Quem lembra dessa lenda da base?

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Thiago #3.607 @thiago.fernandes.da2 em 04/01/2019 às 21:33

Pode não ter vingado no profissional, mas essa foi a maior lenda da nossa base.
Valia o ingresso e a audiência na TV. O Maradona do terrão.

1.405 visualizações e 55 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Matheus Miguel #1.973 @matheus.miguel em 04/01/2019 às 21:41

Joga muito na arabia, é rei lá... Faz vários golaços kkkk

Clicio Souza #1.937 @clicio.souza em 04/01/2019 às 22:21

Esse Elton é aquele gigante?

Últimas respostas

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 07/01/2019 às 01:12

Sim. Quer um caso curioso? O do mais amado e odiado do elenco: Romero.

Em 2018 depois da sequencia de gols jogando como centroavante em um time sem um 9 autentico e matador de fato, ele acabou voltando pra beirada, onde havia mais concorrência, e junto com todo o time, caiu de produção. Pra mim já era tragicômico não perceber que o mais óbvio era manter o gringo de centroavante e usar Pedrinho e Vital auxiliando Jadson, uma vez que entre os atacantes, era Romero o que mais fez gols, e na ocasião estava virado no raio marcando dois, três... Mas não parou por aí a maluquice nas avaliações. É comum você ler, mesmo de quem odeia o cara de graça, que ele foi bem em 2017 mas que ano passado estava um lixo e tal. Que ele estava sem marcar gols fazia não sei quantos meses, o que era verdade incontestável. Problema é que em 2018 ele fez mais gols do que em 2017. Hahahahaha E justamente porque em 2018 ele jogou algumas rodadas como 'atacante que pode atacar'. Hahahaha No ano anterior tínhamos Jô e gol não era problema. O eixo Arana-Romero-Rodriguinho-Jadson-Jô funcionava liso. Daí na temporada seguinte Rodriguinho passou a errar muito mais, mas ainda salvava com gols em momentos críticos e conseguimos o bi-estadual. E parou aí. Não tínhamos mais Jô nem Arana, Rodriguinho foi embora. Sobraram Jadson e Romero. Ambos ficaram abaixo, mas só um é paraguaio. E embora neguem, pra mim passa muito por isso esse ódio truísta de muitos. Porque racionalmente não há motivo algum pra odiar o cara. Hehehe

Thiago #3607 @thiago.fernandes.da2 em 07/01/2019 às 00:52

" "

Pô cara, agora você deu um diagnóstico preciso!

Efeito manada é a doença que infecta fóruns, redes sociais e até debates políticos. Eu morro de ódio por aqui. Fica difícil defender opinião diferente da maioria porque os caras te lincham. Quando alguém pega birra de um jogador, ou se iludem com uma contratação é impossível reverter.

Publicidade

Thiago Fernandes Da Silva #3.607 @thiago.fernandes.da2 em 07/01/2019 às 00:52

Pô cara, agora você deu um diagnóstico preciso!

Efeito manada é a doença que infecta fóruns, redes sociais e até debates políticos. Eu morro de ódio por aqui. Fica difícil defender opinião diferente da maioria porque os caras te lincham. Quando alguém pega birra de um jogador, ou se iludem com uma contratação é impossível reverter.

Fábio #463 @fabiomcbaltz em 07/01/2019 às 00:39

" "

Pois é... Cara, até Boquita eu achava bom... Pessoal passou a fazer piada com o cara porque alguém fez na internet, e tem uma renca que curte esse lance de ser manada... O próprio jogador meio que introjeta isso e passa a ter menos ambição e tal... Psicológico é meio complicado. Tu junta essa coisa toda com a tradição da cultura moral basicamente católica do povo brasileiro, onde a humildade é parte do discurso, mais um salário baixo de jogador que não raro é muito alto se comparado ao resto da população, e você tem um sujeito que fica tranquilão em não jogar nos grandes mas matar 50 mil de salário todo mês.

