Venha fazer parte da KTO
x

Atlético-MG 1 x 2 Corinthians - Brasileirão 2022

Brasileirão 2022 - Atlético-MG 1 x 2 Corinthians

Partida de futebol entre Atlético-MG 1 x 2 Corinthians nBrasileirão 2022

https://www.meutimao.com.br/jogo/7279/brasileirao_2022/atletico-mg-1-x-2-corinthians

02:00

2022-07-24T18:00:00

Mineirão

Endereço: Avenida Antônio Abrahão Caram, 1001 - São Luís, Belo Horizonte, MG, Brasil

Atlético-MG 1 X 2 Corinthians

Brasileirão 2022
24 de julho de 2022, 18:00
Atlético-MG 1 x 2 Corinthians
Mineirão, Belo Horizonte, MG.
Duelo 106 de 111 confrontos

Sobre a Partida

Corinthians consegue a virada nos minutos finais contra o Atlético-MG com dois de Fábio Santos

O Corinthians fechou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2022 com uma vitória de virada. O Timão visitou o Atlético-MG e viu os donos da casa abrirem o placar ainda no começo do primeiro tempo, mas contou com Fábio Santos para buscar a vitória por 2 a 1.

O Corinthians iniciou bem os primeiros minutos de partida, mas o Timão viu Keno balançar às redes aos oito. A partir daí, o Timão passou a ter maiores dificuldades para oferecer algum tipo de risco para os donos da casa. Ambas as equipes, inclusive, sofreram com a condição do gramado no Mineirão.

Na volta para o segundo tempo, o Timão viu Willian e Giuliano darem lugar à Guedes e Cantillo. Mais tarde, Gustavo Mosquito, Roni e Giovane também foram a campo. Mas sobrou para Fábio Santos colocar a Lei do Ex em prática e deixar tudo igual no Mineirão.

E não parou por aí! O Timão ainda viu Giovane sofrer uma falta dentro da área e contou com Fábio Santos para virar a partida em Belo Horizonte.

Com a vitória, o Timão se consolidou na vice-liderança do Campeonato Brasileiro 2022 com seus 35 pontos. Já o Atlético-MG segue com os mesmos 32. O Palmeiras ainda é líder com 39, enquanto o terceiro colocado é o Fluminense, com 34.

Anota aí, Fiel! - O próximo compromisso do Timão é na quarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A equipe alvinegra encara o Atlético-GO, às 21h30. Pelo Brasileirão, o próximo duelo é no final de semana que vem. O Corinthians recebe o Botafogo, às 19h do sábado, na Neo Química Arena.

Escalação

Sem poder contar com o goleiro Cássio em razão de problemas musculares, o Timão promoveu a estreia de Carlos Miguel na meta alvinegra. Além do arqueiro, o zagueiro Balbuena também fez sua reestreia pela equipe do Parque São Jorge. O técnico Vítor Pereira contou com:

  • Carlos Miguel; Fagner, Bruno Méndez, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon e Giuliano; Adson, Willian e Yuri Alberto.
Escalação do Corinthians para o duelo contra o Atlético-MG

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

Nos primeiros 20 segundos de jogo, os jogadores de Corinthians e Atlético-MG fizeram um protesto referente à regulamentação que mexe no direito trabalhista dos atletas: a Lei Geral do Esporte. Esta não foi a primeira vez que o protesto foi realizado. No duelo contra o Flamengo, na Neo Química Arena, por exemplo, o ato de tapar a boca também foi realizado.

Aos dois minutos, o Corinthians assustou a defesa do Atlético-MG com Adson. O camisa 28 roubou a bola de Guilherme Arana, avançou e carregou para a entrada da área. Depois, Adson arriscou um chute cruzado e a bola passou rente à trave de Everson.

A pressão corinthiana seguiu forte nos minutos iniciais de jogo. Aos quatro minutos, Du Queiroz, Fagner e Giuliano fizeram uma boa jogada pelo lado direito do ataque corinthiano. Willian, aos cinco, abriu para Fagner no lado direito e o lateral tentou a tabela com Adson dentro da área, mas o meia acabou mandando a bola pela linha de fundo.

Apesar do bom momento vivido nos primeiros minutos, o Corinthians acabou sofrendo o primeiro gol aos oito minutos. Mariano inverteu o jogo para Keno, no lado esquerdo. O camisa 11 dominou a bola e, numa bela batida de fora da área, colocou no ângulo de Carlos Miguel.

Aos 16, o Atlético-MG voltou a bagunçar a defesa do Corinthians. Em uma rápida jogada construída pelo lado direito, Jair viu a bola sobrar e arriscou de longe, mas viu a bola passar por cima do gol de Carlos Miguel.

O Timão seguiu sem conseguir esboçar algum tipo de reação nos 15 minutos seguintes do gol adversário. Aos 23, inclusive, o Atlético-MG tentou uma nova finalização com Zaracho. A bola foi cruzada na área e Balbuena fez o corte. A bola sobrou com o camisa 15 do Atlético, mas Carlos Miguel conseguiu encaixar a defesa.

