Corinthians x Cruzeiro

Pela Copa do Brasil, o Corinthians enfrenta agora o Cruzeiro

Acompanhe ao vivo

As Gracinhas dos Garcia

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Julio C. #7.385 @julio.c.junior em 12/12/2014 às 09:55

Eu estava lendo sobre todo o embrolho da negociação envolvendo o goleiro até então da chapecoense, e sua possível vinda, em minha opinião desnecessária, para o Timão. Eis que lendo esta matéria do Lancenet! : http://www.lancenet.com.br/corinthians/Polemica-Corinthians-empresario-reserva-Walter_0_1264673716.html

As coisas meio que começaram a fazer sentido, pelos menos algumas delas, enquanto outra se tornaram mais nebulosas.

Para começar, vamos identificar o por que trazer um novo goleiro, e a resposta fica simples quando se descobre que ambos os jogados envolvidos no negócio (Danilo e Walter) tem vínculos econômicos com o conselheiro do Corinthians e empresário Fernando Garcia (sem esquecer de falar que é irmão de um dos candidatos à presidência do Clube). Numa negociação desnecessária como essa o único que lucraria é o detentor dos direitos dos atletas, que se fantasiando de amigo do clube nada mais faz do que usa-lo como vitrine para seus 'produtos'.

Segundo a reportagem a intenção do empresário/investidor é de negociar Walter para que este atue como titular em outro clube e ganhe também maior exposição e dar a Danilo a exposição inerente àqueles que vestem a camisa corintiana, e num futuro obter lucro com ambos enquanto o Corinthians fica a ver navios.

Esclarecido o motivo da tentativa de trazer um novo goleiro (de 29 anos diga-se de passagem) para um elenco que conta com pelo menos dois grande goleiros, me veio uma dúvida ainda pior, como pode o Fernando Garcia permanecer como conselheiro do Timão?

Eu nunca tive acesso ao Estatuto do Sport Club Corinthians Paulista, bem verdade que também nunca tive a curiosidade anterior de procura-lo, mas, segundo se notícia, Não é permitido que conselheiros detenham direitos econômicos de jogadores, contudo tal proibição é sumariamente ignorada por Garcia e com a conivência da atual administração em grande parte das vezes, inclusive com o apoio do candidato da situação do próximo pleito eleitoral.

E se é proibido e ele faz, porque não é punido? Por que ainda é conselheiro do Timão? O Corinthians é refém do dinheiro de Fernando Garcia? Isso é saudável e vantajoso para o Corinthians?

Por fim a última dúvida que me resta é, O Corinthians tem um dono?

1.550 visualizações e 35 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Leomar Beck #1.305 @.galego em 12/12/2014 às 10:06

Prestem bem atenção do porque o Corinthians se afunda cada X mais, a família Garcia, operando dentro do Timão, deveriam serem banidos de uma X por todas, já pensaram se conseguem eleger o Paulo Garcia, como presidente? Sem dúvidas seria o fim!

Polêmica de goleiro no Timão envolve empresário amigo e reserva WalterDanilo, ex-Chapecoense, foi contratado por candidato a presidente e vetado por atual diretor. Fernando Garcia negociou 'reposição' antes mesmo de avisar seu outro goleiro
  • Compartilhe:
  • Link:

Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 12/12/2014 - 06:30 São Paulo (SP)

Walter - Corinthians (Foto: Ale Cabral/ LANCE!Press)
Walter agrada no Corinthians e não deve sair em 2015 (Foto: Ale Cabral/ LANCE!Press)

A contratação do goleiro Danilo, destaque da Chapecoense no Brasileirão, foi acertada por Roberto de Andrade, candidato da situação nas eleições do Corinthians, que ocorrerão em 7 de fevereiro de 2015. No dia seguinte, foi cancelada pelo atual diretor de futebol, Ronaldo Ximenes, que ouviu da comissão técnica não haver necessidade de outro jogador da posição.

Mas como o nome de Danilo foi parar no Timão? A explicação é o empresário Fernando Garcia, dono de parte dos direitos econômicos do jogador e também um de seus representantes. Garcia é conselheiro alvinegro, irmão do candidato da oposição, Paulo Garcia, mas com histórico de negociações recentes com o clube - casos Cleber, Uendel e Petros. Em conversas com Roberto de Andrade e Andrés Sanchez, com quem tem ótimo relacionamento, ele propôs levar o goleiro ao Corinthians e a ideia foi aprovada. Ficou tudo apalavrado.

