Pedro Henrique lamenta empate, fala em falta de sorte e analisa protesto: 'É normal'

770 visualizações 24 comentários Comunicar erro

Por Andrew Sousa e Vitor Chicarolli, na Arena Corinthians

Defensor lamentou a nova partida sem vitória do Corinthians

Defensor lamentou a nova partida sem vitória do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A chuva castigou o gramado da Arena e o Corinthians ficou no empate com o Santo André por 1 a 1, com gol heroico de Boselli já nos minutos finais. Titular durante os 90 minutos, o zagueiro Pedro Henrique lamentou o resultado e as chances desperdiçadas pela equipe alvinegra - que finalizou dez vezes mais que o adversário.

"Saímos tristes porque empatar em casa não é bom, queríamos e precisávamos da vitória, mas tenho certeza que a fase vai passar e vamos voltar ao caminho da vitória", pontuou o defensor, que se estendeu alegando falta de sorte.

"Acho que falta um pouco de sorte até, oportunidades estamos tendo. Love teve uma, fora as outras. Foram nove chances reais de gol, 19 finalizações, a gente viu ali no vestiário. É um número muito alto, sair um gol só é complicado. Vamos melhorar isso e a sorte vai nos ajudar no próximo jogo, vamos reencontrar a vitória", completou.

Leia também:
Atacante do Corinthians deixa Arena mancando e passará por exame nesta quinta
Recado a Tiago Nunes, escolhas questionadas e críticas a atacante: Fiel repercute empate do Timão

O empate, cabe destacar, veio horas depois de um protesto de torcidas organizadas no CT Joaquim Grava. Durante o ato, os cerca de 150 torcedores presentes criticaram diretoria e jogadores, cobrando raça dentro de campo. Para o defensor, que veio da base do clube, a pressão é normal.

"A manifestação foi tranquila, eles estão no direito deles, a fase não é das melhores. Lógico que o torcedor vem, paga ingresso, ele quer um espetáculo, mas infelizmente não estamos conseguindo isso. Temos que saber lidar com essa pressão, ter personalidade, jogar no Corinthians inclui isso", analisou.

"Quando não vêm os resultados, é normal. Vamos continuar jogando em busca da vitória e tenho certeza que ela vem na próxima rodada", concluiu.

Com o ponto amargo na bagagem, o Timão agora se reapresenta nesta quinta-feira e só volta a jogar daqui dez dias, no domingo, 7 de março, diante do Novorizontino.

Veja mais em: Pedro Henrique e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Malcom se mostra otimista por sequência do Corinthians em 2020

    Ao Meu Timão, Malcom detalha pandemia na Rússia e diz ser questão de tempo para Corinthians engrenar

    ver detalhes
  • Araos é um dos pedidos de contratação de Sampaoli, do Atlético-MG

    Meia corinthiano entra na mira do Atlético-MG a pedido de Sampaoli, diz portal

    ver detalhes
  • Gabriel Strefezza jogou no Corinthians até chegar na categoria Sub-20

    Ex-Corinthians que faz sucesso na Itália relembra formação nas categorias de base do clube

    ver detalhes
  • Os gols mais emocionantes da Arena Corinthians na visão de quem estava lá

    VÍDEO: Os gols mais emocionantes da Arena Corinthians na visão de quem estava lá

    ver detalhes
  • [Rafael Castilho] Como você faz falta, Corinthians!

    ver detalhes
  • Neto voltou a falar sobre possível demissão de Tiago Nunes

    Neto afasta retorno de Mano do Corinthians, mas volta a citar Tiago Nunes pressionado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: