Venha fazer parte da KTO
x
Um resultado enganoso que vai além dos 90 minutos
Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

ver detalhes

Um resultado enganoso que vai além dos 90 minutos

Coluna do Jorge Freitas

Opinião de Jorge Freitas

7.6 mil visualizações 133 comentários Comunicar erro

Um resultado enganoso que vai além dos 90 minutos

Luxemburgo, Alessandro e Duílio: até 40% de posse de bola numa semifinal de Copa do Brasil dentro da própria casa

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Quem olha o elenco de Corinthians e São Paulo não tem dúvida que há uma clara diferença de qualidade entre eles. Com Renato Augusto, Roger Guedes, Yuri Alberto, Cassio e outros bons jogadores, o Timão está indiscutivelmente acima do rival, não somente nos 11 iniciais, mas também nas possibilidades de substituições.

Mesmo assim, o jogo dessa terça-feira não demonstrou essa disparidade em campo. Ao contrário, foi o São Paulo quem dominou praticamente toda a partida, teve a posse de bola, criou chances de gol, mas, por dessas coisas que o futebol ama propiciar, acabou derrotado com duas bolas magníficas do melhor jogador dentre todos de ambos os elencos somados.

Uma vitória que, em termos resultadistas, dá tranquilidade à equipe técnica do Corinthians, mas que deveria servir de alerta para uma necessidade que urge no clube, estampada principalmente pela péssima classificação da equipe no Campeonato Brasileiro.

Hoje, o time treinado por Vanderlei Luxemburgo é literalmente uma bagunça, sem esquema tático definido, sem profundidade, sem triangulação, com excesso de lançamento pelos zagueiros (que sorte que Caio Paulista falhou em um deles), com buracos no meio de campo, defesa desprotegida e atacantes que praticamente não recebem a bola em condição de finalização.

Ontem, durante uma semifinal de Copa do Brasil dentro de casa, o Corinthians chegou a ter apenas 40% de posse de bola e precisou de mais de meia hora de jogo para finalizar pela primeira vez à meta rival. A renatodependência gritou mais que nunca nesta terça-feira, o que escancara o péssimo planejamento corinthiano que depende, pelo menos há um ano e meio, de um craque com condições físicas instáveis.

Por isso, esse jogo de ontem vai além dos 90 minutos mais acréscimos que ficaram dentro do gramado da Neo Química Arena. Nesta terça-feira, ficou escancarada ainda mais a falta de planejamento e de conhecimento da diretoria corinthiana que, sem Vitor Pereira, preferiu efetivar Fernando Lázaro a buscar o atual campeão da Libertadores da América e da Copa do Brasil, Dorival Jr., para o comando da equipe nesta temporada.

É importante lembrar que Dorival ficou quase quatro meses completos desempregado enquanto o Timão era mau treinado por Lázaro e que chegou a perder uma intertemporada pós-eliminação pelo Paulista com o interino efetivado enquanto podia ter buscado um nome de maior peso e qualidade para comandar o Timão.

Já Dorival, que de pronto aceitou a proposta do rival, chegou em um time desacreditado, que certamente brigaria para não cair com o ex-goleiro no comando técnico, mas que está agora na parte de cima da tabela do Brasileirão, na semifinal da Copa do Brasil e nas oitavas da Sulamericana. Sim, o Corinthians também está tanto na semi da copa nacional quanto nas oitavas da internacional, mas foi eliminado com uma rodada de antecedência na Libertadores e chegou às semis passando por um time da Série D, um da Série A em fase ruim com time misto no jogo da volta, e outro que era o lanterna do Brasileirão.

Detalhe: sempre com sufoco.

Isso tudo sem falar no Brasileirão, pelo qual aparentemente sofreremos até o fim.

Enfim, ontem o jogo foi bem além dos 90 minutos. Ficou ainda mais clara a diferença entre comando técnico, entre um treinador que conquistou dois títulos gigantes na última temporada contra um que vive de história. O resultado, é inegável, saiu muito melhor que o desempenho.

Estamos vivos na temporada pela Fiel. Porque se fosse pela diretoria, tudo seria ainda pior.

Veja mais em: Corinthians x São Paulo.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Avalie esta coluna
Coluna do Jorge Freitas

Por Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

O que você achou do post do Jorge Freitas?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Elizandro

    Ranking: 672º

    Elizandro 2592 comentários

    @elizandroestevam em

    Morro abraçado com o resultado. Ano passado na semi do Paulista, fomos superiores e perdemos.

    Do que adianta, ter volume e não resultado?

    'Resultado enganoso', esse resultado enganoso funciona da seguinte forma, 0x0, lá, da nós, 1x1, nós, 5x5, nós.

    Rival levantando taça jogando feio OK. Mas quando se trata do Corinthians a visão é outra. Me ajuda aí.

  • Foto do perfil de Kaddu Xavier

    Kaddu 70 comentários

    @kaddu.xavier em

    Concordo plenamente. Time distante, sem compactação, sem aproximação, sem troca de passes.

    Vivemos de lampejos. Seja do RG, do RA, do Adson...

    Coletivamente, infelizmente, não temos nada.

  • Publicidade

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Fagner

    Ranking: 4657º

    Fagner 461 comentários

    133º. @fagner.felipe.dos.sa em

    Nem terminei de ler não vale a pena...análise crítica beleza mas você está colocando o Corinthians abaixo dos trikas aí já tá tirando meu jovem

  • Foto do perfil de Arthur

    Ranking: 625º

    Arthur 2749 comentários

    132º. @arthur.cesar3 em

    O Corinthians achou dois gols, mas se portou bem na defesa

  • Foto do perfil de Thiaguinho

    Ranking: 2750º

    Thiaguinho 809 comentários

    131º. @thiaguinho.souza3 em

    O cara viaja demais. Eu lá estou ligando se jogou mal ou não? Eu estou ligando que venceu. O que vale é o resultado, isso que importa. Se o catado dentro de campo consegue vencer o SP que tirou a porcada jogando igual jogou com a gente então pra mim tá ótimo.

  • Foto do perfil de fernando

    Ranking: 4444º

    Fernando 488 comentários

    130º. @fernando12 em

    Barleta é mais um caso obscuro de Duilio Pateta e sua gang.
    P comprar precisamos do Garcia/ elenko, mas inexplicavelmente por não jogar demos em definitivo uma promessa que lá vai jogar.
    Mais um caso de polícia...

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 4995º

    Daniel 427 comentários

    129º. @daniel.ferraz.junior em

    Dorival pegou um time estruturado taticamente...Luxemburgo pegou um elenco bagunçado, envelhecido e péssimo fisicamente...ele mesmo disse que precisava de 10 jogos...de todos os times, hoje, somos o único time em evolução com expectativa de crescimento...lançou garotos de verdade, Moscardo, Murilo, Caetano, Biro, M.Araujo (realidades)...que jogam com confiança, adquirida somente com Luxemburgo...agora se o comunista tiver um treinador que faça mais que isso e esteja disposto, por favor, traga ele...sem mencionar as turbulências, violências e críticas que Luxemburgo e elenco enfrentaram.