São Bento 1 x 1 Corinthians - Paulista 2019

Paulista 2019 - São Bento 1 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/02-03-2019/paulista_2019/sao_bento-1-x-1-corinthians

02:00

2019-03-02T16:30:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 São Bento São Bento

Paulista 2019

Sobre a Partida

Corinthians volta a sofrer com bola aérea e fica no empate contra o São Bento

Sol, calor, sábado de carnaval... Dia de festa, certo? Errado! Dia de Corinthians em campo. Pela nona rodada do Paulistão, a equipe de Fábio Carille foi a Sorocaba encarar o São Bento. E a atuação alvinegra não deu grandes motivos para a Fiel festejar nos blocos espalhados pelos quatro cantos do país.

Com pouquíssimas emoções, o duelo no Estádio Walter Ribeiro ficou no empate por 1 a 1. O gol do Timão foi marcado por Clayson ainda no primeiro tempo. Os mandantes buscaram a igualdade em bola aérea - dos 15 gols sofridos pelo Corinthians no ano, 11 saíram dessa maneira.

Segue o rodízio: Dando sequência ao que vem fazendo no decorrer da temporada, Carille deu descanso a uma série de jogadores. Por outro lado, é claro, deu mais uma oportunidade a quem ainda luta por espaço na equipe.

Para o duelo em Sorocaba, então, o Timão foi escalado com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Marllon e Danilo Avelar; Richard e Júnior Urso; Vagner Love, Sornoza e Clayson; Mauro Boselli.

Corinthians foi para o jogo com seis mudanças

Corinthians foi para o jogo com seis mudanças

Meu Timão

Do outro lado, os donos da casa foram escalados pelo técnico Silas com Henal; Edson Ratinho, Ewerton Páscoa, Luizão e Mansur; Fábio Bahia, Alex Maranhão, Mazola e Paulo Henrique; Eder Luis e Alecsandro.

Próximo compromisso: O Corinthians já tem data marcada para voltar a campo. Com semana livre para trabalhar, o Timão encara o Santos no próximo domingo, às 16h, em Itaquera.

Classificação: Com o empate, Carille e companhia chegaram aos 14 pontos nessa primeira fase do Paulistão. A pontuação é suficiente para manter a equipe na liderança graças ao resultado da vice-líder Ferroviária, que também empatou e chegou aos 13 pontos, mantendo a distância do início da rodada.

Primeiro tempo

O preguiçoso sábado de carnaval começou movimentado em Sorocaba. Após uma ameaça de pressão do São Bento, chegando até a ter um escanteio, foi o Timão que criou uma grande oportunidade. Aos três minutos, Avelar deu belo cruzamento para Boselli, que pegou de primeira e obrigou o goleiro Henal a praticar um milagre.

A finalização do argentino animou a Fiel, que viu o time disposto de forma surpreendente em campo: Richard, reserva natural de Ralf, atuou aberto pela direita, em uma linha de quatro composta ainda por Urso e Sornoza, no centro, e Clayson, no lado esquerdo - Vagner Love e Boselli apareceram a frente.

Em jogo bem truncado no meio de campo, com muito chutão de ambas as equipes, a única ameaça foi do Corinthians. O equatoriano Sornoza foi ao fundo e tentou cruzamento, mas a bola não achou ninguém na área.

Aos 12 minutos da primeira etapa, o São Bento é quem chegou com perigo. Em chute de fora, Paulo Henrique assustou Cássio, que fez defesa esquisita em dois tempos. Depois do susto, o Timão passou a controlar a partida, ficando com a bola, mas sem achar espaços na defesa adversária.

E o jogo seguiu nessa toada. De um lado, o Corinthians tentava criar oportunidades, sobretudo nas bolas paradas. Do outro, o São Bento usava e abusava dos chutes de fora da área. O primeiro gol do jogo, porém, só foi sair aos 39 minutos.

Em rápida mudança do desenho tático de Carille, Sornoza avançou e apareceu pela esquerda. Com a bola, o equatoriano driblou dois e achou Clayson livre dentro da área. O camisa 25 dominou e bateu forte, sem chances para o arqueiro - foi a sexta assistência do meia e o primeiro gol do atacante na temporada.

