Sylvinho analisa falhas ofensivas e defensivas do Corinthians e vê time 'apático' contra o Flamengo

14 mil visualizações 312 comentários

Por Julia Raya e Rodrigo Vessoni

Sylvinho se mostrou descontente com a atuação do Corinthians

Sylvinho se mostrou descontente com a atuação do Corinthians

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians não conseguiu desempenhar um bom futebol e acabou derrotado pelo Flamengo na tarde deste domingo, na Neo Química Arena. Ao final da partida, Sylvinho analisou a postura apática de sua equipe e os erros defensivos e ofensivos.

O treinador corinthiano não se limitou a analisar a derrota alvinegra apenas por mérito adversário. A equipe vem de uma semana livre de jogos, mas ainda ainda não conseguiu mostrar uma evolução. Assim, Sylvinho falou sobre o resultado ruim e analisou a produção da equipe diante das dificuldades impostas pelo Flamengo.

"Foi um primeiro tempo muito ruim, apático. Nós não estivemos bem no jogo, não porque não quiséssemos. Enfim, estivemos mal, muito mal no jogo. Nos custou praticamente a partida, três gols. Você fica realmente numa situação muito desprivilegiada, muito difícil, muito ruim para voltar para um segundo tempo. Um adversário qualificado, grandes jogadores, mas o nosso primeiro tempo não foi bom. Um primeiro tempo com pouca força de marcação, não conseguimos ter a bola, não conseguimos atacar o adversário. Infelizmente, praticamente ali deu o resultado para o nosso adversário e realmente foi uma atuação muito ruim", frisou o treinador em entrevista coletiva.

"Eu vou além, nós não incomodamos e nós não fomos eficazes a nível defensivo, a nível de sustentação, de maneira que o adversário acabou tendo um amplo domínio e por isso, a chateação. Por isso, do resultado do primeiro primeiro tempo e que nos trouxe, claro, problemas para você voltar para o segundo tempo. Substituições, difícil. Não é que não incomodamos o adversário, mas também não conseguimos ter sustentação e eficácia defensiva. Obviamente que não deixa ninguém contente e nem feliz", completou logo em seguida.

O Corinthians parecia entregue e aceitava o resultado sem marcar um gol sequer até os minutos finais, quando um chute de Vitinho desviou na defesa e morreu no fundo do gol de Diego. Pouco depois, a equipe tentou outras jogadas, como na finalização de fora da área de Mateus Vital. Apesar dessas oportunidades, Sylvinho expôs não ter visto um poder ofensivo de seu elenco, que não conseguiu reagir durante o jogo.

"O poder ofensivo... na verdade foram duas três jogadas isoladas, ainda conseguimos fazer um gol no final, bola desviada, tivemos o chute longe. Foram jogadas de longe, não quero acreditar que chutes assim são eficazes sempre. O poderio ofensivo maior é de jogadas por dentro, trocando passes, isso sim. O segundo tempo nos mantivemos no jogo pra tentar o gol, quem sabe um segundo, mas poderio ofensivo não. Tivemos consistência para tentar reverter um resultado, mas não deu, tudo ficou difícil", analisou o treinador.

"Nos jogos que temos feito, a gente tem se entregado, organizado, lutado. As vezes não ganha. Mas hoje foi o contrário, não tivemos nem força ofensiva nem defensiva. Não funcionamos, ficamos tentando, mas não funcionou. Pode ser qualidade do adversário, mas isso não é tudo. Poderíamos ter um primeiro tempo melhor, mas não deu. Fomos envolvidos, o jogo ficou perigoso, e nosso time mistura experiência e juventude e nessa hora tem que ter tranquilidade pra jogar e buscar voltar ao jogo sem se expor para não perder a conta. Jogo difícil, mas não jogamos bem", finalizou.

Veja mais em: Sylvinho e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • A equipe sub-23 do Corinthians não tem mais calendário em 2021 após a eliminação no Campeonato Brasileiro de Aspirantes

    Corinthians sub-23 fica sem calendário para o ano; diretoria estuda extinguir a categoria

    ver detalhes
  • Em quatro anos sob contrato com o Corinthians, Marlone disputou 50 jogos e marcou nove gols, um deles candidato ao Prêmio Puskás da Fifa (2016)

    Corinthians sofre bloqueios judiciais por dívida com a Penapolense e fica sem quase R$ 3 milhões

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians pode voltar ao estádio já no mês de outubro

    Governo de São Paulo libera público nos estádios a partir de outubro; CBF marca reunião com clubes

    ver detalhes
  • Time feminino do Corinthians ilustrou o vídeo de divulgação da nova campanha

    Corinthians convoca torcida feminina para canto inédito; ação faz parte de lançamento da nova camisa

    ver detalhes
  • Matheus Alexandre foi emprestado pelo Corinthians até o final de 2021

    Corinthians acerta empréstimo de Matheus Alexandre para o Coritiba

    ver detalhes
  • O bom clima no vestiário do Corinthians foi valorizado no vídeo de bastidores do Dérbi

    Pedidos por jogo inteligente e leveza dentro de campo marcam bastidores do Corinthians no Dérbi

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x