O que é o Corinthians?

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Rinaldo #1.454 @rinaldo em 23/04/2015 às 13:26

Fala nação. Faz tempo que eu quero escrever esse tópico e venho postergando, mas hoje estou no clima certo pra isso, então lá vai.

Sou da geração de 80. Vi o Corinthians campeão brasileiro pela primeira vez. Vi o fortíssimo time da parmalat nos fazer sofrer (e como eu odiava aquele time) e também vi as moças do tele levando a Libertadores, que até aquele momento não era tão importante assim, mas quando o São Paulo ganhou, virou status. A Libertadores passou a ter outro significado pra mídia.

Na escola era aquela zoação, corinthiano era sofredor. Se você chegasse à qualquer lugar com uma camisa do Timão as pessoas debochavam, olhavam torto, tiravam sarro que você era bandido e daí pra pior. Sei do que falo pois tenho isso na memória. Então, ainda quando criança, me perguntava, porque odeiam tanto o Corinthians? Afinal, se é um clube que não ganha nada, só paulista... Que n tem estádio, não tem Libertadores.. O que causa tanta antipatia dos demais? Afinal, quem aqui tem raiva da portuguesa?

Depois de perceber as reações dos adversários (hoje os antis) e de toda a mídia percebi uma coisa..

O Corinthians é odiado porque o Corinthians era o pobre. O Corinthians representa aquele moleque da favela que anda de chinelo com a tira grampeada, uma bermuda surrada e com os joelhos e cotovelos sujos e ralados. Não sou eu o preconceituoso com essa definição, entendam. O Corinthians, em seu primórdio, representava a classe trabalhadora, a classe pobre e menos favorecida. Era aquele moleque que descrevi ali em cima, que todos olham torto na rua, atravessam e cuidam das carteiras para não serem roubados.

Mas que ousadia é essa do proletariado montar um time de futebol? Futebol é coisa de rico, só a alta classe pode praticar esse esporte inglês tão nobre. Pois o Corinthians fez, fez e conseguiu mostrar para todos que pobre também pode jogar futebol. E o Corinthians foi além, mostrou que pobre e NEGRO PODE JOGAR FUTEBOL.

O que os jornais da época poderiam contra essa crescente? Nada... Desmerecer o time do povo de uma maneira descarada seria um tiro no pé. Então façamos o seguinte. Vamos 'abraçar' o time do povo. Vamos enaltecer a história do clube que surgiu das mãos operárias e caiu nas graças populares. Mas vamos fazer questão de diminuir suas conquistas. Vamos deturpar as notícias para mostrar que, são bons enfim, porém os clubes da elite paulistana são os melhores. Ali está o que há de mais justo, são ricos, afinal, não podem ter defeitos. São eles, inclusive, que bancam os jornais e têm ali suas forças políticas atuando junto.

Desde os primórdios a classe baixa é marginalizada. Desde sempre, não só em nossa sociedade, a burguesia e a 'high society' são exaltadas pelos jornais, como símbolos de honestidade, boas maneiras, decência e tudo o mais. E o pobre? Ahhh o pobre é mal educado, se veste mal, não sabe se comportar e além de tudo eles podem roubar quem tem bens, bens esses que os burgueses trabalharam tanto para conseguir (será? ).

E o que é o futebol senão o reflexo da sociedade?

Então o Corinthians carrega consigo essa estigma. Desde sempre, em nossa história, representamos a mudança, a luta por direitos iguais a todos, pela inclusão e pelo fim da discriminação. Os poderosos aplaudem porque é bonito mostrar que se importam, mas isso é perigoso, pois o poder só é bom em poucas mãos. Não podem dividir.

Com isso, todos esses jornalistas de hoje, essa mídia, foram criados e educados à manter essa estigma, não só com o Corinthians, mas com o povo em geral. E como disse antes, o Corinthians representa isso. O POVO. O Corinthians é o símbolo da esperança de uma classe desfavorecida e esquecida, e quanto mais o Corinthians cresce, mais fica provado que o povo tem sim o poder.