Segundo tempo

O segundo tempo começou bom para o Corinthians. Logo no primeiro minuto, Clayson avançou bem pela esquerda e rolou para Richard. Sem ângulo, o volante tentou chutar de direita, mas pegou mal na bola.

Depois da boa oportunidade alvinegra, os donos da casa passaram a gostar do jogo. Aos cinco minutos, Paulo Henrique novamente tentou chute de fora e obrigou Cássio a se esticar todo para evitar o gol de empate. No escanteio, Vagner Love afastou.

Depois das duas boas chances, o confronto voltou a ficar bastante concentrado nos lados de campo, mas sem nenhuma chegada de perigo. Aos 11 minutos, porém, o São Bento chegou ao empate, mas teve gol anulado pela arbitragem - Luizão, que fez o gol, estava impedido.

O impedimento, porém, só adiou o empate dos mandantes. Quatro minutos depois, Edson Ratinho cruzou no segundo pau e o garoto Paulo Henrique, livre de marcação, cabeceou forte para balançar as redes de Cássio. A bola aérea, vale lembrar, vem sendo o grande problema alvinegro na temporada.

Depois do gol, o Corinthians tentou retomar o controle da partida. Pelo lado esquerdo, Clayson, Danilo Avelar e Sornoza arriscaram algumas triangulações, mas nada que oferecesse muito perigo ao goleiro Henal. Para tentar mudar o cenário, Carille fez sua primeira troca aos 22 minutos: Gustavo Silva entrou no lugar de Clayson.

Na sequência da substituição, a primeira chegada de perigo do "novo Corinthians". Em bola enfiada, Love colocou na frente e iria sair cara a cara com o goleiro, mas tomou um tranco e caiu, pedindo pênalti. O árbitro ignorou a queixa e o jogo seguiu.

Aos 26, Carille fez sua segunda mexida, mostrando incômodo com o rendimento da equipe. A novidade da vez foi Pedrinho, ocupando a vaga do volante Richard. Em seu primeiro lance, o garoto cortou bem os marcadores e bateu colocado para fora.

No lance seguinte, porém, o fantasma da bola aérea voltou a assustar a Fiel. Em escanteio, Wesley ganhou pelo alto e testou com perigo. Cássio fez grande defesa e evitou o 16º gol sofrido pela equipe na temporada - seria o 12º em jogadas por cima.

Logo depois, mais um susto: em falta lateral, Alecsandro cabeceou livre e marcou o gol da virada, que acabou sendo anulado pelo bandeirinha da partida - foi o segundo gol não validado dos mandantes na partida.

Aos 32 minutos, a última cartada de Carille: Boselli deixou o campo para a entrada de Gustagol, artilheiro da equipe na temporada. Cinco minutos depois, Sornoza tentou chutar de fora da área, mas a bola passou por cima.

Empurrado pela torcida, o São Bento ameaçou uma pressão na reta final. E chegou a dar um grande susto, com uma bomba na trave no último lance do jogo. Do lado do Timão, foi Danilo Avelar quem quase marcou, com chute que passou raspando a trave.

Pior do que o empate para a Fiel foi a reação de Gustavo após levar dura entrada - o atacante chegou a sair para ser atendido e terminou a partida mancando.

Ficha técnica de São Bento 1 x 1 Corinthians

Competição: Campeonato Paulista
Local: Walter Ribeiro, Sorocaba, SP
Data: 02 de março de 2019 (sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Ilbert Estevam da Silva.
Gols: Paulo Henrique (São Bento); Clayson (Corinthians)
Cartões amarelos: Luizão e Wesley Santos (São Bento); Pedro Henrique e Clayson (Corinthians)
Público: 9.221 torcedores
Renda: R$ 440.000,00

SÃO BENTO: Henal; Edson Ratinho, Ewerton Páscoa (Wesley Santos), Luizão e Mansur; Fábio Bahia, Alex Maranhão, Mazola e Paulo Henrique (João Paulo); Alecsandro e Eder Luis (Cafu).
Técnico: Silas Pereira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Marllon e Danilo Avelar; Richard (Pedrinho); Júnior Urso, Vagner Love, Sornoza e Clayson (Gustavo Silva); Mauro Boselli (Gustavo).
Técnico: Fábio Carille

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: São Bento 1 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes