Renê Júnior, volante do Corinthians

Renê dos Santos Júnior

Nome Completo: Renê dos Santos Júnior

Posição: volante

Data de Nascimento: 16/09/1989

Idade: 30 anos

Jogos pelo Corinthians: 13

Jogos como Titular: 11

1989-09-16

Jogador de futebol

Male

Scout: 6 vitórias, 5 empates e 2 derrotas

Gols marcados: 1

Média da torcida: 5.23

Biografia

Depois de algumas tentativas de contratação nos últimos anos, o Corinthians finalmente acertou com o volante Renê Júnior. O anúncio oficial aconteceu no início de janeiro de 2018 e o jogador assinou contrato por três temporadas com o Timão.

Segundo reforço oficial para a temporada, Renê Júnior chegou no clube após fazer bom Campeonato Brasileiro no Bahia em 2017. Apesar de ter defendido a equipe baiana em 2017, Renê pertencia a Ponte Preta. Seu vínculo com o clube de Campinas se encerrou em dezembro e, por isso, o volante chegou ao Timão sem custos.

Sobre Renê Júnior

Natural do Rio de Janeiro, Renê dos Santos Júnior iniciou sua carreira em clubes locais de menor relevância, até chegar ao Figueirense em 2010. A passagem pelo time de Florianópolis foi curta e, um ano depois, o volante seguiu para o Democrata-GV, de Minas Gerais. Ainda na mesma temporada, o jogador acabou transferido para o Salgueiro.

Renê permaneceu na equipe de Pernambuco até 2012, quando assinou um contrato com o Mogi Mirim. Depois de uma boa campanha no Campeonato Paulista daquele ano, chamou atenção da Ponte Preta e concretizou sua ida a Campinas. O volante fez sua estreia na Série A do Campeonato Brasileiro pela equipe, no dia 20 de maio, diante do Atlético-MG.

Em janeiro de 2013, mais uma mudança: Renê Júnior assinou um contrato de uma temporada com o Santos. Mesmo sendo a menos badalada contratação da equipe litorânea, ele chegou a ser ovacionado pela torcida e recebeu elogios do então técnico Muricy Ramalho. O treinador apontou a forte marcação e o desempenho ofensivo do volante como diferenciais.

O destaque no Santos rendeu a Renê uma passagem para a China. O volante seguiu para o chinês Guangzhou Evergrande em dezembro de 2013, com um contrato por cerca de 1 milhão de euros (quase de R$ 3,2 milhões, na ocasião). Após três temporadas no futebol oriental, o jogador acertou uma volta ao Brasil pela Ponte Preta. Contudo, não conseguiu espaço na equipe de Campinas e acabou emprestado para o Bahia até o final da temporada de 2017.

A mudança trouxe uma renovação na carreira de Renê e ele se tornou um dos principais jogadores do Bahia durante o Brasileirão, ao lado de Zé Rafael. Titular absoluto, o volante atuou em 30 jogos pela equipe baiana na competição nacional. Foram quatro gols marcados e 1.280 passes realizados, em uma precisão de 88%, além de 228 recuperações de bola e 84,9% de acertos em passes para o ataque.

Últimas atuações pelo Corinthians

O que você acha do Renê Júnior no Corinthians?