Cadê teu sorriso que nos fazia sorrir, Danilo?

Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria, Bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito aos irmãos

ver detalhes

Cadê teu sorriso que nos fazia sorrir, Danilo?

4.4 mil visualizações 69 comentários Comunicar erro

Cadê teu sorriso que nos fazia sorrir, Danilo?

Danilo atraia taças como imã

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O sorriso sempre foi tua senha.

Danilo derrubado na área. O juiz não deu? Tu sorrias.

Nas raras vezes em que perdidas um gol, tu também sorrias.

E, claro, quando com teu chute potente ou com a sutileza de teu gesto, confeccionavas teus gols, o sorriso aparecia. A feição universal que transmite alegria sempre foi teu código secreto.

E eu sei o motivo.

Teu sorriso permanente era vitrine de uma alma serena.

Sinal permanente de quem sabia que, ao final, tudo daria certo.

O talento sempre vence e quem o recebeu das mãos divinas,agradece e sorri.

E tu, que tanto sorriste, Danilo, também me fez sorrir. A mim e a 30 milhões de fieis.

Sorrisos de gozo, reação incontrolável mediante tantos gols teus, sempre importantes.

Tu sempre compareceste nas grandes horas, quando o tempo ficava em pêndulo e o instante parava.

Como na Libertadores invicta.

Quando tu, gélido como se estivesse ausente, decidiste o jogo para o lado bom da força, contra o Santos.

Ou quando desferiste um calcanhar improvável para desmontar a defesa argentina em efeito dominó.

Ou quando, icebergamente, no topo do mundo, iludiste quatrocentas pernas inglesas, menos uma.

Mas o sorriso não engana. A bola encontraria Guerrero e depois, a rede. O planeta seria teu. O globo seria nosso.

O teu sorriso sempre venceu.

Agora, quando o tempo, inexorável, tira o sorriso que ostentavas um palmo acima de nosso manto, te agradeço: Obrigado, Danilo.

Tu sempre sorriste.

Tu sempre nos fizeste sorrir.

Mas hoje, só hoje, choro.

Porque sei que não verei mais teu sorriso pairar sobre a Fiel.

Veja mais em: Danilo e Ídolos do Corinthians.

Coluna do Roberto Gomes Zanin

Por Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria de imprensa, bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito.

O que você achou do post do Roberto Zanin?