Kaio
Kaio

22 anos

Kaio Vinicios Lopes

Torcedor do site número: 196.218, cadastrado desde 11/10/2012

Aqui é Corinthians

male

Atividade no Meu Timão

Ranking de comentários

Faltam 40 comentários para o Kaio entrar no ranking

Ver Ranking

10 Comentários

100% de aprovação

49 Posts

88% de aprovação

34 Tópicos

16.463 Visualizações

2.744 Views por tópico

Última atividade no site em 30/03/2017 às 17h03

Atividades do Kaio no Meu Timão

Última interação no site em 25/11/2015 às 21h49

  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Qual vocês consideram o gol mais bonito do Timão no campeonato?"

    há 4 anos

    Até então, já foram 70 gols. Nos faltam duas rodadas e a certeza que de mais alguns virão. ENTRE TAIS, GRANDE PARTE DELES FORAM GOLAÇOS, SEJAM POR TEREM SIDO ESTETICAMENTE LINDOS E INDIVIDUAIS OU TATICAMENTE FANTÁSTICOS. Ex: gol do Lucca contra o Atlético-MG, golaço plástico e estético, individual; gol do mesmo contra o SPFW, fruto de uma jogada fantástica e grupal, que culminou numa conclusão espetacular.

    MAS SÃO APENAS EXEMPLOS. OPINEM, FIEIS!

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Desempenho histórico do TIMÃO em 2015:"

    há 4 anos

    66 jogos

    41 vitórias

    15 empates

    10 derrotas

    112 gols marcados

    52 gols sofridos

    60 gols de saldo

    198 PONTOS DISPUTADOS

    Deles, 138 (138! 138!) CONQUISTADOS.

    66% DE APROVEITAMENTO.

    Dá pra contestar sim, e aliás, uma única coisa: um Brasileirão foi pouco pra tamanho desempenho, mas ENORME para reforçar o que todos nós sabemos: nunca, em hipótese alguma, estejamos onde estivermos, duvide da capacidade do CORINTHIANS. SOMOS GIGANTES DEMAIS PARA NOS CONTENTARMOS COM POUCO E ACABARMOS COM UM PLANEJAMENTO NO COMEÇO DO ANO, COMO SUGERIRAM CERTOS COLUNISTAS (COSME RIMOLI IDEM).

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Qual, para vocês, é o gol mais emocionante da história do Timão? Ou aquele que tu não esquece?"

    há 4 anos

    OPINEM.

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Derrubando as teorias dos anti-corintianos:"

    há 4 anos

    Teoria I: Corinthians passou a ter expressão apenas em 90, quando conquistou seu primeiro nacional.

    RESPOSTA: Há um consenso da mídia, no qual os jornalistas afirmam com ênfase que as disputas estaduais, sobretudo por se tratarem de rivalidades assíduas, tinham um valor maior que as nacionais, antes secundadas nos planos dos clubes, especialmente em SP. E, baseado nisso, já em 90 o Corinthians tinha hegemonia sobre o Campeonato regional, sendo disparado o seu maior vencedor, fato este reincidente ainda hoje.

    Teoria II: Procurando a Libertadores de 2000 do Corinthians...

    RESPOSTA: Para começar, nunca afirmamos ser campeões de nada para que pudéssemos ter chegado ao Mundial, mas sim por termos sido convidados pela Fifa, que obviamente entendeu que, sendo bi-campeão Nacional à época, adjunto ao poder midiático do Corinthians, seria uma escolha plausível nos colocar no Torneio, este validado pela entidade, patrocinado, transmitido em TV aberta - tendo sido, dessa forma, a maior audiência da história da TV Bandeirantes - e confirmado em tabloides internacionais, muito embora, é claro, para eles o Mundial tenha um valor menor que outras competições. A propósito, ao contrário de Garrafas 51, Viúvas do Pelé e Clube de Regatas Zico da Lama, há imagens que comprovam ter havido o evento, notícias, vídeos, documentários e, de quebra, reações chateadas dos vice-campeões - formado por um timaço do Vasco naquele momento, que bateria de frente com qualquer clube europeu - e demais perdedores. Ah! Só para não me esquecer de mencionar: Sim, nós somos Bi-Mundial com 1 Libertadores. Mas, como é possível ser octa-brasileiro tendo em vista que, ao conquistarem seus últimos nacionais, Santos e Palmeiras gritaram pelos quatro cantos serem ''Tri'' e ''Tetra'' campeões brasileiros, respectivamente?

    Teoria III: Brasileirão 2005

    Muitos citam o esquema de compra de jogos em 2005, mas pouquíssimos, até por serem tendenciosos, se esquecem de informar aos telespectadores - que, por conseguinte, também deveriam se informar - fatos incontestáveis. Primeiramente, o esquema prejudicou vários clubes, inclusive o Corinthians, tendo sido anulado 5 dos nossos jogos, os quais coincidentemente havíamos perdido ou empatado de maneira duvidosa, aliás, um clássico Majestoso estava nesse rolo, aquele mesmo... Perdemos de 3x2 após sermos garfados no Morumbi. E, de fato e direto, como todos os prejudicados, ganhamos a possibilidade de disputarmos esses mesmos 5 jogos, sendo assim, tendo conquistado a maioria dos pontos e, por consequência da competência técnica de um elenco fortíssimo - o melhor da época - adquirimos a liderança, sustentando-a até o final. Mesmo que o pênalti do Inter tivesse sido marcado, como deveria, não havia garantia de conversão e, caso houvesse, ainda nos manteríamos na liderança por critérios de desempates. Num dos últimos jogos, calamos a boca alheia e aplicamos um sonoro 7x1 no Santos, provando em campo sermos o merecedor da taça. Na última rodada, então, ainda perdendo para o Goiás, o Inter - que se tivesse sido competente contra o Coritiba, poderia levar o Campeonato - foi massacrado pelos paranaenses, que estavam desesperados na zona de rebaixamento.

    FATOS SÃO FATOS.

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Uma carta para a Fiel:"

    há 4 anos

    À FIEL, que durante 23 anos cresceu, quando, na verdade, qualquer outra Instituição perderia seu público;

    À mesma FIEL, contrastada, embora única, responsável por um tremor terrestre no momento em que, após a garganta guardar um grito sufocante, explodiu, impressionou, engrandeceu mais e mais, cada vez mais, se é que seja possível haver mais enquanto o máximo já fora atingido;

    À ela, aquela massa colossal, emocional, que, embora sabida do seu poder, nunca colocou-se frente ao que a fez nascer, o Corinthians;

    À inigualável e corajosa Fiel, impositora de história, feitora de fascínio, corda sustentadora para quem dar-se-á felicidade;

    À mistura de povos, entre riqueza e pobreza, capaz de superar tais contrariedades sociais a fins espirituais, que se dá na arquibancada, fora delas, em casas, ruas, bares, empresas, qualquer lugar onde se tenham ondas de rádio, transmissões de TV's, estas que dão acessibilidade ao que para essa gente é necessário: gritar Gol!

    À Fiel regional, porque, afinal, de fato éramos, talvez ainda sejamos, e também nacional, internacional, como fatos ainda maiores comprovam;

    À invasora e transcendente Fiel, quebradora de recordes antes somente obtidos em deslocamentos de guerras, causadora de frissons e arrepios tomadores dos corpos cansados, exaustos de tanto torcer, mas jamais satisfeitos por fazê-lo;

    À tão visível nuvem alvinegra, que em 90 fez do Brasil um país preto e branco, numa - pasmem! - incoerente mistura de cores, do Norte ao Sul, Oiapoque ao Chui, de cima para baixo, por todos os lados, de maneiras distintas, embora, com tudo isso, tenha-se tido um único intuito: mostrar-se - não que fosse necessário, tamanha clarividência da nação perante à isso;

    À Fiel sofredora, que por anos sofreu sem que o seu valor tivesse sido posto em prática e homenageado em campo por meros guerreiros, de fato apoiados, mas infelizmente incapazes de reconhecer a grandeza que sobre eles fazia-se presente;

    À Fiel gigante, na qual outros atores tentam se inspirar, uns até têm a imatura necessidade de provar ser maior que a original, mas ser maior é subjetivo, e nesta subjetividade - até fora dela - a maioridade é nossa;

    À ela, somente para ela, de quem por ela sente orgulho, e para ela moveria mundos.

    À Fiel crente, desafiadora do ceticismo tentado pela mídia, que calou todos com gritos de guerra, sem que para isso tivesse sido feito tanta coisa, apenas o tal do torcer, apoiar, fazer da fidelidade poder de transformar sonhos em realidades, vitórias em conquistas. E, assim, fez do que já era gigante um colosso no alto de seu trono, mas ainda com honra, honestidade e, acima de tudo, humildade.

    À Fiel, decido tais palavras. Porque, leal como somos, unidos como hão de sermos, faremos delas uma forma de reconhecermo-nos.

    PARABÉNS, FIEL! Se o Corinthians tem esse tamanho, a culpa é nossa. Porque culpa se aplica também no que é bom, e a mesma culpa negativa que nos cercou por pseudos-fieis e contrários à nossa fidelidade, fez-se contrária ao positivismo dessa culpa atual, que nos levou onde estamos e daí tão cedo - ou jamais - sairemos.

    De: Kaio Lopes.

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "perfil do torcedor: você é corintiano de qual estado?"

    há 4 anos

    Sei que a maioria é paulista, mas também sei que a massa corintiana no Centro-Oeste, parte do Sul e parte do Nordeste também é grande. E AÍ? SÃO CORINTIANOS DE QUAIS ESTADOS?

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Qual vocês consideram o maior rival do Corinthians?"

    há 4 anos

    Certamento já sabemos o resultado. Kkkk'

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Qual vocês consideram o maior rival do Corinthians?"

    há 4 anos

    Votem, opinem e, claro, respeitem a opinião alheia.

    Ver resultado
    Participar
    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Uma nova análise imparcial:"

    há 4 anos

    Antes do jogo contra o Goiás, fiz um tópico de forma imparcial, palpitando sobre os jogos seguintes, e, entretanto, muitos discordaram dos achados afirmando que estaria sendo PARCIAL. A análise feita foi a seguinte:

    Corinthians vence o Goiás na Arena. (VENCEU)

    Corinthians empata com Atlético-PR fora. (VENCEU)

    Corinthians vence o Flamengo na Arena. (VENCEU)

    Corinthians empata com o Atlético-MG fora.

    Corinthians vence o Coritiba na Arena.

    Corinthians vence o Sport fora.

    Corinthians vence o São Paulo na Arena.

    Corinthians empata com o Vasco fora.

    Corinthians vence o Avaí na Arena.

    HOUVE UM QUE DISSE TEREM SIDO OS TRÊS JOGOS PRIMEIROS, CONTRA GOIÁS, ATLÉTICO-PR E Flamengo OS MAIS DIFÍCEIS PELAS CIRCUNSTÂNCIAS E QUE, NA PIOR DAS HIPÓTESES, CHEGARÍAMOS CONTRA O ATLÉTICO-MG COM ELES PODENDO NOS ULTRAPASSAR...

    Bom, ainda continuam achando que a análise foi PARCIAL diante disso?

    detalhes do post
  • Kaio

    Kaio postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "quem é o craque do timão no campeonato?"

    há 4 anos

    VOTEM:

    Ver resultado
    Participar
    detalhes do post
`