Gabriel comenta nova função com Sylvinho e explica desabafo após gol marcado no Dérbi

3.2 mil visualizações 27 comentários

Por Meu Timão

Gabriel pediu respeito ao Corinthians após marcar gol de empate contra o Palmeiras

Gabriel pediu respeito ao Corinthians após marcar gol de empate contra o Palmeiras

Danilo Fernandes/Meu Timão

Autor do gol de empate no clássico contra o Palmeiras no último sábado, o volante Gabriel comentou a "nova função" que vem desempenhando e que o permite ser uma surpresa para os adversários nas partidas.

"A função que venho exercendo é um pouco diferente, até dos outros anos. Estamos jogados numa linha de três no meio campo, mas estou avançando, com a função de pisar na área e chegar como elemento surpresa. Acho que os gols saem por isso, mas muito feliz por ser esse jogador versátil nesse momento, que pode chegar a frente e finalizar", explicou Gabriel em entrevista à ESPN Brasil, nesta segunda-feira.

Ao marcar o gol de empate, Gabriel comemorou o tento contra seu ex-clube com um desabafo. O camisa 5 do Timão pediu respeito à equipe do Parque São Jorge e explicou o motivo da comemoração.

"É um gol num clássico que todos sabem que vale muito para mim como jogador. Tem que respeitar, lógico. Não vínhamos sendo respeitados nos últimos tempos, nos últimos jogos. O respeito vem de acordo com o que fazemos dentro de campo. A equipe está melhorando e evoluindo, então tenho certeza que podemos ser mais respeitados do que estamos sendo. Espero ter um ano e um campeonato bom, estou mirando sim no campeonato e no título", explicou Gabriel.

Sonhando com uma evolução que permita a equipe brigar por título, o Gabriel também foi questionado sobre sua relação com os clássicos. O jogador já disputou 40 deles, sendo 16 Dérbis, 14 Majestosos e outros dez diante do Santos.

"Eu fiz gol no São Paulo sim, em 2017. Tem uma imagem bem legal lá na Arena. A gente sabe que o jogo é movido de emoção, extravasar, fazer o que vem na cabeça, mas com respeito. O que aconteceu no Morumbi, foi um assunto passado. Eu estava sendo muito provocado e acabei respondendo, mas é uma página passada", disse o volante, relembrando a polêmica no Majestoso válido pela 25ª rodada do Brasileirão 2017.

"Sábado fiz o gol contra o Palmeiras e fui comemorar com a minha equipe, pedi respeito. Clássico sempre tem um jogo a mais. Eu conheço a história, Corinthians e Palmeiras tem mais de 100 anos de rivalidade. Fico feliz de entrar na lista desse clássico, contra o São Paulo e Santos também. Sempre encaram jogar contra o Corinthians como decisão, é sempre um time amado ou odiado e por isso temos que ter cabeça para fazer o melhor é ir em busca do título", finalizou Gabriel.

Veja mais em: Gabriel, Dérbi e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Claudinho. hoje no Bragantino, nada tem a ver com o processo iniciado pelo ex-empresário contra o Corinthians; acordo já foi homologado na Justiça

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com ex-agente de Claudinho em 20 parcelas

    ver detalhes
  • Se nenhuma intercorrência acontecer até domingo, Gabriel se tornará o sexto jogador do Corinthians a completar 100 jogos na Neo Química Arena

    Gabriel se tornará o sexto jogador a completar 100 jogos na Neo Química Arena: 'Sonho realizado'

    ver detalhes
  • Corinthians e Fortaleza ficaram no 0 a 0 na Fazendinha

    Corinthians e Fortaleza empatam sem gols pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes

    ver detalhes
  • Giuliano mais uma vez treinou no gramado com os companheiros e fica perto do seu melhor condicionamento

    Corinthians treina com volta de garoto e evolução de reforços em busca da estreia

    ver detalhes
  • Diego Figueredo é o mais novo reforço do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de armador argentino após a saída de Fuller

    ver detalhes
  • Raul Gustavo sentiu o joelho direito e fez trabalho na parte interna do CT

    Dupla do Corinthians sente incômodos e faz trabalho interno no CT Joaquim Grava

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x