em defesa a favor da torcida do Corinthians

    Vagner Love compara torcidas de Corinthians e Flamengo: 'São diferentes'

    ver detalhes

Comente a notícia: