Arthur Elias comenta situação de corinthianas na Seleção e projeta semifinal contra a Ferroviária

4.5 mil visualizações 19 comentários

Cris Gambaré, diretora de futebol feminino do Corinthians, e Arthur Elias, técnico da equipe, deram entrevista coletiva nesta quarta-feira

Cris Gambaré, diretora de futebol feminino do Corinthians, e Arthur Elias, técnico da equipe, deram entrevista coletiva nesta quarta-feira

Reprodução/ Twitter

Corinthians e Ferroviária decidem um dos finalistas do Paulistão Feminino na manhã do próximo domingo, às 11h, na Arena Barueri. De olho na possibilidade de disputar mais uma final, o técnico Arthur Elias falou sobre suas expectativas para a partida e a situação das atletas que estão com a Seleção Brasileira.

A zagueira Erika, a lateral Tamires e a atacante Adriana encerram nesta quarta-feira o período de mais uma convocação na Seleção Brasileira. O trio esteve em campo diante da Austrália, que teve uma atleta que testou positivo para a Covid-19. Assim, Arthur Elias falou sobre o caso que tem preocupado a torcida.

"A gente não teve nenhum comunicado da CBF sobre qualquer mudança de plano na chegada delas. Elas vão ser testadas assim que chegarem aqui. Espero sim contar com elas para o jogo. A gente concentra no sábado, espero que elas cheguem na melhor condição possível. Sabemos que houve um desgaste, vamos conversar com as jogadoras, mas elas devem jogar sim", disse o técnico corinthiano em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

O Timão chega para a grande partida com a vantagem construída no primeiro confronto pelo placar de 1 a 0, com gol de Gabi Zanotti. A equipe da Ferroviária já é bastante conhecida por Arthur Elias, mas, na visão do próprio treinador, o número alto de encontros entre os times não deixa o confronto mais fácil. A dificuldade do duelo ainda foi "agravada" pela troca de treinadoras feita pelo time de Araraquara.

"Sempre vai ser difícil jogar contra a Ferroviária. Jogamos muitas partidas contra elas porque elas sempre chegam nas fases mata-mata. A troca de comando deixa mais difícil saber o que a treinadora nova pode propor. Ela mudou o jeito de jogar contra nós, para um 5-3-2, dificultou bastante. Ela é inteligente, a equipe tem uma proposta clara e equilibrada, nos neutralizou em muitos momentos. Mas a gente soube levar o jogo e modificar nosso sistema. É um confronto com três treinadores, que tem características diferentes, temos que saber passar para as jogadoras essas situações de forma clara, para que elas entendam. Um confronto de 180 minutos tem uma característica diferente, vamos ter dificuldade também. Mas agora entendo um pouco mais como a Roberta pode montar o time", analisou Arthur.

"Com a Lindsay, era um time que fazia pressão alta, extremamente vertical, que fazia jogos francos. Com a Roberta, mudou bastante. Fez uma linha de cinco, fechou nosso terço final de ataque, mas a gente fez o gol e tem a vantagem. Então eles não vão repetir essa estratégia por muito tempo. Estamos preparados para enfrentar uma Ferroviária com um bloco mais baixo ou que saia um pouco mais e busque o resultado. Sabemos jogar contra diferentes formações e estratégias. É só a gente enxergar o jogo e ter a leitura correta", completou logo em seguida

A partida de domingo, na Arena Barueri, terá presença da torcida corinthiana. Os ingressos não serão cobrados: para adquirir o ticket, basta fazer a doação de 1kg de alimento não perecível. Diretora da modalidade, Cris Gambaré explicou a decisão e contou que, em uma eventual final, o cenário será diferente.

"Estamos retornando de um período longo sem torcida, de protocolos exigentes. Não é só colocar a torcida dentro do estádio, existe um regulamento muito rigoroso, de policiamento, vigilância sanitária, policiamento, prefeitura. Para que a gente retorne com muita cautela, optamos pela troca de alimentos. Temos um departamento dentro do clube de responsabilidade social, e também o fundo de solidariedade de Barueri. Por isso escolhemos fazer essa troca. Trazer vocês para próximo, mas com o custo bem menor. O clube vai manter os gastos para voltar a torcida, mas achamos melhor fazer esse retorno para ajudar pessoas que precisam. Passando para uma final, aí vamos cobrar ingressos. O Corinthians Feminino fez um trabalho merecedor. Já somos um produto, temos que implantar essa cultura, mas na nossa proporção, que é mais simples que o futebol masculino", justificou.

Veja mais em: Corinthians Feminino, Arthur Elias e Corinthians x Ferroviária.

Veja Mais:

  • Luan Lino fechou com o Corinthians

    Novo atacante do Sub-20 chega ao Corinthians após disputa com o RB Bragantino e negociação sem custo

    ver detalhes
  • Fábio Santos foi o autor do gol da vitória do Corinthians contra o Athletico-PR

    Resenha com Fábio Santos e bom momento de Du Queiroz marcam bastidores da vitória do Corinthians

    ver detalhes
  • Duelo contra o Grêmio marca último jogo do Corinthians na Neo Química Arena em 2021

    'Vingança' por 2007 e vaga direta na Liberta 2022: os fatores que acirram Corinthians x Grêmio

    ver detalhes
  • Renato Gaúcho está sem clube, mas maioria da torcida do Corinthians não gostaria do treinador no Timão

    Maioria da torcida do Corinthians não aceitaria Renato Gaúcho como técnico para 2022; veja enquete

    ver detalhes
  • Róger Guedes e Jô dividem a artilharia do Corinthians no Brasileirão

    Corinthians tem dois jogos para reverter possibilidade de ter o terceiro pior ataque desde 2003

    ver detalhes
  • Compacto do Meu Timão | Corinthians 1 x 0 Athletico-PR | Campeonato Brasileiro 2021

    VÍDEO: Compacto do Meu Timão | Corinthians 1 x 0 Athletico-PR | Campeonato Brasileiro 2021

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x