Corinthians cai de produção no quarto final e é superado pelo Mogi no NBB

1.2 mil visualizações 17 comentários

Corinthians conheceu sua terceira derrota no NBB

Corinthians conheceu sua terceira derrota no NBB

Reprodução/ Twitter do NBB

Corinthians 81 X 87 Mogi Basquete

NBB 2020
28 de novembro de 2020, 15:00
Corinthians 81 x 87 Mogi Basquete
Ginásio Hugo Ramos

O Corinthians entrou em quadra na tarde deste sábado diante do Mogi, pelo NBB, e foi derrotado. No Ginásio Professor Hugo Ramos, os alvinegros tiveram a vantagem por bastante tempo, mas acabaram superados por 81 a 87.

O Corinthians foi amplamente superior nos dois primeiros quartos e ainda conseguiu manter a vantagem no terceiro período, apesar da reação do time de Mogi. No quarto final, o Timão decaiu de produção e viu equipe adversária reagir, tomar a frente do placar e garantir a vitória.

Com o resultado, o Corinthians chega a seis jogos, com três vitória e três derrotas. Assim, a equipe alvinegra tem nove pontos conquistados na competição.

O destaque do Timão na partida fica por conta de Fuller, que foi o cestinha com 29 pontos e segundo atleta corinthiano com mais assistências, sendo seis. Também merecem destaque Miller, líder de rebotes da equipe (nove) e quinto maior pontuador, sendo sete, e Gegê, líder de assistências, com seis, e quarto maior pontuador, com 11 marcados.

Agenda alvinegra: a equipe de basquete do Timão volta a entrar em quadra no próximo sábado, dia 5, às 20h. No Ginásio do Morumbi, os corinthianos enfrentam o Bauru Basket.

Escalação

O quinteto inicial do Timão foi escalado por Demétrius com Fischer, Fuller, Renato Carbonari, Gegê e Malcolm Miller.

O time de Mogi, por sua vez, começou o jogo com Douglas Santos, Fabricio, Gruber, Wesley e Lessa.

Sobre o jogo

Primeiro quarto

A primeira cesta do jogo aconteceu com quase um minuto, quando Fischer roubou a bola e acionou Renato Carbonari, que enterrou para marcar os dois primeiros pontos da equipe alvinegra. O Timão emplacou boa sequência com Fuller e Miller e começou a dominar o quarto, obrigando o treinador adversário a fazer alterações em sua equipe.

Apesar das mudanças no time de Mogi, os corinthianos aproveitavam as boas oportunidades no ataque. Miller e Gegê, de três, colocaram o Timão em vantagem por 12 a 3. Na metade do quarto, os comandados de Demétrius ainda eram superiores, mesmo com novas mudanças na equipe adversária, e cumpria muito bem seus papéis defensivo e ofensivo. Nesse momento, o marcador indicava 17 a 6.

Os corinthianos ditavam o ritmo da partida e faltando três minutos tinham boa vantagem de 14 pontos. Cassiano conseguiu uma cesta de três e outra de dois pontos para diminuir a desvantagem do time de Mogi, mas não evitou a derrota do primeiro quarto por 25 a 15.

Segundo quarto

A equipe de Mogi começou o quarto com boa sequência de Fabricio, que fez quatro cestas seguidas. Na cobrança de lances livres, Gegê perdeu um e converteu o outro, e pouco depois Douglas Santos marcou três pontos para os adversários.

As equipes criavam, mas esbarravam na marcação adversária e desperdiçavam as chances de arremesso. Assim, aos cinco minutos, o placar tinha 29 a 25 a favor do Timão. Fuller voltou a marcar pelo Corinthians, mas Kurtz e Lessa deixaram tudo igual em 31 a 31.

O placar seguiu dessa maneira até os últimos três minutos, quando Fischer voltou a marcar para o Timão. Lessa virou para o time de Mogi com cesta de três, mas o Timão respondeu com Lucas Cauê em duas oportunidades e terminou o quarto em vantagem: 37 a 34.

Terceiro quarto

O Corinthians iniciou o quarto com cesta de três de Fuller, mas o jogador se chocou com o adversário no lance e sentiu dores no ombro, deixando a quadra para receber o atendimento. O juiz analisou a jogada e marcou falta do corinthiano, anulando a cesta. Na jogada seguinte, Fischer fez ótima jogada e pontuou para a equipe alvinegra, fazendo o treinador adversário pedir tempo.

Os alvinegros voltaram do pedido de tempo e emplacaram sequência com Gegê e Rentao Carbonari, mas Douglas marcou para o Mogi em seguida. No meio do quarto, o Timão tinha vantagem por 44 a 37. O Mogi cresceu no quarto e faltando três minutos empatou a partida.

Logo após o empate, o Timão respondeu com cesta de três de Fuller, mas viu o Mogi pontuar com Fabricio e deixar tudo igual novamente. As equipes foram se intercalando com posses no ataque e Fuller fez boa cesta de três no último lance do quarto para dar a vantagem para o Timão: 55 a 52.

Quarto final

O Mogi conseguiu passar na frente do marcador com dois minutos, mas o Corinthians se recuperou e voltou ao jogo com Fuller. Aos três minutos de jogo, Wesley conseguiu boa jogada dentro do garrafão e deu a vantagem momentânea ao time de Mogi: 61 a 63.

O Timão correu atrás da desvantagem e reagiu, mas não conseguia evitar as cestas adversárias. Assim, com cinco minutos, o placar colocava 67 a 69 para os adversários. Wesley conseguiu boa cesta de três e depois Fabricio fez mais dois pontos, ampliando a vantagem do Mogi e obrigando Demétrius a pedir tempo.

O Corinthians respondeu rápido na volta da pausa, com cesta de três de Fischer, e um novo pedido de tempo foi feito, agora pelo time de Mogi. O Timão desperdiçou um lance livre faltando três minutos para o fim de jogo e viu Fabricio marcar mais três logo em seguida - 71 a 77.

Com Gegê e Fuller, os corinthianos voltaram a pontuar e colaram no marcador, diminuindo a diferença para três pontos. Fischer também marcou, mas Douglas respondeu para o Mogi no lance seguinte. No último minuto, as equipes se alternaram no ataque e o jogo chegou ao fim em 81 a 87.

Veja mais em: Basquete.

Quem Atuou

Jogadores

  • Malcolm Jamal Miller

    Malcolm Miller

    Pontos: 7
    Rebotes: 9
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 35m08s

  • Renato Carbonari

    Renato Carbonari

    Pontos: 15
    Rebotes: 4
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 33m02s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    Pontos: 29
    Rebotes: 1
    Assistências: 4
    Tempo em quadra: 32m09s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    Pontos: 11
    Rebotes: 5
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 32m00s

  • George Frederico Torres Homem Chaia

    Gegê

    Pontos: 11
    Rebotes: 3
    Assistências: 6
    Tempo em quadra: 31m09s

  • Lucas Cauê de Almeida Pereira

    Lucas Cauê

    Pontos: 6
    Rebotes: 7
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 19m06s

  • Felipe Dalaqua Almentra

    Dalaqua

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 5m08s

  • Lucas Gabriel Vezaro

    Vezarinho

    Pontos: 0
    Rebotes: 1
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 5m06s

  • Alexandre Ludwig Agustinho

    Alexandre Ludwig

    Pontos: 2
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 3m04s

Comente a notícia: