Quanto o Corinthians ganha com a chegada de Yuri Alberto e quanto perde com a saí

Beatriz Zoccoler

Beatriz Zoccoler, 19 anos e, com muito orgulho, estagiária do Meu Timão que tem como melhor característica ser corinthiana.

ver detalhes

Quanto o Corinthians ganha com a chegada de Yuri Alberto e quanto perde com a saída de Mantuan

Coluna do Beatriz Zoccoler

Opinião de Beatriz Zoccoler

30 mil visualizações 155 comentários Comunicar erro

Quanto o Corinthians ganha com a chegada de Yuri Alberto e quanto perde com a saída de Mantuan

Yuri Alberto e Gustavo Mantuan protagonizam uma das transferências mais comentadas da janela do meio do ano

Foto: Vyacheslav Evdokimov e Danilo Fernandes/Meu Timão

Depois de muito refletir sobre a negociação do Corinthians envolvendo Yuri Alberto e Gustavo Mantuan, eu cheguei a uma conclusão até que bem óbvia. Não é preciso tomar um partido. Pasmem, dá pra ficar feliz com a vinda do Yuri, mas triste pela saída do Mantuan. Um vem para preencher uma lacuna no ataque, o outro vai fazer muita falta.

Estamos falando de dois jovens de 21 anos, mas que jogam em posições diferentes e vivem momentos distintos na carreira. Yuri é um bom centroavante, e acredito que vai encaixar bem no time de Vítor Pereira. Tem faro de gol, ambidestro, facilidade pra finalizar, muita mobilidade, sabe fazer pivô, enfim... Tudo que o Corinthians precisa após a saída de Jô.

Certamente resolve um problema. Róger Guedes pode voltar a atuar como ponta esquerda ou segundo atacante e o setor ofensivo do Timão sobe de patamar. Entretanto, lamento muito a saída do Mantuan. O garoto do Terrão evoluiu demais nas mãos de VP, vive um ótimo momento e é um pilar da equipe.

O camisa 31 alvinegro, para mim, faz uma função que é difícil de repor no próprio elenco. Mantuan não é somente um jogador de ataque. É polivalente, voluntarioso, enérgico, corre por si e pelos companheiros, ajuda com ou sem bola e dá equilíbrio ao time. Das peças imediatas de reposição, temos Adson e Gustavo Mosquito.

Gosto muito do primeiro, coleciona boas atuações e é um dos miúdos mais importantes do time. Suas características, porém, não são iguais as de Mantuan, principalmente na parte tática. Mosquito, por sua vez, caiu de produção e vive algumas incertezas por conta da tendinite.

Ao mesmo tempo em que ganhamos muito com Yuri, pondero que perdemos sem Mantuan. E claro, tem como contornar essa situação. Certamente Vítor Pereira vai conseguir trabalhar o elenco, seja deslocando Willian ou aperfeiçoando Adson e Mosquito. A reflexão dessa coluna é puramente a fim de exaltar dois talentos da geração. Um que está vindo, e outro que está indo.

Veja mais em: Mercado da bola, Gustavo Mantuan e Yuri Alberto.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Beatriz Zoccoler

Por Beatriz Zoccoler

Beatriz Zoccoler, 20 anos e, com muito orgulho, estagiária do Meu Timão que tem como melhor característica ser corinthiana.

O que você achou do post do Beatriz Zoccoler?

x