E MAIS
> Candidato dá ordens como presidente e lateral-direito Maicon é procurado
> Corinthians espera Tite assinar contrato e técnico aguarda clube anunciar

Então, outra questão surgiu: por que oferecer um goleiro ao Corinthians com Cássio e Walter no elenco? Um é ídolo da torcida e titular absoluto e o outro, reserva imediato, agrada a ponto de ser considerado apto a desbancar o atual dono da meta. Pois Walter, cujo contrato vai até agosto de 2017, também tem seus direitos ligados a Fernando Garcia. Nos últimos meses, a Ponte Preta procurou o empresário para contratar o goleiro. Como tem a intenção de vê-lo jogando, ele disse que tentaria sua transferência. Além disso, Garcia afirmou ter outras sondagens do Brasil e de fora e ventilou a chance da saída de seu cliente.

O problema ainda maior é que Walter nunca esteve a par da situação. Consultado uma única vez, sobre o interesse da Ponte, afirmou que preferia seguir no Timão. Nenhuma outra oferta foi apresentada até o momento e seu empresário, Julio Fressato, garante que seu futuro está no Parque São Jorge.

Nos bastidores, Garcia vinha dizendo a Roberto e Andrés que traria um novo goleiro se o primeiro reserva fosse transferido 'por culpa sua'. E quis deixar tudo acertado. Mas, de acordo com a vontade do preparador de goleiros, Mauri Lima, e de Tite, que está por detalhes para voltar ao comando do clube, não há motivos para mudar o cenário atual. Pelo menos não mexer com Cássio ou Walter.

O reserva Danilo Fernandes, revelado nas categorias de base do clube e promovido em 2008, terá o contrato encerrado no fim deste ano e não seguirá em 2015. Seu provável destino é o Sport. Matheus Vidotto e mais um jovem - que é garimpado em outros clubes, já que ninguém das categorias de base agrada - devem ser o terceiro e quarto goleiros na próxima temporada.

Notícias com: Corinthians

Renan Costa #660 @renan.costa6 em 12/12/2014 às 10:53

O Pior é que não é só a família Garcia, tem uma penca de conselheiros que agem em benefício próprio.

Últimas respostas

Luis Guedes #58 @lisca em 13/12/2014 às 10:18

Lamentável!

Precisamos de gente honesta... Que saudades do Vicente Mateus...

Publicidade

Lucas Batista #175 @.maisquelouco em 13/12/2014 às 09:08

Eles são um câncer, pra eles o Corinthians é um negócio igual aquela empresa deles! Lixos!

João Moro #3.380 @joaomr em 12/12/2014 às 18:56

Família Garcia usando o Timão pra fazer dinheiro, e quem sai prejudicado no final é o Corinthians! O CORINTHIANS É muito GRANDE PRA SE 'APEQUENAR' DESA MANEIRA!

ALGUMA COISA PRECISA SER FEITA, E RÁPIDO!

Carlos Alberto Ferreira #718 @karlos6473 em 12/12/2014 às 17:06

Esses vigaristas estão querendo se apropriar do Corinthians! Até o NR a Kalunga estava querendo comprar!

Ligia Goes #4 @corinthianagoes em 12/12/2014 às 16:55

Querido Julio! É lamentável e vergonhoso, toda essa situação. No estatuto, é proibido. Mas pode existir um regimento interno. Que pode dar essa liberdade. Que nesse caso, também pode ser proibido. Essas perguntas no final do seu tópico. São serias demais. Quem poderá nos responder? O presidente do conselho, diz não ter conhecimento, dessa situação. Sabe aquilo! Não sei, não vi, não entendi, nunca vi. Pois é...Beijos mil!

Danilo Seita #473 @danilo.seita em 12/12/2014 às 16:17

É ridículo isso com certeza... Então no estatuto ouvi dizer que é proibido conselheiro ser proprietário, porém como CNPJ acho que é permitido, muita varzea

Léo Richardo #845 @leonardosoares em 12/12/2014 às 14:55

Resumindo, A ideia dos 'Garcias' é sempre colocar jogadores ao qual os Direitos pertence a os mesmo, Sempre usando o Corinthians de vitrine!

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 12/12/2014 às 14:50

Esse Garcia e o mesma da Kalunga Samu.

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 12/12/2014 às 14:49

Amigo é simples Brasil=País do jeitinho, Fato.

João . #308 @joaovitalfn em 12/12/2014 às 14:03

Sabe de uma coisa? #[email protected]%. Vende Malcom, Matheus Fulaninho, Walter, Arana... Todo mundo que for dos Garcia. Não podem continuar no clube, sendo ou não bons. Além disso o Corinthians não deveria aceitar jogador que não seja pelo menos 51% do clube. Tem que ser o clube a dar as cartas e não os empresários. To cansando dessa ladainha já.