Você nunca confiou em mim, né?

Rafaela De Oliveira

Acadêmica em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e de olho na base do Corinthians.

ver detalhes

Você nunca confiou em mim, né?

78 mil visualizações 123 comentários Comunicar erro

Você nunca confiou em mim, né?

Alvo de críticas, Romero vive sua melhor temporada no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians

Em junho de 2014, Ángel Rodrigo Romero Villamayor assinou contrato de cinco temporadas junto ao Corinthians. Na época, aos 21 anos, fez a seguinte declaração à ESPN: ‘’Vou dar a minha vida por essa camiseta e, se confiarem em mim, vou tentar agradecer em cada partida. Vou me entregar, não vou deixar bolas perdidas, estou no maior time do Brasil e por isso vou me doar em campo para colocar o Corinthians no topo, como campeão, que é o lugar dele''.

Vindo do Cerro Porteño- PAR, Romero fez sua estreia oficial pela equipe paulista um mês após sua chegada, justamente no primeiro triunfo do Corinthians na Arena, quando este bateu o Internacional por 2 a 1 - antes, havia participado da goleada por 4 a 1 em amistoso diante do Uberaba. Marcou o seu primeiro gol contra o Bahia, na vitória por 3 a 0 em confronto válido pela Copa do Brasil daquele ano.

Três temporadas se passaram desde que o atacante concedeu a entrevista dizendo que daria a vida pela camisa corinthiana. Tudo bem que a parte de ‘’não deixar bolas perdidas’’ às vezes não funcionou. Mas, apesar da chuva de críticas e brincadeiras - muitas delas de mau gosto -, não podemos negar que o paraguaio se doa em campo como poucos. Não à toa, os números mostram sua evolução.

Vejamos abaixo:

Evolução do Romero no Corinthians

A título de comparação, Ángel Romero está a cinco gols de se igualar a Jorge Henrique, atacante a que é comparado pelo estilo guerreiro e pela característica defensiva. Com 216 jogos, 86 a mais que o paraguaiano, o ex-jogador marcou 29 gols durante os quatro anos em que integrou o time alvinegro. Jorge Henrique precisava de 7.4 jogos para marcar gol; Romero, 5.4 jogos.

Além de ser ‘’El Artillero’’ da Arena, com 19 tentos marcados, o atacante ocupa outro posto significativo. Segundo dados do Footstats, Romero é hoje o terceiro atleta que mais soma desarmes certos na equipe. Com nove roubadas de bola, fica atrás somente dos defensores Gabriel, com 12, e Fagner, com 14. Antes do clássico contra o Santos, o jogador ocupava a segunda colocação, com os mesmos nove desarmes, já que Gabriel, agora vice, somava oito.

Declaração de Romero

Após ótima atuação na vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Atlético-GO, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o camisa 11 saiu de campo muito aplaudido. No último sábado, no clássico contra o Santos, marcou um dos gols que garantiu os três pontos ao Timão. Isso mostra que seu pedido, na foto acima, funciona. Diante dos números que vimos, não nos resta outra opção a não ser apoiar ao invés de criticar, vibrar ao invés de vaiar, enaltecer ao invés de zombar. Já tem gente demais preocupada em fazer isso, e esse não é e nunca foi o nosso papel.

Vai, Corinthians!

Veja mais em: Romero.

Coluna da Rafaela De Oliveira

Por Rafaela De Oliveira

Acadêmica em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e de olho na base do Corinthians.

O que você achou do post da Rafaela De Oliveira?