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 07/01/2019 às 00:39

Pois é... Cara, até Boquita eu achava bom... Pessoal passou a fazer piada com o cara porque alguém fez na internet, e tem uma renca que curte esse lance de ser manada... O próprio jogador meio que introjeta isso e passa a ter menos ambição e tal... Psicológico é meio complicado. Tu junta essa coisa toda com a tradição da cultura moral basicamente católica do povo brasileiro, onde a humildade é parte do discurso, mais um salário baixo de jogador que não raro é muito alto se comparado ao resto da população, e você tem um sujeito que fica tranquilão em não jogar nos grandes mas matar 50 mil de salário todo mês.

Thiago #3607 @thiago.fernandes.da2 em 07/01/2019 às 00:32

" "

Rapaaaz, Dinelson...
Outro que decepcionou.

Subiu fazendo gol de cobertura na final da copinha, depois ficou encostado até ser DOADO para o Coritiba... Nunca entendí a negociação.

Thiago Fernandes Da Silva #3.607 @thiago.fernandes.da2 em 07/01/2019 às 00:32

Rapaaaz, Dinelson...
Outro que decepcionou.

Subiu fazendo gol de cobertura na final da copinha, depois ficou encostado até ser DOADO para o Coritiba... Nunca entendí a negociação.

Fábio #463 @fabiomcbaltz em 07/01/2019 às 00:19

" "

Hehehehe Piojo era massa mermo de escalar no game. Hahahaha

E por falar em game, Roberto Carlos, que certamente era escalado por ti como ponta-esquerda nos tempos de Winning Eleven(caso você seja desses tempos), tem 1,68m Hahahahahaha

Ah sim! Carlos Alberto era bom jogador, mas muito cheio das nove horas, de melindres. Foi uma pena mesmo a gente não ter visto Mascherano, Mattos, Elton, Roger, Nilmar e Tevez em 2005... Só imagina... Mas não... Quem jogava era Hugo e Dinelson Hehehe Pior fica se tu lembrar que o time de 2004 era cheio de pereba e não dar vez para o moleque não fazia sentido algum...

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 07/01/2019 às 00:19

Hehehehe Piojo era massa mermo de escalar no game. Hahahaha

E por falar em game, Roberto Carlos, que certamente era escalado por ti como ponta-esquerda nos tempos de Winning Eleven(caso você seja desses tempos), tem 1,68m Hahahahahaha

Ah sim! Carlos Alberto era bom jogador, mas muito cheio das nove horas, de melindres. Foi uma pena mesmo a gente não ter visto Mascherano, Mattos, Elton, Roger, Nilmar e Tevez em 2005... Só imagina... Mas não... Quem jogava era Hugo e Dinelson Hehehe Pior fica se tu lembrar que o time de 2004 era cheio de pereba e não dar vez para o moleque não fazia sentido algum...

Thiago #3607 @thiago.fernandes.da2 em 06/01/2019 às 23:58

" "

Rapaz, que time esse do Valência! Eu joguei bastante com o Cláudio Lopez na liga master do PES kkkkkkkk

Realmente o futebol mata muito craque por falta de oportunidades. É lamentável, porque o estilo agressivo e objetivo de jogo do Élton talvez tenha feito muita falta ao futebol Brasileiro. Quem sabe se esse cara tivesse conseguido chances talvez a gente pudesse hoje estar falando de um ídolo a nível nacional...

Aliás, é por essas e outras que eu reclamo da diretoria quando sobe um garoto da base, mas contrata 3,4 jogadores da mesma posição. Mata a chance do mlk crescer.

Thiago Fernandes Da Silva #3.607 @thiago.fernandes.da2 em 06/01/2019 às 23:58

Rapaz, que time esse do Valência! Eu joguei bastante com o Cláudio Lopez na liga master do PES kkkkkkkk

Realmente o futebol mata muito craque por falta de oportunidades. É lamentável, porque o estilo agressivo e objetivo de jogo do Élton talvez tenha feito muita falta ao futebol Brasileiro. Quem sabe se esse cara tivesse conseguido chances talvez a gente pudesse hoje estar falando de um ídolo a nível nacional...

Aliás, é por essas e outras que eu reclamo da diretoria quando sobe um garoto da base, mas contrata 3,4 jogadores da mesma posição. Mata a chance do mlk crescer.

Fábio #463 @fabiomcbaltz em 06/01/2019 às 23:23

" "

Concordo contigo. Meu ponto é que sequer foi dada a ele esta oportunidade.

Aconteceu o mesmo com Marcelinho Carioca lá no Valencia. Quando ele chegou, já estavam Romário, Ortega e Claudio Lopez(este último tem 1,79m, segundo a wikipedia). O treinador não deu oportunidades de titularidade ao Pé-de-Anjo porque ele era 'baixinho' e 'já tinha muito baixinho' no time.

Entende? O cara poderia ter um ataque com Marcelinho, Burrito Ortega, Piojo Lopez e o Baixinho, mas não, preferiu Angulo e outros europeus mais altos. (Embora, até onde eu lembre, só Angulo era alto mesmo. O resto era tudo mais ou menos a mesma altura...)

Ao menos até onde vai minha memória, em 1997 o Valencia não venceu nada. Coincidentemente em 2004 a gente também não foi campeão de nada. Hehehe Foi o ano de castigar quem tinha preconceito com baixinhos HAhahaha

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 06/01/2019 às 23:23

Concordo contigo. Meu ponto é que sequer foi dada a ele esta oportunidade.

Aconteceu o mesmo com Marcelinho Carioca lá no Valencia. Quando ele chegou, já estavam Romário, Ortega e Claudio Lopez(este último tem 1,79m, segundo a wikipedia). O treinador não deu oportunidades de titularidade ao Pé-de-Anjo porque ele era 'baixinho' e 'já tinha muito baixinho' no time.

Entende? O cara poderia ter um ataque com Marcelinho, Burrito Ortega, Piojo Lopez e o Baixinho, mas não, preferiu Angulo e outros europeus mais altos. (Embora, até onde eu lembre, só Angulo era alto mesmo. O resto era tudo mais ou menos a mesma altura...)

Ao menos até onde vai minha memória, em 1997 o Valencia não venceu nada. Coincidentemente em 2004 a gente também não foi campeão de nada. Hehehe Foi o ano de castigar quem tinha preconceito com baixinhos HAhahaha

Thiago #3607 @thiago.fernandes.da2 em 06/01/2019 às 09:49

" "

Se você considerar 4cm isolado (ou no tal filme pornô) parece pouco, mas se a gente jogar um pouco de proporção, 4cm mais baixo que o Peter Crouch (2,01) você ainda é enorme. Mas 4cm mais baixo que o Madson é bizarro.

Complica muito a situação de uma pessoa que tem que provar capacidade de disputar vaga no meio campo de um clube do porte do Corinthians.

Qualquer dividida que perde, uma trombada que cai já é motivo pra galera dizer: 'Alá, esse cara não vai aguentar o tranco no profissional'.

Não é que a altura tenha atrapalhado o desempenho dele, mas deixa muito descrédito num momento em que o cara tem que demonstrar capacidade.

Thiago Fernandes Da Silva #3.607 @thiago.fernandes.da2 em 06/01/2019 às 09:49

Se você considerar 4cm isolado (ou no tal filme pornô) parece pouco, mas se a gente jogar um pouco de proporção, 4cm mais baixo que o Peter Crouch (2,01) você ainda é enorme. Mas 4cm mais baixo que o Madson é bizarro.

Complica muito a situação de uma pessoa que tem que provar capacidade de disputar vaga no meio campo de um clube do porte do Corinthians.

Qualquer dividida que perde, uma trombada que cai já é motivo pra galera dizer: 'Alá, esse cara não vai aguentar o tranco no profissional'.

Não é que a altura tenha atrapalhado o desempenho dele, mas deixa muito descrédito num momento em que o cara tem que demonstrar capacidade.

Fábio #463 @fabiomcbaltz em 05/01/2019 às 17:40

" "

Tudo bem. Eu poderia até dizer que acho que esse 1,70m de alguns nomes que pesquisei me parece inflacionado, mas nem precisa. Hehehe

Se em filme pornô, onde centímetro faz diferença, existe filme japonês, imagine se no futebol 4 cm pra ca ou pra lá vão fazer diferença assim Hahahaha

Elton nem chegou a ter má fase, se bem lembro. Ele sempre bagunçou no meio de campo. Sempre rápido e era sempre difícil tirar a bola dele. 1, porque ele tinha bom domínio e escondia ela dos marcadores, e 2 porque o eixo dele era mais curto e dificilmente caía, apesar de não ser nenhum Tevez(forte e baixo).

Acho que ele teve azar de três maneiras: subiu numa época de transição onde a base fornecia muita opção, subiu em 2004 e a MSI chegou em 2005, Tite assumiu o Corinthians ainda em 2004. Apesar de ter usado uma molecada naquele ano, Adenor nunca foi famoso por usar a base.

Depois disso, 2005 ficou quase impossível com a chegada de Roger e Carlos Alberto. Em 2006 o clube estava meio de rebordosa...

Como disse em outro comentário: se nossos dirigentes trabalhassem unicamente em prol dos objetivos e interesses DO CLUBE, Elton teria sido mantido e com o passar de algum tempo, acredito que nem seria muito, assumiria tranquilamente a titularidade.

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 05/01/2019 às 17:44

Ahááááá! Hehehehe Acertô, mizerávi! HAhaha

Fora a zoeira, pra ser justo com o que aconteceu naquele ano, o velho Adenor até usou uma molecada. E na situação em que pegou o time, beirando a queda pra Segundona, fez o que tinha que fazer, e terminou o ano em quinto. Foi uma baita ascensão naquele fim de 2004.

Fábio Chamusca De Carvalho #463 @fabiomcbaltz em 05/01/2019 às 17:40

Tudo bem. Eu poderia até dizer que acho que esse 1,70m de alguns nomes que pesquisei me parece inflacionado, mas nem precisa. Hehehe

Se em filme pornô, onde centímetro faz diferença, existe filme japonês, imagine se no futebol 4 cm pra ca ou pra lá vão fazer diferença assim Hahahaha

Elton nem chegou a ter má fase, se bem lembro. Ele sempre bagunçou no meio de campo. Sempre rápido e era sempre difícil tirar a bola dele. 1, porque ele tinha bom domínio e escondia ela dos marcadores, e 2 porque o eixo dele era mais curto e dificilmente caía, apesar de não ser nenhum Tevez(forte e baixo).

Acho que ele teve azar de três maneiras: subiu numa época de transição onde a base fornecia muita opção, subiu em 2004 e a MSI chegou em 2005, Tite assumiu o Corinthians ainda em 2004. Apesar de ter usado uma molecada naquele ano, Adenor nunca foi famoso por usar a base.

Depois disso, 2005 ficou quase impossível com a chegada de Roger e Carlos Alberto. Em 2006 o clube estava meio de rebordosa...

Como disse em outro comentário: se nossos dirigentes trabalhassem unicamente em prol dos objetivos e interesses DO CLUBE, Elton teria sido mantido e com o passar de algum tempo, acredito que nem seria muito, assumiria tranquilamente a titularidade.

Thiago #3607 @thiago.fernandes.da2 em 05/01/2019 às 09:41

" "

Pô Fábio, desculpa discordar mas com exceção do Naldinho, os outros tem mais de 10cm a mais, e já é uma boa diferença. Tanto é que é muito difícil lembrar de algum jogador atuando com menos de 1.60. Posso dizer que eu vi dois nanicos jogarem no profissional: Madson do Santos, e Carlinhos Bala. Por incrível que pareça ambos são mais altos e tem 4 e 6cm a mais do que o Élton.

Não é impossível jogar assim, mas ele fica com um descrédito enorme pra reverter. Qualquer má fase ou início ruim, colocam na culpa da altura. 'Esse daí não vai conseguir jogar no profissional, olha o tamanho dele'...