Brasileirão 2017 - Corinthians 3 x 2 Palmeiras

Brasileirão 2017 - Corinthians 3 x 2 Palmeiras

https://www.meutimao.com.br/jogo/05-11-2017/brasileirao_2017/corinthians-3-x-2-palmeiras

02:00

2017-11-05T17:00:00

Corinthians Corinthians 3 x 2 Palmeiras Palmeiras

Brasileirão 2017

Sobre a Partida

Corinthians faz três no primeiro tempo, vence Dérbi eletrizante e põe mão na taça do Brasileirão

O Corinthians está mais próximo do que nunca do título do Campeonato Brasileiro 2017. Com gols de Romero, Balbuena e Jô, a equipe alvinegra derrotou o rival Palmeiras por 3 a 2 na tarde deste domingo, na Arena, em Itaquera, pela 32ª rodada. Mina e Moisés descontaram para os visitantes.

A vitória no principal clássico da temporada faz o Corinthians somar 62 pontos, além de “tirar três” do Palmeiras (54 pontos), concorrente, ao lado do Santos (56), na corrida pelo troféu nacional. Restam seis rodadas para o término da competição.

Antes de o clássico ter início em Itaquera, a torcida corinthiana voltou a ser protagonista. Um mosaico alusivo ao bicampeonato mundial do clube foi erguido no setor Leste da Arena, leve provocação ao rival – há quem entenda que o Palmeiras jamais foi campeão do mundo, já que a Copa Rio, vencida em 1951, não pode ser considerada como tal.

Mosaico com indireta ao Palmeiras foi erguido pela Fiel antes do Dérbi

Mosaico com 'indireta' ao Palmeiras foi erguido pela Fiel antes do Dérbi

Reprodução/Premiere

O esquadrão alvinegro volta a campo já na próxima quarta-feira, diante do Atlético-PR, às 21h, na Arena da Baixada. O goleiro Cássio, vale lembrar, desfalcará o Timão no compromisso em Curitiba porque tem de se apresentar à Seleção Brasileira na segunda-feira – o Brasil encara Japão e Inglaterra nos dias 10 e 14 de novembro.

Dérbi eletrizante e 1, 2, 3!

Corinthians e Palmeiras faziam um clássico cercado de expectativas por ambos os lados. E, apesar disso, os primeiros minutos de bola rolando foram, de fato, disputados por duas equipes que brigam pelo título do Campeonato Brasileiro.

As mudanças promovidas por Fábio Carille para o Dérbi – saídas de Maycon e Jadson, entradas de Camacho e Clayson – não demoraram a surtir efeito. Pelo lado esquerdo, Clayson fazia boa dobradinha com Guilherme Arana e abusava da velocidade para levar perigo à defesa rival. Já Camacho fechava espaços no meio de campo e não precisava mais do que dois toques na bola para fazer o jogo correr.

O Corinthians, aparentemente mais concentrado em relação às rodadas anteriores, trabalhava a bola de maneira simples e objetiva, o que logo o fez abrir o placar: aos 27 minutos, Rodriguinho recebeu passe na esquerda e chutou cruzado, encontrando Romero livre no lado direito. 1 a 0 e comemoração com direito a selfie do elenco!

Autor do primeiro, Romero tirou selfie com companheiros ao celebrar gol

Autor do primeiro, Romero tirou selfie com companheiros ao celebrar gol

Reprodução/Premiere

A essa altura, o Dérbi já havia se tornado eletrizante, com os dois times impondo forte marcação e agilidade nos contra-ataques. O Timão, no entanto, soube aproveitar o bom momento para marcar o segundo em cabeceio do zagueiro Balbuena, que completou cobrança de escanteio de Clayson.

Foi um primeiro tempo digno de Corinthians x Palmeiras. Com o 2 a 0 desfavorável, a equipe alviverde se lançou ao ataque e rapidamente conseguiu descontar com Mina. O defensor colombiano ganhou de Pablo pelo alto e só teve o trabalho de tirar das mãos de Cássio, já rendido na jogada.

O gol palmeirense até tinha potencial para tirar a concentração do Corinthians, mas não foi o que ocorreu. Poucos minutos depois, Jô avançou em direção à área, foi agarrado e calçado por Edu Dracena e teve pênalti marcado pelo árbitro gaúcho Anderson Daronco. Sem Jadson, batedor oficial do time, o próprio camisa 7 chamou a responsabilidade, bateu no canto esquerdo de Prass e converteu, anotando o terceiro dos donos da casa.

Jô anotou terceiro do Timão no clássico contra o Palmeiras

Jô anotou terceiro do Timão no clássico contra o Palmeiras

Reprodução/Premiere

Segundo tempo

Até pela vantagem construída na etapa inicial, o Corinthians voltou do vestiário com postura defensiva, disposto a adotar o contra-ataque como principal estratégia. Com poucos minutos, Carille sacou Gabriel, que já havia levado cartão amarelo, para a entrada de Maycon.

O plano tático do Timão facilitou a estratégia do Palmeiras, que passou a ficar mais tempo com a bola e trabalhar como queria no campo ofensivo. A equipe da Barra Funda também não demorou a fazer o segundo gol: aos 22 minutos, Moisés arrematou cruzado e acertou o ângulo direito do goleiro Cássio.

O segundo tempo do Dérbi foi mais lutado que jogado em Itaquera. De um lado, o Corinthians se fechava como podia e buscava puxar o contra-ataque, mas pecava na falta de concentração. Já o Palmeiras, sem nada a perder, atacava a qualquer custo, a essa altura já despreocupado com o setor defensivo.

Carille ainda promoveu as entradas de Fellipe Bastos e Jadson, a fim de reter a bola e encontrar o quarto. Mas foi só. Com três gols no primeiro tempo, o Corinthians venceu o arquirrival e deu passo considerável rumo ao heptacampeonato brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 3 x 2 Palmeiras

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes