Não contem comigo para crucificar Loss

Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria, Bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito aos irmãos

ver detalhes

Não contem comigo para crucificar Loss

4.3 mil visualizações 176 comentários Comunicar erro

Não contem comigo para crucificar Loss

O da esquerda já era. É hora de apoiar do da direita.

Foto: Danilo Augusto Jr. Agência Corinthians.

Ei, você que já está pedindo a cabeça do Loss: você não tem memória?

2016 é logo ali. Cristóvão Borges, Oswaldinho..

Ou o 2010 de Adilson Baptista.

O segredo do nosso sucesso é mexer pouco e manter muito.

Não vou crucificar Loss.

Contra o Millonários jogamos bem.

Os caras deram um chute no nosso gol.

Contra o Inter, jogamos desfalcados dos pilares do meio de campo, Gabriel e Rodriguinho. Sem falar nos nossos comvocados.

Isso não quer dizer que nosso treinador não tenha errado.

Minhas críticas serão sempre construtivas, como as que seguem.

Acho que demorou muito para mexer na equipe.

Marquinhos Gabriel, por mim, não entraria nunca, mas, já que entrou, deveria entrar mais cedo. Não aos 42 do segundo tempo.

E Pedrinho?

Entrou faltando 10 minutos para o jogo acabar. Fica difícil.

Discordo, aliás, da tese Lossiana de que é melhor o garoto entrar no segundo tempo.

Pedrinho jogou bem a maioria dos jogos em que entrou desde o início.

A postura do time não foi diferente de inúmeras partidas disputadas com o ex- treinador.

Fez 1 a 0 e deu a bola para o adversário.

Mas Roger não conseguia reter a bola no ataque e a defesa sofreu.

Suportou bem, mas Mantuan foi o mapa da mina.

Não condeno o menino, mas devemos ser claros.

Falhou nos dois gols.

Teve tarde digna de Karius.

Isso, em boa parte, por não ser lateral.

Como meio campista, Mantuan não teve cacoete de lateral para evitar o cruzamento de Lucca, no primeiro gol.

E a tentativa de matar a bola no segundo gol, seria substituída por um chutão por um lateral de ofício (noves fora a falta de comunicação e o mau posicionamento de Valter, fora do gol).

Loss cometeu alguns erros, mas não tem culpa direta pela derrota.

Já provou que conhece futebol.

Merece ser apoiado. É a melhor opção para mantermos nosso DNA.

Mano não sai do Cruzeiro e Tite está na Rússia (em agosto, quem sabe...).

Não contem comigo para o caos.

Veja mais em: Osmar Loss.

Coluna do Roberto Gomes Zanin

Por Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria de imprensa, bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito.

O que você achou do post do Roberto Zanin?