Venha fazer parte da KTO
x

Zagueiro recebe punição no STJD e pode não enfrentar o Internacional; dirigentes conhecem pena

12 mil visualizações 118 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

Bruno Méndez em jogada ofensiva

Jhony Inácio / Meu Timão

O zagueiro Bruno Méndez, expulso na partida contra o Grêmio, há três semanas, levou dois jogos de punição pela 3ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quarta-feira. Como já cumpriu um, ele seria desfalque apenas do embate contra o Internacional no sábado, válido pela 37ª rodada, podendo enfrentar o Coritiba na próxima semana. Cabe recurso por parte do Timão, porém.

Bruno foi expulso ao acertar forte carrinho em Besozzi no começo da partida contra o Grêmio. Como há uma última instância no próprio tribunal, o mais provável é que o Corinthians entre com um recurso para novo julgamento no Pleno do STJD, o que adiaria a punição.

O presidente Duilio Monteiro Alves e o gerente de futebol Alessandro Nunes também foram julgados na manhã desta quarta. O primeiro foi suspenso do futebol 15 dias enquanto o segundo por 60 em decorrência da confusão do jogo entre Corinthians e Grêmio, pela 34ª rodada do Brasileirão.

Segundo publicado pelo ge, Alessandro foi condenado nos artigos 243-F e 258-B, levando 30 dias de punição em cada, além de pagamento de multa de R$ 10 mil. Ele também havia sido denunciado nos artigos 219 e 243-C, mas foi absolvido. Vale lembrar que o gerente já estava suspenso de forma preventiva e com a punição só poderá a ir em estádios em 2024.

Duilio, por sua vez, foi enquadrado nos mesmos artigos, mas tomou gancho de 15 dias pelos seus atos terem sido de menor gravidade - Alessandro tentou invadir a sala do VAR. O Corinthians trabalha para entrar com um efeito suspensivo para que ambos, principalmente o presidente, se despedir do clube diretamente do estádio.

Relembre o caso

Momento em que Alessandro tenta invadir a sala do VAR

Momento em que Alessandro tenta invadir a sala do VAR

Reprodução / Júlia Brasil

A confusão aconteceu durante a partida entre Corinthians e Grêmio. Irritados pelas decisões do árbitro José Pereira de Lima de não marcar pênalti para o Timão e expulsar Bruno Méndez, Duilio e Alessandro partiram pra cima do juiz, lhe xingando de "vagabundo", conforme relatado em súmula. Após essa confusão inicial, o gerente tentou invadir a sala do VAR como uma forma de protesto, ainda que não tivesse nenhum indivíduo ali, apenas aparelhos.

"Protestar pela incompetência do (Rafael) Traci em ter auxiliado o árbitro de campo num pênalti escandaloso. Eu precisava me manifestar, foi uma forma de protesto", desabafou Alessandro ao apito final.

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves, Alessandro, Diretoria do Corinthians, STJD, Bruno Méndez e Corinthians x Grêmio.

Veja Mais:

  • Vitória da Inter de Limeira eliminou o Corinthians da briga por uma vaga no mata-mata

    Corinthians está eliminado do Campeonato Paulista após vitória da Inter de Limeira; veja tabela

    ver detalhes
  • Yuri Alberto comemorando gol que acabou sendo anulado

    Corinthians vence Santo André no último lance, mas está eliminado do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Pedro Raul marcou o gol da vitória do Corinthians

    Centroavantes são eleitos os melhores do Corinthians em vitória contra o Santo André; veja notas

    ver detalhes
  • Augusto Melo no jogo entre Corinthians e Novorizontino

    Augusto Melo quebra silêncio sobre Matías Rojas e diz que jogador está facilitando a rescisão

    ver detalhes
  • Mesmo com o susto, António Oliveira saiu bastante satisfeito com a vitória do Corinthians

    António Oliveira vê vitória justa do Corinthians e aponta diferenças entre Santo André e Ponte Preta

    ver detalhes
  • Fiel foi à loucura com a vitória nos acréscimos do Corinthians diante do Santo André

    Centroavantes heróis e rei dos acréscimos: Fiel repercute vitória do Corinthians sobre o Santo André

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: