Xô, zica!

Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

ver detalhes

Xô, zica!

Coluna do Walter Falceta

Opinião de Walter Falceta

4.0 mil visualizações 46 comentários Comunicar erro

Xô, zica!

Balbuena: futebol de primeira e raça corinthianista

Foto: Agência Corinthians

1) "Andá com fé eu vô, que a fé não costuma faiá", é verso de "Andar com fé", do simpatizante corinthianista Gilberto Gil, o mesmo autor de "Corintiá". A canção costumava ser cantada pelo nosso eterno lateral esquerdo Wladimir, nos vestiários, antes de jogos decisivos.

2) Porque o Corinthians dos operários, carroceiros e lavadeiras do Bom Retiro surgiu justamente da fé, e dela se nutriu nestes tantos anos de aventuras e proezas.

3) Não há maldição gaúcha, paulista, mineira, carioca ou gringa que possa vencer esta fé. Porque o Corinthians surgiu humilde e somente se tornou um gigante porque seus atletas e torcedores sempre acreditaram em um destino de glórias.

4) Então: "xô, zica"! É nóis, mano, aqui é Coringão!

5) No Maracanã, nossa brava e aguerrida torcida ofereceu energia e apoio para o time que bateu o Fluminense. Porque o pó-de-arroz carioca não pode esquecer 1976.

6) Balbuena não é Gamarra, mas é um paraguaio gigante. Subiu quilômetros, até a estratosfera, e parou no ar como helicóptero para testar a bola alçada de escanteio e anotar o tento mosqueteiro.

7) Na zaga, foi um guerreiro, atento, oferecendo suporte e aconselhamento para que Pedro Henrique executasse a contento seu trabalho.

8) Cassio? Um monstro. Quando necessário, cumpriu brilhantemente sua missão, fechando a meta alvinegra.

9) Giovanni Augusto, se não brilhou, não comprometeu. Exerce a função de armação e de primeiro combate com mais proveito e seriedade que Marquinhos Gabriel.

10) Jô parece exausto da maratona de jogos, mas serve como pivô e valiosa referência de área. Romero cansou, machucou-se, mas batalhou com alma raçuda corinthianista.

11) Agora, são 40 pontos, 30 jogos de invencibilidade e engrenagem refeita, mesmo sem Jadson e Pablo. Melhor é ver os semblantes dos midiotas anticorinthianistas na TV. Arranjem outra maldição, porque essa "faiô".

Veja mais em: Balbuena, , Cássio e Campeonato Brasileiro.

Coluna do Walter Falceta

Por Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

O que você achou do post do Walter Falceta?