Aos 26, o Timão tentou buscar uma resposta de fora da área. Du Queiroz abriu espaço e chutou rasteiro, mas não chegou a ameaçar o goleiro Everson, que fez a defesa com tranquilidade.

Após os 30 minutos do primeiro tempo, Giuliano perdeu a bola meio de campo após tentar um passe para Maycon e viu os adversários arrancarem um contra-ataque. Hulk carregou em direção ao gol e buscou Zaracho, mas a defesa corinthiana evitou que o adversário avançasse.

Aos 37, Hulk voltou a ser lançado em velocidade e Bruno Méndez acelerou para acompanhar o atacante adversário. Apesar de sair em vantagem, o jogador do Atlético-MG viu a arbitragem assinalar lance de impedimento no ataque.

Sem novas chances criadas na reta final da partida, o Corinthians deixou o primeiro tempo de jogo em Belo Horizonte atrás no placar.

Segundo tempo

Precisando buscar a vitória no segundo tempo de partida, o técnico Vítor Pereira promoveu duas alterações no time do Corinthians. Willian e Giuliano foram sacados pelo treinador português e deram espaço à Róger Guedes e Cantillo.

Logo aos três minutos do segundo tempo, o Atlético-MG acionou Nacho na entrada da área pelo lado esquerdo. Fábio Santos acompanhou o adversário, mas a arbitragem viu falta do camisa 26. Na bola parada, Hulk efetuou a cobrança, mas a bola explodiu na barreira e saiu em escanteio.

Aos 13 minutos da segunda etapa, Róger Guedes assustou a defesa do Atlético no Mineirão. O camisa 9 do Timão tirou da barreira e bateu rasteiro. A bola passou perto da trave e tocou na rede pelo lado de fora.

Aos 20 minutos, Vítor Pereira fez mais duas alterações no Timão. Gustavo Silva e Roni entraram nos lugares de Yuri Alberto e Maycon. Ao mesmo tempo, os donos da casa colocaram Pedrinho, ex-Corinthians, no lugar de Keno e Otávio na vaga de Jair.

Dois minutos depois, a arbitragem recebeu fortes reclamações da equipe corinthiana. Hulk tentou armar um chute e finalizar, mas acabou caindo sozinho. Apesar disso, o árbitro assinalou falta a favor do Atlético-MG. Na cobrança, Carlos Miguel espalmou para o lado e evitou qualquer chance dos donos da casa.

A última alteração de Vítor Pereira no Corinthians foi Adson por Giovane aos 31 minutos. Antes disso, porém, em uma bola colocada na área, Roni subiu para cabecear e acabou levando a pior no lance. O jogador ficou caído, mas não chegou a precisar de atendimento médico.

O Timão parecia que não conseguiria furar o bloqueio atleticano, até que aos 34 Fábio Santos recebeu um cruzamento de Fagner na segunda trave. O jogador encolheu o corpo e conseguiu colocar a Lei do Ex em prática ao tocar de cabeça para deixar tudo igual no Mineirão.

Dois minutos depois, Giovane disparou no ataque pelo lado esquerdo e foi derrubado pela marcação. O banco de reservas do Corinthians foi à loucura pedindo a marcação de uma penalidade. O árbitro foi chamado pelo VAR e concedeu a chance de virada ao Corinthians.

E não teve erro! Fábio Santos bateu com segurança no canto direito de Everson, que não conseguiu fazer a defesa. Com isso, o Timão efetuou a virada no Mineirão. Na comemoração, a torcida jogou uma garrafa de água nos corinthianos e o objeto atingiu o zagueiro Balbuena.

O Atlético-MG ainda tentou buscar o empate em duas oportunidades no tempo regulamentar, mas viu Carlos Miguel fazer boas defesas. A arbitragem deu, inicialmente, sete minutos de acréscimos. Após um atendimento de Fábio Santos, o árbitro somou mais três, mas não houve alterações no marcador: Corinthians 2 x 1 Atlético-MG, de virada.

Ficha técnica de Atlético-MG 1 x 2 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Governador Magalhães Pinto, Belo Horizonte, MG
Data: 24 de julho de 2022 (domingo)
Horário: 18h00 (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins
Gols: Keno (Atlético-MG); Fábio Santos (duas vezes) (Corinthians)
Cartões amarelos: Junior Alonso e Nacho (Atlético-MG); Yuri Alberto (Corinthians)
Público: 55.706 torcedores
Renda: R$ 1.202.874,99

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Alan Kardec), Jair (Otávio), Zaracho (Vargas) e Nacho (Pavón); Keno (Pedrinho) e Hulk.
Técnico: Lucas Gonçalves

CORINTHIANS: Carlos Miguel; Fagner, Bruno Méndez, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon (Roni) e Giuliano (Cantillo); Adson (Giovane), Willian (Róger Guedes) e Yuri Alberto (Gustavo Silva).
Técnico: Vítor Pereira

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Imagens da partida

Comente a partida: Atlético-MG 1 x 2 Corinthians