Fagner aprova pré-temporada do Corinthians e se vê bem preparado fisicamente

940 visualizações 17 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Fagner atuou 90 minutos na derrota para o Atlético Nacional

Fagner atuou 90 minutos na derrota para o Atlético Nacional

Rafael Ribeiro/Divulgação

O lateral-direito Fagner fez um balanço próprio da pré-temporada do Corinthians, encerrada em termos de amistosos na noite deste sábado, com a derrota por 2 a 1 para o Atlético Nacional, em Orlando, no Estados Unidos. Para o defensor, os atletas tiveram dois desafios de alto nível mirando o restante do semestre.

"Muito bom, tivemos dois jogos de alto nível. Um estilo de jogo diferente, o treinador, o Tiago, chegou e mostrou bastante coisa nova para nós. Em 12 dias de trabalho, já deu para ver muita coisa boa", comentou o jogador, um dos mais experientes do atual elenco, que trabalhou com Tite, Mano e Carille, entre outros, no Timão.

"Apesar da derrota, a gente sai muito feliz com o que a gente vem fazendo, o que a gente vem aprendendo, vem colocando em prática. Agora é aprender com esses dois jogos que tivemos, descansar, fazer um bom voo de volta para casa, para começar bem o campeonato e durante a competição ter uma crescente", continuou.

Leia também:
Entrosamento, funções e adaptação: Camacho e Cantillo avaliam pré-temporada no Corinthians
Urso fala em 'qualidade de vida' para explicar saída e reencontra elenco do Corinthians nos EUA
Saldo da Florida Cup, bronca com reservas e gringo em alta: Fiel repercute derrota do Corinthians

Único jogador do Corinthians a atuar por 90 minutos neste final de semana, Fagner assegurou que não sentiu o cansaço na parte final do duelo. Para ele, os alvinegros saem dos Estados Unidos, no domingo, com uma boa condição para exercer a proposta de "perde-pressiona" do comandante.

"Se você estiver bem preparado, não (é cansativo). Esse é o intuito desde o começo da preparação, que todos os atletas estivessem muito bem preparados para essa função. Se perder a bola, já reagir. Isso envolve muito a cabeça também. Essas coisas são automáticas para começar a pegar", avaliou, contente com o futuro.

"Nesses dois jogos, já deu para ver uma evolução muito grande, e a tendência daqui para frente é a equipe comece a encaixar mais, e as coisas melhorem", concluiu Fagner.

Veja mais em: Fagner e Florida Cup.

Veja Mais:

  • Só os reservas foram a campo na atividade desta quinta-feira

    Corinthians se reapresenta com reservas em campo e presença de jogadores do Sub-23

    ver detalhes
  • Marllon deve ser repassado ao Cruzeiro até o fim desta temporada

    Corinthians negocia empréstimo de zagueiro para o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Richarlison nunca jogou no Timão, mas é motivo de cobrança judicial

    Nada de Rodriguinho: clube mineiro cobra o Corinthians por atacante que nunca jogou no clube

    ver detalhes
  • Yony González ainda não conseguiu agradar o técnico Tiago Nunes

    Tiago Nunes assume erro em titularidade de Yony González e expõe carência no ataque do Corinthians

    ver detalhes
  • Universidade já estampou o calção alvinegro no último jogo do Corinthians

    Corinthians anuncia novo patrocinador para o calção do time feminino

    ver detalhes
  • Mauro Boselli marcou o gol do empate heroico em Itaquera

    Fiel aponta Boselli como melhor do Corinthians em empate; Yony mantém '100%' como pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: