Grêmio 3 x 1 Corinthians - Brasileirão 2015

Brasileirão 2015 - Grêmio 3 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/03-06-2015/brasileirao_2015/gremio-3-x-1-corinthians

02:00

2015-06-03T22:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 3 Grêmio Grêmio

Brasileirão 2015

Sobre a Partida

Timão não conseguiu reverter os gols sofridos no início da partida e saiu derrotado por 3 a 1

Corinthians sofre no início e não se recupera em partida contra o Grêmio

O Corinthians viajou a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio pela quinta rodada do Brasileirão. Para o duelo, o técnico Tite promoveu duas mudanças na equipe em relação ao clássico contra o Palmeiras, disputado no último fim de semana. Ralf e Petros deram lugar a Cristian e Mendoza, que formaram o meio de campo junto a Jadson, Renato Augusto.

No esquema 4-2-3-1, o Timão foi a campo com: Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Cristian, Bruno Henrique, Jadson, Renato Augusto e Mendoza; Romero. Era a segunda chance do paraguaio como atacante titular.

Ritmo alucinante

A partida começou quente. Em um ritmo alucinante, a equipe gaúcha se lançou ao ataque pelo lado direito da defesa alvinegra. Logo aos dois minutos de jogo, Pedro Rocha recebeu livre na área e cruzou da esquerda para Giuliano, que tirou bem do goleiro Cássio e abriu o placar. Com uma recomposição lenta da defesa, o Corinthians continuou a dar espaços para o time da casa.

Dois minutos depois, Marcelo Oliveira, revelado nas categorias de base do Parque São Jorge, soltou uma bomba com a perna direita à meta de Cássio, ampliando o resultado na Arena do Grêmio. Na base do "chutão", a equipe corinthiana se segurou na defesa até acertar a marcação. Precisando da vitória, o Corinthians começou a entrar no jogo com a movimentação de seus dois laterais.

Após linda jogada pela direita, Fagner cruzou para a pequena área. Bruno Henrique chutou rasteiro e, no susto, Romero acertou o travessão de Tiago. Aos 22 min de partida, era a melhor chance do time alvinegro até então. Insistente, o lateral-direito voltou à linha de fundo, driblou o defensor gremista e cruzou novamente. Com um leve desvio na zaga rival, Mendoza matou no peito e marcou um belo gol, diminuindo para o Timão.

Com o tento marcado, o Corinthians passou a trocar passes no meio de campo e controlar o confronto. Responsáveis pelo setor ofensivo, Romero e Mendoza se movimentavam bem na frente. Aos 25 min, o Timão havia finalizado sete vezes à meta do goleiro Tiago, contra três do Grêmio ao gol de Cássio.

Aos 30 min, no entanto, a zaga corinthiana voltou a falhar. Após uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para Giuliano. Enquanto a linha defensiva do Timão avançava para deixar os atacantes rivais em situação irregular, Bruno Henrique dava condição, contribuindo para o terceiro gol do Grêmio. Sem mais chances para nenhum dos lados, a primeira etapa terminou com a derrota momentânea do Corinthians por 3 a 1.

Poucas chances e perigo no contra-ataque

No segundo tempo, a equipe corinthiana resolveu colocar a bola no chão e trocar passes no campo do Grêmio. Principais articuladores, Jadson e Renato Augusto buscavam sair da marcação para se apresentar ao jogo. O time mandante, por sua vez, abusava dos contra-ataques pelos dois lados do campo. Ángel Romero, substituto de Guerrero, tentava segurar a bola no ataque, mas era facilmente desarmado.

Em boa jogada individual, Renato Augusto passou por dois marcadores e rolou na área para Jadson. O camisa 10 arriscou com a perna esquerda, e a bola passou raspando a trave. Aos 15 min, Renato Augusto achou espaço no meio-campo e rolou para o colombiano Mendoza na esquerda. O atacante cruzou para Bruno Henrique, que quase marcou o segundo do Timão.

Foi aí, então, que o técnico Tite resolveu mexer no time. Com a forma física recuperada, Vagner Love entrou no lugar de Romero. Atrás do placar, o Corinthians avançou sua linha defensiva para pressionar o Grêmio, que abusava dos contra-ataques. Aos 25 min, o Timão saiu em velocidade com Jadson. No ataque, o meia achou Vagner Love na esquerda, que dominou demorou para concluir e acabou recuando para a defesa adversária.

Momento depois, Tite sacou Bruno Henrique e Renato Augusto para a entrada de Petros e Danilo. As mudanças, no entanto, não tiveram efeito no futebol apresentado pelo Corinthians. Mesmo com a posse bola maior da equipe alvinegra - Corinthians 58% x 42% Grêmio, o Timão pecava no último passe e não conseguia chegar ao segundo gol. Com o fim do jogo, a equipe rival venceu a partida pelo placar de 3 a 1.

O próximo compromisso do Corinthians acontece neste sábado, contra o Joinville, às 22h, fora de casa. Por questão de logística, a delegação corinthiana não voltará a São Paulo e permanece no Sul para o duelo, válido pela sexta rodada do Brasileirão.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Grêmio 3 x 1 Corinthians