Venha fazer parte da KTO
x

Rápida ascensão e falta de foco: atleta formado no Corinthians abre o jogo em reencontro com o Timão

2.4 mil visualizações 19 comentários Reportar erro

Por Meu Timão

Marciel reencontrará o Corinthians pela primeira vez após ascensão meteórica e diversos empréstimos

Marciel reencontrará o Corinthians pela primeira vez após ascensão meteórica e diversos empréstimos

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

No próximo sábado, o Corinthians reencontrará, diante do Santo André, às 16h, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista, um nome conhecido da Fiel. Trata-se do volante Marciel, que foi revelado nas categorias de base do Timão e teve trajetória com episódios marcantes.

Campeão da Copinha, em 2015, o meio-campista ganhou uma chance do então técnico Tite para começar entre os titulares no Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense. Em sua estreia, aos 20 anos, com quatro minutos no elenco profissional, Marciel fintou o marcador e finalizou de direita, mesmo sendo canhoto, para abrir o marcador, que terminaria 2 a 0.

'Nem eu acreditei que tinha feito um gol, pode ver pela comemoração que eu não estava acreditando. Receber aquela oportunidade acho que foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. O clube também, por ser o Corinthians, todas as histórias que o Corinthians tem, foi muito gratificante isso na minha vida', comentou em entrevista ao ge.globo.

O jogador viria a participar de outros jogos naquela edição do Brasileiro, que culminou no hexacampeonato do Timão. Apesar das expectativas pelo futebol apresentado na base e o cartão de visitas no profissional, porém, Marciel não decolou.

Em 2016 e 2017, participou de apenas 17 jogos, sem grandes contribuições. O principal episódio ocorreu fora dos gramados, em 2016, em uma briga com o ex-zagueiro Vilson durante um treinamento no CT Joaquim Grava.

'Foi algo que aconteceu ali na hora, eu acho que ele foi treinar de cabeça quente. Acabou que eu roubei uma bola dele, ele já virou bravo. Mas na hora ali mesmo eu aceitei a desculpa. Não levei nada para fora de campo e a gente seguiu junto ali até o final do campeonato', lembrou.

Naquele ano, Marciel viria a ser emprestado ao Cruzeiro, em troca que envolveu o volante Williams. Embora tenha se destacado logo na estreia, ele reconhecia que a briga por espaço seria difícil na equipe.

'Querendo ou não a estreia foi maravilhosa, né? Não podia ser melhor, era aniversário do Corinthians e poder fazer um gol foi inacreditável. O empréstimo acho que foi consequência, né? Eu não tive muita oportunidade, apesar de ter feito gol e tal, mas o meio campo tinha muitos caras de seleção e acabou que houve um empréstimo em troca com o Willians, no Cruzeiro. Eu mesmo quis sair também na época, porque eu sabia que eu não ia ter muita oportunidade. Na minha época a gente não tinha muita oportunidade, quem teve mais acho que foram o Malcom e o Arana. A gente que subiu depois não teve muita oportunidade para mostrar o nosso futebol', afirmou Marciel.

Já no ano seguinte, em 2017, o volante desenvolveu a condição alopecia areata, que surgiu devido à combinação entre quadros de estresse e ansiedade. O diagnóstico o levou a fazer uso de corticoides, afastando o jogador dos gramados por cinco meses.

'Eu só fui fazer o tratamento e achei que o Corinthians já estava sabendo. Aí cheguei lá depois, mostrei o papelzinho, tinha corticoide, e acabou que fiquei afastado. Acredito que não foi na maldade, acho que a doutora que aplicou não estava sabendo', concluiu.

Falta de foco e andarilho no futebol

O principal problema, segundo o próprio jogador, não era a concorrência, mas sim a falta de dedicação de Marciel. Em meio à disputa por espaço, ele se via em melhores condições que outros atletas, motivo pelo qual treinava menos do que poderia. O volante lembrou que não recebia toques para melhorar a questão, mas elogiou o ídolo e ex-companheiro Ralf, que incentivava os atletas.

'Eu acho que eu tinha que treinar mais. Eu achava que eu era melhor que um e que outro e acabava treinando pouco. Então agora que eu estou mais maduro e vendo as coisas, agora eu entendo o porquê de não estar tendo oportunidade. Eu treinava forte vez ou outra, não treinava todos os dias forte. Acho que foi isso que me fez não ter muita oportunidade. Ninguém chegou a me dar um toque. O único que falava para nós era o Ralf, que falava “treina, treina para você e tal”, mas entrava por um ouvido e saía pelo outro. A gente achava que conseguiria jogar de qualquer jeito, é isso que bate o arrependimento hoje. Eu não treinava 100%, treinava 70, 80 e acabou não dando certo', comentou.

Sem espaço no Parque São Jorge, Marciel rodou o país. Antes de encerrar o vínculo com o Timão, em 2021, o volante foi emprestado para Ponte Preta, Oeste, Vitória e Juventude, depois de passar por Náutico, Remo, Caxias e CSA. Desde o início do ano no Santo André, pelo qual disputou sete jogos no Paulista, o jogador está focado nos objetivos da equipe, mas não escondeu a gratidão pelo Corinthians.

'Tenho uma relação de gratidão, eu entendo até o caso. Naquela época tinha muito volante ali que não tinha como ficar disputando com os caras. Renato Augusto, Jadson, Ralf, os caras estavam em outro nível, outro patamar. Mas é só gratidão pelo Corinthians e agradecer por todas as oportunidades. Agora que eu estou mais maduro, já aprendi bastante. Agora estou com a mesma pegada do Ralf, a inteligência do Jadson e do Renato Augusto. Acho que essas coisas a gente tem que pegar deles, até nas resenhas a gente aprende com eles', finalizou Marciel.

Veja mais em: Marciel, Corinthians x Santo André, Ex-jogadores do Corinthians e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians desembarca em Florianópolis para encarar o Internacional

    Corinthians desembarca em Florianópolis com 26 jogadores para encarar o Internacional; veja lista

    ver detalhes
  • Santos não deve mais ser negociado pelo Fortaleza junto ao Corinthians

    Fortaleza breca negociação entre Corinthians e goleiro Santos após avanço; veja comunicado

    ver detalhes
  • Corinthians enfrentará o Palmeiras na segunda-feira, dia 1 de julho

    CBF altera data do Dérbi e outra partida do Corinthians pelo Brasileirão; veja

    ver detalhes
  • Rodrigo Garro volta a estar disponível após cumprir suspensão

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o Internacional pelo Brasileirão; veja provável time

    ver detalhes
  • Carlos Miguel durante a partida contra o Sao Paulo

    Corinthians exerce cláusula no contrato de Carlos Miguel e receberá mais dinheiro em transferência

    ver detalhes
  • Corinthians foi goleado pelo Cruzeiro no Brasileirão Sub-20

    Corinthians sofre apagão no segundo tempo e é goleado pelo Cruzeiro no Brasileirão Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de EhNois

    Ranking: 1178º

    Ehnois 1680 comentários

    @ehnois.smith em

    Seria interessante alguém do Corinthians pegar está reportagem e ir anos garotos da base com Ela em mãos. Fazer as seguintes perguntas:
    Quem deseja ser campeão da Copinha?
    Quem deseja subir para o professional?
    Pois Bem, leiam esta reportagem e vejam que precisam.se dedicar e não se acharem os tais. Muitas promessas ficaram pelo caminho e você pode ser mais uma a ficará se não river foco e cabeça!

  • Foto do perfil de Adenilton

    Ranking: 235º

    Adenilton 5223 comentários

    @adenilton.nunes1 em

    Como ele falou não teve foco, tinha sim um bom futebol 28 anos ainda pode ser avaliado por um time maior pra jogar bola basta mostrar sua capacidade

  • Publicidade

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Rosinaldo Dantas

    Rosinaldo 73 comentários

    19º. @rosinaldo-dantas em

    É muito triste, um jogador com muito talento mas com a cabeça fora do lugar. Tinha tudo pra ter uma carreira de destaque, quem sabe até jogar na Europa, potencial ele tinha. Até o Deivid quando era treinador do Cruzeiro na época em que ele foi emprestado falou que era um dos melhores do elenco, com muitos recursos, bom passe e inteligente. Infelizmente muitos jovens hoje, até por influência de empresários, acabam achando que já estão em nível de estrela mundial e esquecem do mais importante. Essa geração tinha muito jogador talentoso que se perdeu... Cassini, na serie D, Matheus Pereira, na série B da Espanha, Gabriel Vasconcelos no Bahrein. Acho que só se salvaram o Maycon e Arana.

  • Foto do perfil de João

    Ranking: 46º

    João 17691 comentários

    18º. @loucorouco em
    Que pena que não deu certo no Timão e na carreira.
  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 5º

    Luiz 79499 comentários

    17º. @luiz.fernando.balest em

    Boa sorte garoto!

  • Foto do perfil de ANTONIO

    Ranking: 48º

    Antonio 17255 comentários

    16º. @antonio.camarao1 em

    Não me lembrava mais do Marciel, que tenha sucesso na carreira!

  • Foto do perfil de EhNois

    Ranking: 1178º

    Ehnois 1680 comentários

    15º. @ehnois.smith em

    Seria interessante alguém do Corinthians pegar está reportagem e ir anos garotos da base com Ela em mãos. Fazer as seguintes perguntas:
    Quem deseja ser campeão da Copinha?
    Quem deseja subir para o professional?
    Pois Bem, leiam esta reportagem e vejam que precisam.se dedicar e não se acharem os tais. Muitas promessas ficaram pelo caminho e você pode ser mais uma a ficará se não river foco e cabeça!