Corinthians volta a jogar mal e fica no empate sem gols com o Atlético Goianiense em casa

24 mil visualizações 1.341 comentários

Corinthians teve mais uma noite de atuação ruim no Brasileirão

Corinthians teve mais uma noite de atuação ruim no Brasileirão

Danilo Fernandes/Meu Timão

Corinthians 0 X 0 Atlético-GO

Brasileirão 2020
30 de setembro de 2020, 21:30
Corinthians 0 x 0 Atlético-GO
Neo Química Arena

Depois de perder para o Sport na última rodada, o Corinthians teve uma semana livre para treinar e buscar a recuperação diante do Atlético Goianiense, na noite desta quarta-feira. Para lamento da Fiel, porém, a equipe alvinegra não mostrou evolução e ficou no empate por 0 a 0 em casa.

Com o resultado, o Timão chega a 13 pontos e fica na 14ª colocação do campeonato, apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento. Agora, a equipe tem o mesmo número de jogos que os adversários - o duelo contra os goianos era atrasado, ainda pela primeira rodada.

Agenda: agora, o Corinthians volta suas atenções para duelo contra o Red Bull Bragantino, no sábado, às 21h, no interior de São Paulo.

Escalação

Sem Fagner, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e com outras três mudanças por opção, Coelho escalou a equipe com Cássio; Michel Macedo, Gil, Avelar e Piton; Roni e Cantillo; Otero; Luan e Léo Natel; Jô.

Escalação provável

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

O jogo começou equilibrado, com os dois times tentando chegar ao ataque. Foi o Corinthians, porém, que chegou com mais perigo primeiro: em boa jogada pela direita, Michel Macedo cruzou e Jô quase chegou para cabecear.

Pouco após a descida alvinegra, porém, o Atlético Goianiense cresceu no jogo e começou a dominar a posse de bola, dificultando a saída de jogo da equipe de Coelho. Aos cinco minutos, inclusive, Cássio tomou o primeiro susto.

Apertado atrás, o Corinthians conseguiu uma segunda oportunidade aos 15 minutos. Em boa jogada de pivô de Jô, Léo Natel escapou em velocidade, pedalou em cima da marcação e bateu sem perigo, no meio do gol de Jean. No lance seguinte, Cássio é que fez defesa mais simples.

Os minutos foram passando e o Atlético seguiu dominante. Aos 26 minutos, o time de Goiás aproveitou rara descida do Timão para construir um bom contra-ataque. Cara a cara com Cássio, porém, Nicolas errou.

O Timão continuou sem conseguir jogar, mas passou a sofrer menos pela queda de ritmo do adversário. Em meio ao amplo domínio dos visitantes, a equipe alvinegra se resumiu a algumas tentativas mal sucedidas de contra-ataque.

Aos 36 minutos, o Atlético voltou a criar e Cássio foi no cantinho para evitar o primeiro gol da equipe goiana. Na sequência, o adversário pediu um pênalti na área do Corinthians, mas o juiz não marcou. Logo depois, nova defesa de Cássio em chute de Marlon Freitas.

Aos 45 minutos, o Corinthians escapou de novo com Léo Natel, que chutou de fora da área e conseguiu escanteio - o ponta alvinegro tinha poucas opções e mais de quatro marcadores pela frente.

Segundo tempo

Com o rendimento ruim da primeira etapa, Dyego Coelho mexeu logo no intervalo. Amarelado, Roni deixou o campo para dar lugar a Ramiro. Com a mudança, o Corinthians tentou trocar mais passes, mas continuou mostrando dificuldades, dependendo muito de cruzamentos na área.

Aos nove minutos, porém, uma grande chance: em descida pela esquerda, Lucas Piton achou Jô em bola rasteira, mas o atacante parou nas mãos de Jean. Logo na sequência, porém, o Atlético finalizou de fora com perigo.

O Timão continuou com os mesmos problemas e o time visitante cresceu no jogo de novo, circulando bola e mantendo a posse no campo de defesa da equipe comandada por Dyego Coelho.

Aos 23 minutos, Natel tentou nova finalização de fora da área. Na sequência, porém, o Atlético quase abriu o placar: a finalização de Chico passou por Cássio, mas parou em Danilo Avelar em cima da linha do gol.

Coelho, então, resolveu mexer novamente na equipe: Camacho, Cazares e Mauro Boselli entraram nas vagas de Cantillo, Luan e Jô. Logo no primeiro toque, Boselli quase marcou de bicicleta, mas estava impedido. O camisa 17 tentou de novo, por encoberta, e quase abriu o placar.

Aos 31, o Atlético respondeu. Em falta pela direita, Nicolas bateu direto e quase surpreendeu Cássio, mas a bola acabou batendo no travessão.

Aos 36 minutos, o Corinthians desperdiçou nova chance de perigo. Em contra-ataque bem construído, Boselli deixou Otero na cara do gol, mas o venezuelano bateu fraco para defesa fácil de Jean. Foi o último lance do camisa 11, que saiu para a entrada de Gustavo Mantuan.

Logo no seu primeiro lance, o garoto puxou para dentro e arriscou finalização, mas o chute saiu forte e passou longe do gol adversário. Depois disso, porém, foi o Atlético Goianiense quem se lançou ao ataque para tentar o gol. Nenhum dos times, porém, balançou as redes.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: