Corinthians trabalha para ceder atletas recém-saídos do Sub-20 para disputa dos Estaduais

37 mil visualizações 164 comentários Comunicar erro

O volante Roni, diferentemente de Janderson, não deve ser aproveitado pelo Corinthians em 2020

O volante Roni, diferentemente de Janderson, não deve ser aproveitado pelo Corinthians em 2020

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians utiliza o mês de dezembro para definir o destino de uma série de jogadores nascidos em 1999. Ainda sem lastro no profissional e já impossibilitados de jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2020, quase todos os atletas dessa categoria devem ser cedidos para a disputa dos Estaduais pelo país. As negociações estão a cargo do gerente de futebol, Vilson Menezes, enquanto o diretor, Duílio Monteiro Alves, lidera a busca por reforços como o meia Luan.

O primeiro exemplo da leva foi o meia Fessin, que teve uma situação excepcional na temporada passada: depois de fraturar a fíbula da perna direita durante a disputa da Copa São Paulo, em janeiro, perdeu todo o ano em recuperação. Agora cedido ao Bahia, ele tenta retomar a melhor forma física.

Outro atleta de destaque nos juniores, o volante Roni também deve ser emprestado para ganhar mais experiência no profissional. Juntam-se a ele nomes que participaram de trabalhos com a equipe profissional, principalmente na gestão Dyego Coelho: o meia-atacante Madson, o centroavante Nathan e o zagueiro Raul Gustavo.

Leia também:
Pedrinho participa de jogo beneficente em Maceió e lembra momento vivido com o Corinthians na cidade
Corinthians divulga programa de férias com Marcelinho Carioca na Arena em 2020
Libertadores: Corinthians é cabeça-de-chave na Pré e conhece adversários nesta terça

O meia Rafinha, que também integra a lista de atletas de 99, já se acertou com o Penapolense para a disputa da A-2. Nomes de sucesso em outros anos na categoria e que subiram ao profissional há mais tempo, como Fabricio Oya e Rafael Bilu, são outros que não permanecem no Corinthians no ano que vem.

Todos eles, além da idade, têm em comum um vínculo de pelo menos mais um ano com o clube do Parque São Jorge e, no entendimento dos alvinegros, serão mais valorizados como ativos no mercado atuando nos Estaduais do que possivelmente sendo aproveitados no Sub-23.

Da categoria, o único que tem uma chance de ao menos iniciar a pré-temporada com o restante do elenco é o lateral direito Igor. Ele seria uma terceira opção para Fagner e Michel Macedo, mais ou menos como Lucas Piton deve ficar pela esquerda.

Veja mais em: Jogadores emprestados, Base do Corinthians e Fessin.

Veja Mais:

  • Celso Unzelte, autor do livro, e Cássio autografaram alguns exemplares na noite desta segunda-feira

    Lançamento do livro sobre Cássio tem fila desde a manhã e presença de figuras do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians admite consulta e estuda fazer proposta oficial por Rony

    [Marco Bello] Corinthians admite consulta e estuda fazer proposta oficial por Rony

    ver detalhes
  • Pedrinho é um dos destaques da Seleção Brasileira no Pré-Olímpico

    Pedrinho dá susto em treino da Seleção e vira dúvida para importante duelo no Pré-Olímpico

    ver detalhes
  • Aguinaldo Moreira cumprimentou Cássio e o jornalista Celso Unzelte, autor do livro sobre o goleiro

    Preparador de Ronaldo Giovanelli vai a lançamento de livro só para conhecer Cássio

    ver detalhes
  • Treinador Coelho inicia período de estudos no exterior

    Técnico do Sub-20 do Corinthians, Coelho inicia intercâmbio no exterior: 'Experiência importante'

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi recentemente palco do título do Timão no Paulista Feminino

    Arena Corinthians recebe executivos da FIFA e pode ser palco da Copa do Mundo Feminina

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: