Diretor do Corinthians explica detalhes de conversa do clube com Daniel Alves

42 mil visualizações 129 comentários

Por Meu Timão

Lateral chegou a ser procurado pelo Corinthians, mas não houve negociação

Lateral chegou a ser procurado pelo Corinthians, mas não houve negociação

Lucas Figueiredo/CBF

Na última segunda-feira, o ex-jogador Edílson revelou que Daniel Alves tentou fechar com o Corinthians antes de assinar com o São Paulo. Na versão do ídolo da Fiel, o lateral teria ligado para o Timão para negociar um possível acordo. A história, no entanto, não foi bem assim. Pelo menos é isso que aponta André Negão, diretor administrativo do clube.

Em participação no programa Capital da Bola, da Rádio Capital, o dirigente detalhou as tratativas, que, segundo ele, nem chegaram a acontecer.

"Eu desconheço essa informação (de que o Daniel Alves ligou pro clube), acho que está distorcida. O que aconteceu foi o seguinte: a gente teve uma conversa uma vez eu e Andrés e falei 'bem que a gente podia tentar trazer ele, está lá...'. Logo em seguida o Andrés falou que ia tentar e tentou ligar pra ele, mas era cedo aqui e ele deveria estar dormindo. Depois não sei se ele retornou", pontuou.

Leia também:
Fiel se irrita com atuação e Janderson tem a 'melhor pior' nota em derrota do Corinthians
Andrés Sanchez diz que Corinthians teve 'aula de futebol' e não cogita troca de treinador
Carille relaciona atuação ruim à falta de experiência do Corinthians: 'Muitos meninos em campo'

Mesmo sem a confirmação do retorno do jogador, André Negão deixou claro que a possibilidade de contar com o atual camisa 10 do São Paulo era mínima por conta dos altos valores envolvidos - Edílson, vale citar, também creditou o insucesso de negociação à parte financeira.

"O valor que ele pretendia para vir pro Brasil era um pouco alto, pro Corinthians naquele momento não era interessante. Não tem condição, o Corinthians não faria isso (pagar o salário que ele recebe de R$1,5 milhões). Não pagaria esse valor para nenhum. Pode ter certeza. O Cristiano Ronaldo a gente poderia pensar, porque ele poderia trazer um patrocínio, e aí pagaria", concluiu.

Se tivesse sido contratado, cabe destacar, Daniel Alves disputaria posição com Fagner na lateral-direita. Depois da revelação de Edílson, inclusive, muitos corinthianos brincaram com a possibilidade, colocando o ex-PSG na reserva do camisa 23.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Duilio deu entrevista ao lado de José Colagrossi

    Corinthians divulga valor de novo patrocinador máster; clube renova com outras duas marcas

    ver detalhes
  • Elenco está com salário atrasado, mas já sabe quando vai receber, segundo o presidente

    Presidente do Corinthians confirma salários atrasados, mas prega cautela: 'Sabem quando vão receber'

    ver detalhes
  • Deives ficou entre os dez melhores jogadores do mundo

    Corinthians é eleito sexto melhor time de futsal do mundo; jogadores também são destaque em eleição

    ver detalhes
  • Fagner no jogo contra o Red Bull Bragantino, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

    Corinthians vê chance de terminar o Brasileirão no G6 cair em 5% após derrota; veja números

    ver detalhes
  • Gustavo Silva no duelo com o RB Bragantino, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians joga mal, perde para o Red Bull Bragantino e não consegue colar no G6 do Brasileirão

    ver detalhes
  • Cazares foi eleito o melhor em campo pela Fiel

    Meia é eleito o melhor do Corinthians em campo em noite de notas baixas; dupla de atacantes é a pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: