Santos 1 x 0 Corinthians - Brasileiro 2019

Brasileiro 2019 - Santos 1 x 0 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/12-06-2019/brasileiro_2019/santos-1-x-0-corinthians

02:00

2019-06-12T21:30:00

Vila Belmiro

Endereço: Rua Dom Pedro I, Santos, SP, Brasil

Corinthians Corinthians 0 x 1 Santos Santos

Brasileiro 2019

Sobre a Partida

Corinthians repete postura defensiva do Paulista e perde para o Santos em despedida antes de parada

Querendo encerrar a primeira parte da temporada, o Corinthians foi à Baixada Santista nesta quarta-feira para enfrentar o Santos, na última partida antes da pausa para a Copa América. Com atuação muito defensiva, no entanto, a Fiel não terminou o Dia dos Namorados com motivos para comemorar com seu clube amado.

Dominado durante os 90 minutos, a equipe alvinegra saiu derrotada da Vila Belmiro por 1 a 0, com gol marcado por Eduardo Sasha, já na segunda etapa. Com o resultado, o Timão vai para a parada com 12 pontos conquistados - tem um jogo a menos, contra o Goiás.

Calendário - Depois do embate em Santos, o elenco do Timão treina na quinta e na sexta-feira. Após as duas atividades, o grupo entra em recesso de dez dias. No dia 24, então, volta a treinar visando o embate contra o CSA, no dia 14 de julho, no retorno do Brasileirão.

Como jogamos

Sem Fagner e Michel Macedo, Fábio Carille deu nova oportunidade ao zagueiro Bruno Méndez, improvisado na lateral. Sem um atleta de origem por ali, o comandante resolveu tirar Sornoza do time titular, colocando Ramiro pelo lado direito.

O Timão, então, começou o clássico com Walter; Bruno Méndez, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Ramiro, Jadson e Clayson; Vagner Love.

Bruno Méndez e Ramiro ganharam chance no time titular para o clássico

Meu Timão

Do outro lado, Sampaoli montou o Santos com Everson; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Jorge; Alison, Diego Pituca e Jean Lucas; Soteldo, Eduardo Sasha e Marinho.

Primeiro tempo

Fora de casa, o Corinthians deu indício de que repetiria a postura defensiva adotada na semifinal do Campeonato Paulista, contra o mesmo Santos. Logo nos primeiros minutos, chance dos mandantes, em chute forte de Jean Lucas. Walter, atento, fez boa defesa para evitar a alteração no placar.

Apostando muito nos lados de campo, o time comandado por Jorge Sampaoli pressionou o Timão. Em uma escapada, no entanto, Danilo Avelar achou espaço para cruzar. A bola saiu sem direção e quase surpreendeu o goleiro Everson.

Esta seria a única chance alvinegra na primeira etapa. Depois disso, o jogo se concentrou muito no embate entre o uruguaio Bruno Méndez, improvisado na lateral, e Soteldo. Muito bem no jogo, o corinthiano levou a melhor na maioria dos duelos.

Méndez foi o jogador mais exigido do Corinthians na primeira etapa

Méndez foi o jogador mais exigido do Corinthians na primeira etapa

Reprodução/TV

Ainda assim, o Santos achou outros espaços para criar oportunidades. Aos 26, Victor Ferraz cruzou da direita e Manoel desviou com a ponta do pé. Novamente ligado, Walter encaixou a bola.

Depois disso, mais chances perigosas para os donos da casa. Primeiro, com Jorge, em cabeçada que passou perto da trave. Na sequência, Marinho finalizou duas vezes - uma delas na rede, mas pelo lado de fora, assustando a Fiel.

Muito recuado, o Timão não conseguiu reagir e terminou a etapa inicial sem conseguir criar, deixando Vagner Love muito isolado na frente e criando pouco com Jadson, pouquíssimo participativo no meio de campo.

Segundo tempo

A etapa final também começou com o Santos tomando iniciativa. Apesar disso, o Corinthians demonstrou mais vontade de contra-atacar, chegando a finalizar com Ramiro aos oito minutos. Em escanteio na sequência, Clayson cruzou mal e desperdiçou o ataque da equipe alvinegra.

Quatro minutos depois, Soteldo driblou Méndez e cruzou bem para Marinho cabecear. A testada do atacante foi para o meio da área, após desvio de Danilo Avelar. Na velocidade, Ralf chegou para evitar o que seria o primeiro gol do jogo.

A pressão santista, no entanto, não demorou a surtir efeito. Aos 14 minutos, nova jogada com Soteldo, que cruzou para o meio, encontrando Eduardo Sasha livre para chutar sem chances para o goleiro Walter.

Logo na sequência, o Corinthians construiu um bom contra-ataque, mas o cruzamento de Clayson não chegou em Júnior Urso, que fechava no segundo pau. Carille, então, resolveu fazer sua primeira troca: tirou Jadson e colocou Everaldo, para dar mais velocidade ao time alvinegro.

Com mais presença de ataque, a equipe alvinegra criou uma oportunidade aos 26 minutos. Pela direita, Ramiro cruzou, a bola desviou na zaga e quase surpreendeu Everson, que tirou por cima do gol. No escanteio, a zaga santista afastou sem perigo.

Sete minutos depois, Vagner Love sofreu falta na entrada da área. Clayson chamou a responsabilidade para bater, mas acabou chutando por cima da meta adversária, sem perigo para o goleiro Everson.

Depois da chance, foi a vez de Gustavo entrar em campo, no lugar de Ramiro. Com a troca, Clayson passou a atuar pela direita, com o centroavante enfiado e Vagner Love atuando pouco atrás, como um segundo atacante. Aos 41, Carille usou a última troca: Sornoza entrou, Júnior Urso saiu.

Com o Timão se lançando ao ataque, sobraram espaços para o time da casa e, a dois minutos do fim, Eduardo Sasha mandou bola na trave, quase ampliando o marcador. O Corinthians ainda tentou um ataque, mas não havia mais tempo. Fim de jogo e derrota confirmada no clássico.

Ficha técnica de Santos 1 x 0 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Urbano Caldeira, Santos, SP
Data: 12 de junho de 2019 (quarta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos e Carlos Berkenbrock
Árbitro de vídeo: Bruno Arleu de Araujo
Gol: Sasha (Santos)
Cartões amarelos: Agular, Gustavo Henrique e Sasha (Santos); Danilo Avelar, Bruno Méndez, Clayson e Vagner Love (Corinthians)
Público: 11.831 torcedores
Renda: R$ 438.955,00

SANTOS: Everson; Victor Ferraz, Agular, Gustavo Henrique e Jorge; Jean Lucas (Felipe Jonatan), Diego Pituca, Alison (Sanchez) e Soteldo; Marinho (Luiz Felipe) e Sasha.
Técnico: Jorge Sampaoli

CORINTHIANS: Walter; Manoel, Henrique, Danilo Avelar e Bruno Méndez; Ralf e Júnior Urso (Sornoza); Ramiro (Gustavo), Clayson e Jadson (Everaldo); Vagner Love.
Técnico: Fábio Carille

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Santos 1 x 0 Corinthians