Paulista 2017 - Quartas-de-final: Corinthians 1 x 0 Botafogo-SP

Paulista 2017 - Corinthians 1 x 0 Botafogo-SP

https://www.meutimao.com.br/jogo/09-04-2017/paulista_2017/corinthians-1-x-0-botafogo-sp

02:00

2017-04-09T16:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Botafogo-SP Botafogo-SP

Paulista 2017

Sobre a Partida

Rodriguinho se redime, Corinthians vence e aguarda rival de semi do Paulistão

O Corinthians está classificado para as semifinais do Campeonato Paulista. Com gol de Rodriguinho, o Timão venceu o Botafogo-SP por 1 a 0, neste domingo, na Arena Corinthians, e avançou para a próxima fase por ter empatado sem gols no jogo de ida, em Ribeirão Preto, no último dia 1º.

Ainda não há definição a respeito do próximo oponente do Timão no estadual. Com 28 pontos, a equipe do Parque São Jorge garantiu a segunda melhor campanha da competição, atrás apenas do Palmeiras, atual líder. Assim, é possível que São Paulo ou Ponte Preta encarem o esquadrão alvinegro nas semis – o time campineiro visita o Santos nesta segunda-feira, às 20h, no Pacaembu.

PRIMEIRO TEMPO

A equipe de Carille não demorou a fazer jus ao posto de mandante e criou duas oportunidades claras de gol antes dos dez primeiros minutos. A primeira, com o centroavante Jô, parou em defesa à queima-roupa do goleiro Neneca. Depois, Rodriguinho recebeu livre na entrada da área, perdeu o tempo da bola e tentou cavadinha, mas pegou de canela e desperdiçou chance fácil.

Rodriguinho perdeu chance inacreditável de gol, mas se redimiu

Rodriguinho perdeu chance inacreditável de gol, mas se redimiu

Reprodução/TV

O Corinthians continuou a criar jogadas de ataque, principalmente pelo lado esquerdo, com Guilherme Arana e Maycon trocando passes em velocidade e aparecendo nas costas da marcação. Rodriguinho, por sua vez, que havia marcado diante da Universidad de Chile, falhava na construção e entregava a bola de graça para a zaga botafoguense.

Aos 22 minutos do primeiro tempo, Cássio foi acionado pela primeira vez. Após cruzamento certeiro da direita, Marcão subiu livre e acertou belo cabeceio, obrigando o goleiro corinthiano a fazer grande defesa no ângulo esquerdo. Um susto necessário para um time que demorava a engrenar.

Quis o destino que o jogador com mais erros em campo sacasse um gol da cartola. E que gol! Em jogada iniciada por Arana na esquerda, a bola passou pelos pés de Maycon e parou em Jadson. O camisa 77, então, cruzou na cabeça de Rodriguinho, que acertou o canto direito de Neneca para abrir o placar.

“Acho que eles vão vir pra cima um pouco. Eles vão ter que sair. A gente começou bem, pressionando. Temos que caprichar, erramos muitos passes”, analisou Gabriel durante o intervalo. “A gente está errando alguns passes, mas temos o controle do jogo. Temos de caprichar mais”, pediu Rodriguinho, que era o principal nome do confronto.

SEGUNDO TEMPO

Se o setor de criação do Corinthians agiu rápido no começo do jogo, Ángel Romero e Jô mal tocaram na bola no início do período complementar. Precisando vencer, o Botafogo abriu mão da postura defensiva e lançou-se ao campo do Timão, que passou a ter como principal arma o contra-ataque pelo meio.

Aos 17 minutos, em jogada que mais se assemelhava a replay, Rodriguinho apareceu livre de frente para a meta de Neneca. Mas o armador, mais uma vez, diminuiu a passada e não finalizou a gol, sendo desarmado pela defesa rival.

Pouco depois, Fábio Carille promoveu sua primeira alteração no time: sacou o discreto Romero para a entrada de Clayton, recém-contratado do Atlético-MG. O técnico corinthiano ainda deu oportunidade a Marquinhos Gabriel, que retornava de longo período no departamento médico, e ao jovem Pedrinho, xodó da torcida do clube.

A essa altura, o Botafogo tentava o gol que levaria a decisão para as penalidades máximas, mas sofria com a organização defensiva da equipe armada por Carille. Sorte da maioria dos 33.491 torcedores que foram à Arena.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, diante do Internacional, às 21h45 (de Brasília), no Beira-Rio. O embate será válido pela ida da quarta fase da Copa do Brasil.

ESCALAÇÕES

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Botafogo-SP: Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Matheus Mancini e Fernandinho; Marcão Silva, Bileu, Diego Pituca e Rafael Bastos; Francis e Marcão

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Botafogo-SP

  • 1000 caracteres restantes