Salários astronômicos

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Cláudio #4.005 @chadgoncalves em 31/10/2016 às 15:07

De uns 4 anos pra cá, estou perdendo o entusiasmo pelo futebol. Não pela queda do nível técnico, nem pela diminuição da competitividade entre torcidas nem por saudades de um campeonato mata mata de alto nível.

Mas vejo vários tópicos falando... Fulano recebe 400 mil por mês, Ciclano que ganha 100 mil merece aumento de salário porque ganha pouco. Deutrano não quer voltar a jogar no time do coração porque não aceita uma redução de 750 mil pra 400 mil mensais.

Será que essa galera que discute isso sabe o que é ganhar 400 mil mensais? Este valor é muito maior do que ganham professores, médicos, técnicos altamente capacitados...

Vejo pessoas comprometerem 50% de seus salários para acompanhar seus times do coração e algumas vezes assistem estes caras que ganham seus milhares de reais por mês fazerem corpo mole pra derrubar técnico, rachando elencos.

Vejo decisões absurdas de poupar jogadores... Gente... Poupar jogadores é o fim da picada. Fico imaginando se o mundo corporativo me poupasse quando eu estivesse cansado.

Será que o futebol não seria melhor sem estes valores astronômicos pagos aos atletas?

Será que não iríamos ver jogos mais emocionantes, mais brigados e disputados?

Enfim, ao meu ver é muita mordomia pra pouco resultado.

1.961 visualizações e 61 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Ronaldo Junior #3.984 @juniooor.silva em 01/11/2016 às 00:15

Belo tópico, Parabéns!

Últimas respostas

Deco 20 #117 @deco20 em 01/11/2016 às 18:49

É isso mesmo... Mas futebol é business pra alguns dirigentes!

Publicidade

Lucas Silva #355 @lucascorintiano em 01/11/2016 às 18:33

E se não bastasse esses salários astronômicos e mordomia dos jogadores, quando chega uma proposta um pouco melhor de fora aceitam e saem dizendo que precisa fazer o pé de meia kkkkkkkkk.

Eduardo #2886 @eduardo.eduardo em 01/11/2016 às 18:09

" "

Infelizmente, salário de 200, ou 300 mil no futebol é pouco, coitados, a, carreira é curta demais, aaproximadamente 15 a 20 anos, já fizeram as contas? POr isso esses coitadinhos tem que ir pra Europa pra, ver se ganham mais um pouco, aumentando pra 800 900,1 milhão 5 milhões, fora luvas e contratos milhonarios com patrocinadores. Jogador de futebol é a profissão mais necessária e importante do mundo, quandono time ganha alegra demais a vida desse povo sofrido. COitadinhos eu sei como é difícil ter que jogar futebol uma ou duas vezes por semana, ter que treinar, fazer academia, comer aquelas cidas horrorosas todos os dias, ter que andar de carrões e morar em ccondomínios de luxo, ninguém merece tanto sofrimento assim sem ser bem remunerado, mole mesmo é cortar cana todo dia por um belo salário mínimo, ser metalurgico, pedreiro, servente, pintor, professor, policial, motorista, domestica, enfim, eles merecem sim, isso e muito mais, eles são heróis, montros sagrados, entram pra história, o que seria de nós se se não fossem os jogadores de futebol profissional? A vida seria um inferno, seria muito triste.

Eduardo Eduardo #2.886 @eduardo.eduardo em 01/11/2016 às 18:09

Infelizmente, salário de 200, ou 300 mil no futebol é pouco, coitados, a, carreira é curta demais, aaproximadamente 15 a 20 anos, já fizeram as contas? POr isso esses coitadinhos tem que ir pra Europa pra, ver se ganham mais um pouco, aumentando pra 800 900,1 milhão 5 milhões, fora luvas e contratos milhonarios com patrocinadores. Jogador de futebol é a profissão mais necessária e importante do mundo, quandono time ganha alegra demais a vida desse povo sofrido. COitadinhos eu sei como é difícil ter que jogar futebol uma ou duas vezes por semana, ter que treinar, fazer academia, comer aquelas cidas horrorosas todos os dias, ter que andar de carrões e morar em ccondomínios de luxo, ninguém merece tanto sofrimento assim sem ser bem remunerado, mole mesmo é cortar cana todo dia por um belo salário mínimo, ser metalurgico, pedreiro, servente, pintor, professor, policial, motorista, domestica, enfim, eles merecem sim, isso e muito mais, eles são heróis, montros sagrados, entram pra história, o que seria de nós se se não fossem os jogadores de futebol profissional? A vida seria um inferno, seria muito triste.

Rodrigo Afonso Belberi #1.801 @rodrigo.afonso.belbe em 01/11/2016 às 16:21

Concordo com você no que diz respeito aoos altos salários!

Porém com a cabeça de merda dos nossos dirigentes e a falta de responsabilidade, o cara deixa o time atolado de dívidas e nada acontece com ele! Prejudicam essea tal consciência salarial. É o seguinte, as peppas com o Brunoro tentaram isso no início da administração do Paulo Papai Nobre, porém ao perder o Alan Kardec pros bambis, TDS o criticaram e ele rapou fora! Foi uma diferença de 5 conto porém extrapolava o teto salarial acertado por ele! Aqui é. No mundo funciona aassim se time A oferece 100 mil time B oferece 200 e por isso tá essa bostas! Agora se TDS os clubes se fechassem aí daria certo, mas... Como vai dar certo com um monte de benefícios que nego têm com empresários como vai dar certo!

Philippe Dutra #152 @phil.dutra em 01/11/2016 às 16:07

Você quer comparar setor corporativo com futebol? Concordo em todo o resto que você disse. Mas sou professor de educação física. Não fale do que não sabe pra não passar carão.

Thiago G #16 @thiago000 em 01/11/2016 às 15:40

Só falta dizer que uma carreira normal de um jogador vai dos 20 aos 35 mais ou menos ou seja 15 anos e Não é clt Não tem aposentadoria.

Enquanto a carreira de uma advogado de um medico vai dos 22 mais ou menos até os 60 ou mais 38 anos de carreira, com plano de aposentadoria e demais benefícios da clt.

Carlos Eduardo Eugenio Dos Santos #890 @carlaofiel em 01/11/2016 às 15:29

Esse debate é muito amplo, em todos os setores de alto rendimento é assim, nos outros esportes também tem gente ganhando milhões, temos artistas, musicos. Não tem como nem começar a discutir um assunto desse, mas concordo, é muita grana pra pouca eficiencia.

Guerrero 13 #9.214 @guerrero13 em 01/11/2016 às 15:17

Grande comentário e tenho passado pelo mesmo sentimento da um desanimo assistir o futebol e continuar financiando este sistema.

Já ouvi muito que o jogador só tem a profissão por um período, porem se um trabalhador que ganha R$ 2.500,00 em um ano ele ganha mais ou menos R$ 30.000,00 ao ano (sem considerar 13° e possíveis bônus) em 20 anos ele ganha R$ 600.000,00 (sem correções monetárias) ou seja tem jogador que em 2 meses ganha mas que uma pessoa trabalhando 20 anos! Tem alguma coisa errada.

Lembro que na Alemanha ouve esse debate e a contratação do Breno foi muito questionada pelo sindicato dos trabalhadores, já era um profissional com pouca experiência e vindo de fora e não tinha justificativa para esse tipo de salário

Patric Breda #747 @patric em 01/11/2016 às 15:05

Não concordo que eles devam ganhar pouco, porque eles, se jogarem, com amor a camisa, com raça, fazem a alegria de milhões de pessoas sofridas na maioria das vezes.

Porém, tinha que haver bom senso. Ganhar mais que 200 mil/mês, não é pra qualquer mortal. Esses caras ganham isso a vida professional inteira. E os clubes só se ferram pra pagar, for a luvas, porcentagem de passé e venda.

Enfim, se eu fosse presidente.

Herbert De Souza #1.528 @herbertsnp em 01/11/2016 às 14:51

E tem gente que ainda defende dizendo que a carreira do jogador é curta. Meu amigo, com 500 mil em um único mês, eu faria investimentos e ficaria sossegado o resto da vida..