As vezes em que o Corinthians foi campeão de virada

Pergunte ao almanaque

Celso Dario Unzelte, jornalista e pesquisador, é comentarista das televisões por assinatura ESPN/ESPN Brasil, do programa Cartão Verde (TV Cultura) e professor de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero

ver detalhes

As vezes em que o Corinthians foi campeão de virada

1.9 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

As vezes em que o Corinthians foi campeão de virada

Jadson comemora com Fagner o seu gol na virada por 3 a 1 sobre o Fluminense, que valeu o hepta brasileiro em 2017

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O F.R. SCCP quer saber quantas vezes o Corinthians foi campeão ganhando um jogo de virada, como nos 3 a 1 sobre o Fluminense que garantiram o hepta brasileiro, em 2017.

Faça como ele! Nós, aqui, vamos continuar esclarecendo as dúvidas dos internautas do site Meu Timão sobre história, estatísticas ou qualquer outro tipo de curiosidade ligada ao Corinthians, como essa. A base para as respostas será sempre o Almanaque do Timão, trabalho que desenvolvo há mais de 20 anos sobre todos os jogos, jogadores e técnicos do nosso time desde 1910. Ele virou livro em 2000, foi reeditado em 2005 e agora existe na forma do APLICATIVO ALMANAQUE DO TIMÃO, para smartphones e tablets, que pode ser baixado (de graça!!!) via Apple Store ou Google Play. Nos dias (e noites) de jogos, esse aplicativo oficial do Corinthians continua sendo atualizado on line.

O APLICATIVO ALMANAQUE DO TIMÃO também traz o GAME DO TIMÃO, uma plataforma de questões de múltipla escolha em que acertos e velocidade de resposta somarão pontos para um ranking geral de usuários cadastrados. Os mais bem ranqueados receberão prêmios periódicos (semanais, mensais, semestrais e anual), como réplicas de camisas antigas, camisas oficiais, camisetas, relógios, bijuterias, bonés e livros, além de visitas acompanhadas ao Memorial do Clube, no Parque São Jorge, e até ingressos de cortesia para jogos na Arena Corinthians.

CELSO UNZELTE

Celso, assim como o hepta, quais outros títulos o Corinthians conquistou de virada?

F.R. SCCP

@ninjasccp

A primeira vez que o Corinthians garantiu um título oficial vencendo o jogo decisivo de virada foi no Paulista de 1928, em 25 de novembro daquele ano. Jogando no Parque São Jorge, o Timão saiu perdendo para a Portuguesa por 1 a 0, gol de Amleto. Mas ainda no primeiro tempo De Maria e Gambinha viraram o jogo para 2 a 1. No segundo, Salles voltou a empatar para a Lusa e Neco marcou o gol da vitória por 3 a 2, autorizado pelo árbitro Enéas Sgarzi a empurrar a bola para dentro do gol vazio, depois que o adversário abandonou o campo.

Dois anos depois, em 1930, o segundo tricampeonato corinthiano na história do Paulistão também veio de virada. Dessa vez em cima do Santos, goleado por 5 a 2 em plena Vila Belmiro, já no dia 4 de janeiro do ano seguinte, 1931. Feitiço fez Santos 1 a 0 logo a dois minutos de jogo, Gambinha empatou e Filó virou para 2 a 1 ainda no primeiro tempo. No segundo, De Maria, Gambinha e Napoli ampliaram e Victor descontou para os santistas.

O título paulista de 1941 veio do mesmo jeito: de virada, em cima do Santos e na Vila Belmiro, na antepenúltima rodada, dessa vez por 3 a 2, em 28 de setembro daquele ano. O primeiro tempo terminou com o Santos vencendo por 1 a 0, gol de Carabina. No segundo, Brandão, Servílio e Teleco viraram o resultado e Gradim, de pênalti, descontou para o adversário.

Entre os vários torneios nacionais e internacionais, no dia 10 de julho de 1955, o Corinthians foi campeão do Troféu Charles Miller derrotando o Benfica, de Portugal, também de virada, no Pacaembu. Todos os gols foram marcados no primeiro tempo: Àguas, para os portugueses, aos 30, e Cláudio, duas vezes, de pênalti e de falta, aos 38 e aos 41 minutos.

Mesmo no período em que ficou mais de 22 anos sem ganhar um título oficial, entre 1955 e 1976, o Corinthians continuou conquistando mais alguns troféus de virada. Como a IV Copa Costa del Sol, em Málaga, na Espanha, derrotando o poderoso Barcelona por 2 a 1, no dia 17 de agosto de 1969. Zaldua fez Barcelona 1 a 0 aos 12 e Adnan empatou aos 20 do primeiro tempo. Aos 7 minutos do segundo tempo de uma segunda prorrogação de meia hora cada, Benê finalmente marcou o gol da vitória corintiana por 2 a 1. O Torneio Laudo Natel (uma espécie de aquecimento para o Campeonato Paulista) também foi conquistado de virada, com um inesquecível 2 a 1 em cima do Palmeiras, no Morumbi, gols de Mílton para eles e Rivellino e Lance, de cabeça, para nós, já aos 39 minutos do segundo tempo. Era um sábado de Carnaval, 3 de março de 1973.

Também veio de virada o título paulista de 1995, 21º da história do clube, superando os 20 do Palmeiras em uma decisão contra o próprio rival, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, no dia 6 de agosto daquele ano. Nílson, já aos 11 do segundo, fez Palmeiras 1 a 0. Marcelinho, de falta, empatou quatro minutos depois. Na prorrogação bastava o empate, mas Elivélton fez o gol da virada corinthiana por 2 a 1.

Finalmente, o Corinthians sagrou-se campeão brasileiro pela sétima vez garantindo o título na 35ª rodada, ao derrotar o Fluminense por 3 a 1, na Arena, na noite de 15 de novembro de 2017. O zagueiro Henrique, de cabeça, havia marcado 1 a 0 para o Flu logo a dois minutos de jogo, resultado que permaneceu até o final do primeiro tempo. No segundo, Jô, a um e aos 4, e Jadson, já aos 40 minutos, viraram o jogo para 3 a 1 e deram início à festa do hepta.

Veja mais em: História do Corinthians.

Game do Timão

Coluna do Celso Dario Unzelte

Por Celso Dario Unzelte

Celso Dario Unzelte, jornalista e pesquisador, é comentarista das televisões por assinatura ESPN/ESPN Brasil, do programa Cartão Verde (TV Cultura) e professor de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero

O que você achou do post do Celso Unzelte?