Sylvinho defende trabalho no Corinthians e garante que equipe vai brigar pelo G4

2.4 mil visualizações 100 comentários

Por Meu Timão

Sylvinho falou sobre o seu trabalho no Corinthians até aqui

Sylvinho falou sobre o seu trabalho no Corinthians até aqui

Felipe Szpak/Agência Corinthians

Em entrevista coletiva após o empate contra o Grêmio, Sylvinho defendeu o seu trabalho dentro do Corinthians. Para o treinador, o seu desempenho foi de "mais acertos que erros" em 2021.

Mesmo assim, o treinador evitou avaliar o seu trabalho, já que o Brasileirão ainda não terminou. Sylvinho ressaltou a importância do jogo contra o Juventude, que acontece na quinta-feira.

"Mais acertos que erros, se não, não estaríamos nessa posição. O campeonato não acabou, não posso avaliar o trabalho ainda. O jogo é importante, Eu to avisando que vai acabar dia 9 de dezembro, calendário apertado. Enfim, amanhã de manhã tem treino. Avaliação não faço ainda, mas os números são positivos. Atlético-GO primeira rodada, semana difícil, desclassificação na Copa Sul-Americana da qual ninguém, cinco meses atrás, esperava a gente aqui hoje, com esse potencial. Ninguém. Confiamos no trabalho e acreditamos nisso, estamos felizes, mas não acabou ainda", disse o treinador

Mesmo com o empate, Sylvinho elogiou a postura dos times na partida. O treinador confessou que não foi a melhor partida do Corinthians, mas que mereceu o empate.

"O adversário marcou forte, se desgastou. É deles. Sabíamos e queríamos a forma de sair da pressão. Nosso time teve vontade, desejo, quis ganhar o jogo, os dois times. Vi os dois times com as devidas armas. Não vou fazer projeção para futuro, não tenho condição, acabei de sair de um jogo e as últimas 48 horas foram em cima do nosso elenco, time, estratégia, adversário... é disso que vou falar. Não foi nossa melhor partida, adversário deu dificuldade, mas fizemos bom segundo tempo e merecemos o empate", comentou Sylvinho.

Ao ser questionado sobre 2022, o treinador evitou fazer qualquer tipo de projeção em relação ao calendário. Por outro lado, Sylvinho garantiu estar muito feliz no Corinthians e que seu trabalho é alinhado com a diretoria.

"Eu não tenho condições de falar do calendário de 2022. O que eu posso falar é que eu estou bastante feliz no clube. Temos, assim, um trabalho muito leal, muito forte, de muita qualidade dentro, muito alinhado com a presidência. Eles são muito presentes no clube. Tanto eles como nós, como comissão técnica, Fernando Lázaro, Doriva, todos os dias praticamente às 8h, 8h30, estamos ali. Às 19h, saímos e trabalhamos com muita alegria. Temos um ambiente maravilhoso, muito bom com relação a tudo quanto é estafe, apoio e, principalmente, os atletas, que são os nossos protagonistas", começou.

"De maneira que os resultados são favoráveis àquilo do qual nós iniciamos há seis meses atrás. Números, sim, bem expressivos. Mas, nós vamos comentá-los para a frente. Feliz, até aqui, o momento. Uma situação só, quarto, quinto, tem diferença e nós temos mais cinco dias de trabalho árduo e duro. Nós queremos, já que há uma possibilidade, buscar o G4. Nós vamos em busca desse objetivo e vamos lutar mais três, quatro dias, de bom treinamento para poder ir terminar o nosso campeonato em 9 de dezembro contra o Juventude em Caxias", finalizou o treinador do Corinthians.

Veja mais em: Corinthians x Grêmio e Sylvinho.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a encontrar Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores

    Corinthians conhece adversário das oitavas de final da Libertadores 2022; veja detalhes

    ver detalhes
  • Vítor Pereira voltou a falar sobre a pouca utilização de Róger Guedes

    Vítor Pereira finaliza polêmica com Guedes e detalha perda de espaço do atacante no Corinthians

    ver detalhes
  • Mercado Bitcoin ocupava a barra inferior frontal da camisa

    Patrocinador do Corinthians decide romper contrato com o clube sete meses antes do final

    ver detalhes
  • Adson foi eleito o melhor em campo diante do Always Ready

    Atacante é eleito o melhor em campo em noite de médias baixas do Corinthians; zagueiro é o pior

    ver detalhes
  • Adson foi bastante elogiado pela torcida do Corinthians

    Elogios para Adson e bronca com Bambu marcam empate do Corinthians na Libertadores; veja tuítes

    ver detalhes
  • Filipe Almeida ficou no banco de reservas no empate por 1 a 1 com o Always Ready

    Auxiliar de Vítor Pereira fala em 'planejamento' no Corinthians e lamenta chances perdidas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x