Hoje em dia é óbvio que essa diferença social não existe mais em nenhuma torcida, porém dirigentes de alguns clubes insistem em se sentir uma parte nobre da sociedade enquanto o resto é ralé.

A mídia por sua vez é feita de figuras da mesma sociedade preconceituosa e que defende apenas seus interesses financeiros, portanto, pelo que representa, o Corinthians será sempre motivo de matéria no jornal.

Portanto, já faz um tempo que não cobro da diretoria uma atitude em relação às matérias tendenciosas quando nosso time é favorecido. Também aprendi a não me importar com a absoluta falta de matéria quando o oposto ocorre.

Sei que, sempre, o Corinthians servirá de uma fonte de renda enorme para essas mídias e esses jornalistas, porém os mesmos vão continuar protegendo e enaltecendo uma 'classe alta' falida. Pois se nós vivemos de Corinthians, eles vivem de mediocridade e mentiras.

Isso, é claro, é a minha opinião, que eu formei nos 30 anos de Corinthians!

Um abraço à todos.

516 visualizações e 15 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Rinaldo Montanari #1.454 @rinaldo em 27/04/2015 às 09:28

Genial. Exatamente isso, somos o único clube que em 23 anos sem título fez sua torcida crescer.
Hoje em dia a maioria da torcida é muito mal acostumada. Não perceberam que a CBF fez o que pode pra manter a bicharada na Libertadores, porque se fossem desclassificados seria o começo de uma crise enorme e eles sempre tratam de preservar os clubes 'tradicionais' assim como o florminense.

O paulista foi armado desde o início pra facilitar a porcada, não estou falando isso porque fomos desclassificados, mas, há uma série de fatores que aconteceram neste campeonato que favoreceram sim a campanha deles. Mas, isso não vai pros livros de história.

Cabe a nós reconhecer o excelente trabalho que nosso time tem feito. Futebol não é título e, de uma vez por todas, precisamos aprender que 'NÃO VIVEMOS DE TÍTULOS, VIVEMOS DE CORINTHIANS'

RONALDO #1941 @romaria em 24/04/2015 às 22:40

" "

Nasci em 63 e com dez anos aprendi a ser corintiano, com um tio que entrou na família. E só fui ver o nosso time ser campeão em 77. E nestes 23 anos em que o Corinthians ficou sem títulos, vi um aumento de nossa torcida sem precedentes! Hoje já com meus 52, percebo como as coisas mudaram.Somos imediatistas, se o jogador chegou ontem, tem que jogar como o Pelé hoje senão já não presta! O time neste ano só perdeu uma vez, e o mesmo time que era aclamado ontem, já não é tão bom por que um jogador perdeu um pênalti e não fomos para a final desta porcaria que foi feita desde o começo para os porcos ganharem! O resultado de quarta então nem se fala, programado para os bambis e seria de qualquer jeito, com sheick expulso ou não! Então galera, li o texto e concordo que sempre existiu má vontade com relação ao Corinthians, mas como diz o velho ditado ' FALE BEM OU FALE MAL, MAS FALE DE MIM ' E o Timão se enquadra neste provérbio!

Publicidade

Ronaldo Cataneo #1.941 @romaria em 24/04/2015 às 22:40

Nasci em 63 e com dez anos aprendi a ser corintiano, com um tio que entrou na família. E só fui ver o nosso time ser campeão em 77. E nestes 23 anos em que o Corinthians ficou sem títulos, vi um aumento de nossa torcida sem precedentes! Hoje já com meus 52, percebo como as coisas mudaram.Somos imediatistas, se o jogador chegou ontem, tem que jogar como o Pelé hoje senão já não presta! O time neste ano só perdeu uma vez, e o mesmo time que era aclamado ontem, já não é tão bom por que um jogador perdeu um pênalti e não fomos para a final desta porcaria que foi feita desde o começo para os porcos ganharem! O resultado de quarta então nem se fala, programado para os bambis e seria de qualquer jeito, com sheick expulso ou não! Então galera, li o texto e concordo que sempre existiu má vontade com relação ao Corinthians, mas como diz o velho ditado ' FALE BEM OU FALE MAL, MAS FALE DE MIM ' E o Timão se enquadra neste provérbio!

Michael Ollyvercell #1.502 @michael.knight em 24/04/2015 às 22:10

No filme Gladiador, o general Maximus se torna um escravo e rebelde e ele sozinho começa uma guerrra contra Roma, conforme vai vencendo os adversários no coliseu, seu nome vai se propagando pelo povo, os colarinho branco a plebe queriam ver Maximus morto, mas como matar um cara que virou simbolo da luta contra os opressores? Surgiu a ideia de matar o NOME dele, para depois matá-lo.Mas não conseguiram e então resolveram para o td ou nada e até mesmo o regente de Roma, filho do Imperador na qual ele mesmo matou seu pai, foi se pra dentro da arena matar aquele a quem o ódio, raiva inveja o atormentava, mas mesmo debilitado, Maximus não perdeu sua última luta e matou aquele que se achava poderoso mas no fim sabemos quem era que realmente teve o poder nas mãos.

Assim meus caros, pode se dizer que vemos através deste filme a história do Nosso Corinthians tds se ajuntam para nos derrubar, mas o Nome CORINTHIANS é tão poderoso que eles não sabem o que fazer, por isso quando ganham um jogo festejam como se fosse um título, porque por mais simples que somos, que surgimos, um PODER imcomparavel surgiu no nome deste clube que eu costumo dizer que ÉS DO Brasil O CLUBE MENOS BRASILEIRO.

Menos brasileiro porque Somos uma NAÇÃO, uma REPÚBLICA e nele está o Povo CORINTHIAN, que é o mais odiado e invejado e só nós sabemos do que o Corinthians é capaz de fazer em relação aqueles que o odeiam.

Kealid - #318 @terrorista10 em 24/04/2015 às 21:29

Belas palavras amigo.. Muito bom tópico.

Essa semana amargamos 2 revés, é difícil eu sei, ainda mais sendo para 2 rivais, mas faz parte, as derrotas virão de vez em quando e será um duro golpe cada uma delas, mas é assim que é, como na vida, nem tudo são só flores..

Corinthians é mais que um clube, se parar pra pensar me emociono com a grandeza nossa e da influencia na sociedade, em vários aspectos. Me orgulho em fazer parte disso tudo. Corinthians significa muito pra mim, e não só pra mim.

'Corinthians não é só um time e uma torcida, é um estado de espírito!' -Dr. Sócrates

Roger Santos #97 @roger.santos11 em 24/04/2015 às 18:23

Corinthians e uma paixao, um estado de espirito

Leonardo De Oliveira Diniz #2.237 @diniz659 em 24/04/2015 às 18:19

Belíssimo tópico parabéns!

Alexandro Costa #276 @acpunk em 24/04/2015 às 17:59

Muito bom!

Rinaldo Montanari #1.454 @rinaldo em 24/04/2015 às 08:16

Po cara, muito bom post. Valeu a pena ler. Eu também, apesar de gostar do Tite, principalmente com esse começo de temporada, dou mais valor ao time quando joga bem, com vontade. Ganhando ou perdendo, acho que o que importa é a vontade que se mostra em campo.

Rinaldo Montanari #1.454 @rinaldo em 23/04/2015 às 15:32

Pois é, sempre disseram que ganhar sempre não tem graça. Hoje podemos sentir um pouco esse gosto. Perder faz parte do futebol

Tom #115 @t.o.m em 23/04/2015 às 14:42

" "

Belo texto Rinaldo, passou um Filme na minha cabeça agora. Era mais difícil naquela época ver o Corinthians ser Campeão, mais com certeza havia mais significância.

Rinaldo Montanari #1.454 @rinaldo em 23/04/2015 às 15:31

Pois é cara, como eu falei aqui, hoje em dia não tem mais essa de time de pobre e time de rico, mas alguns se esquecem que antigamente era assim que se dividiam, talvez se refletirem por esse ponto possam entender o porque o Corinthians é tratado de maneira diferente dos demais, isso serve para as demais áreas da vida... Hoje vivemos em uma realidade muito diferente, mas velhos hábitos e preconceitos se mantém.

1 a 10 de 14 respostas