Corinthians 2 x 1 Flamengo - Semifinal - Copa do Brasil 2018

Copa do Brasil 2018 - Corinthians 2 x 1 Flamengo

https://www.meutimao.com.br/jogo/26-09-2018/copa_do_brasil_2018/corinthians-2-x-1-flamengo

02:00

2018-09-26T21:45:00

Corinthians Corinthians 2 x 1 Flamengo Flamengo

Copa do Brasil 2018

Sobre a Partida

Pedrinho brilha, Corinthians elimina Flamengo na Arena e vai à final da Copa do Brasil

Há quem entenda que futebol se resume a contratações milionárias. Ou a jogadores de renome. Há, também, quem entenda que muito do sucesso no futebol passa por determinação, organização e entrega. “Patinho feio” das semifinais, o copeiro Corinthians está classificado à decisão da Copa do Brasil de 2018!

Com gols de Danilo Avelar e Pedrinho (quanta estrela!), o Timão derrotou o poderoso Flamengo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, em Itaquera. Com o empate sem gols na ida, no Maracanã, a equipe de Jair Ventura eliminou o time carioca e pega o Cruzeiro na fase derradeira.

É provável que os confrontos aconteçam nos dias 10 e 17 de outubro. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirma já nesta quinta-feira as datas, locais e horários.

Confira os gols da partida

Para o embate em Itaquera, Jair Ventura escalou o Timão num 4-2-4, formação sem centroavante fixo ou de mobilidade – Jonathas Jesus (com fibrose na coxa direita) e Matheus Matias (regulamento) eram desfalques.

Com relação ao último jogo (empate com Internacional), apenas uma novidade: Ralf, que havia cumprido suspensão automática no fim de semana, no lugar de Gabriel.

O Corinthians foi a campo com Cássio (capitão); Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson.

Escalação Corinthians x Flamengo com Ralf

Meu Timão

O Flamengo, sob o comando de Maurício Barbieri, tinha a seguinte escalação: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Henrique Dourado.

Leia também:
Torcida do Corinthians ergue belo mosaico na Arena; veja imagens
Com sinalizadores, Fiel recepciona ônibus do Corinthians; flamenguistas gravam festa alvinegra
Michel faz exames e fica perto de virar primeiro reforço do Corinthians para 2019

São Jorge do céu...

É difícil imaginar um clássico do tamanho de Corinthians x Flamengo e valendo vaga numa final de Copa do Brasil sem gols. E ele não deu as caras nesta quarta-feira. Com poucos minutos de bola rolando, aos 13, a equipe de Jair Ventura abriu o placar na semifinal decisiva: Jadson tirou da cartola lançamento magistral para Danilo Avelar, que pega de canhota e superou Diego Alves. A festa da Fiel estremecia as arquibancadas da Arena!

Avelar corre para o abraço ao marcar primeiro gol do jogão em Itaquera

Avelar corre para o abraço ao marcar primeiro gol do jogão em Itaquera

Reprodução/TV Globo

Ao menos em parte do primeiro tempo, o time da casa teve tranquilidade para trocar passes. Mateus Vital e Jadson demonstravam calma para rodar a bola e balançar o sistema defensivo do Flamengo, que esperava pelo melhor momento para contra-atacar. Mas o Timão, de forma inconsciente, logo abriria mão do controle do jogo por uma estratégia reativa, mesmo atuando dentro de seus domínios e ao lado de sua torcida.

Aos 17 minutos, o embate ganhou viés completamente oposto. Willian Arão acertou passe em profundidade para Pará, o lateral-direito avançou às costas de Clayson e cruzou à meia altura. Henrique, à frente de Cássio, acabou desviando a bola com o braço no contrapé do goleiro alvinegro, que não pôde evitar o tento de empate dos visitantes.

Usando bom português, caro leitor do Meu Timão, só deu Flamengo a partir dali. A equipe de Maurício Barbieri passou a ter o controle da partida e viu o Timão, que pouco tinha a posse, errar passes constantemente e desperdiçar contra-ataques. Escalado pela direita, Romero mais se preocupava com eventuais descidas de Trauco do que ser a válvula de escape corinthiana. Na esquerda, Clayson tinha um lampejo ou outro, mas logo passava o pé por cima da bola e tocava para trás.

Para piorar, Fagner, um dos pilares do time titular, sentiu dores na coxa esquerda, sendo substituído por Gabriel aos 23 minutos da etapa inicial.

Em suma: o gol contra de Henrique somado à saída forçada de Fagner fez o Corinthians, involuntariamente, puxar o freio de mão. Ainda assim, as equipes foram para o intervalo empatando por 1 a 1.

Fagner se lesionou no primeiro tempo do duelo na Arena Corinthians

Fagner se lesionou no primeiro tempo do duelo na Arena Corinthians

Reprodução/TV Globo

Só Pedrinho salva!

O Corinthians precisaria jogar mais no segundo tempo se quisesse avançar às finais. E duas finalizações defendidas por Cássio nos 15 minutos iniciais deram a letra: não adiantaria apenas defender-se diante de um Flamengo recheado de atletas milionários.

E se faltava futebol ao Timão, por que não apostar naquele mais capacitado à disposição no banco de reservas? O jogo pedia Pedrinho. E Jair Ventura não demorou a colocar o moleque alagoano em campo, no lugar de Clayson.

Em um de seus primeiros toques na bola, o camisa 38 recebeu de frente para a área, cortou para o meio e bateu firme, rasteiro, pegando de surpresa o experiente Diego Alves. O Corinthians voltava a estar à frente do marcador, desta vez com 20 minutos (fora acréscimos) para o apito final.

A essa altura, só restava ao Timão se fechar em seu campo, jogar como sabia: se defendendo com onze jogadores e, se possível, armar um contra-ataque ou outro.

Aos 37, Vital, um dos melhores da semifinal, fez sinal para o banco de reservas e pediu substituição. Jair então chamou Ángelo Araos, meia capaz de desempenhar a função de volante.

O Flamengo até chegou a assustar – e muito, com direito a bola na trave aos 47 minutos. Mas a noite era corinthiana: a equipe de Jair Ventura estava nas finais da Copa do Brasil!

É o Coringão!

Ficha técnica de Corinthians 2 x 1 Flamengo

Competição: Copa do Brasil
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 26 de Setembro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Bruno Boschília (PR) e Bruno Raphael Pires (GO)
Árbitro de vídeo: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Gols: Danilo Avelar, Pedrinho (Corinthians); e Henrique (gol contra) (Flamengo)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians); Willian Arão, Lucas Paquetá e Marlos (Flamengo)
Público: 44.249 pagantes (público total: 44.606)
Renda: R$ 3.663.322,30

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Gabriel), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital (Ángelo Araos) e Clayson (Pedrinho).
Técnico: Jair Ventura

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Réver, Trauco, Cuéllar, Willian Arão (Lincoln), Everton Ribeiro, Diego (Vitinho), Lucas Paquetá e Henrique Dourado (Marlos).
Técnico: Maurício Barbieri

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 2 x 1 Flamengo

  • 1000 caracteres restantes