Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians 1 x 0 Athletico-PR - Brasileirão 2023

Brasileirão 2023 - Corinthians 1 x 0 Athletico-PR

Partida de futebol entre Corinthians 1 x 0 Athletico-PR nBrasileirão 2023

https://www.meutimao.com.br/jogo/7653/brasileirao_2023/corinthians-1-x-0-athletico-pr

02:00

2023-11-01T19:00:00

Neo Química Arena

Endereço: Avenida Miguel Ignácio Curi, São Paulo, SP, Brasil

Corinthians 1 X 0 Athletico-PR

Brasileirão 2023
01 de novembro de 2023, 19:00
Corinthians 1 x 0 Athletico-PR
Neo Química Arena, São Paulo, SP.
Duelo 69 de 69 confrontos

Sobre a Partida

Corinthians vence Athletico-PR com frango bizarro e respira no Brasileirão

Na noite desta quarta-feira, o Corinthians entrou em campo para mais um compromisso no Brasileirão. Em campo, o Timão venceu o Athletico-PR por 1 a 0 e respira um pouco mais aliviado na tabela da competição nacional.

As duas equipes deixaram a desejar no primeiro tempo. Em um ritmo desacelerado, poucas chances de gol foram criadas. Sendo assim, os 45 minutos iniciais foram encerrados com o placar parcial de 0 a 0.

Na segunda etapa, os times melhoraram e oportunidades de gol passaram a ser criadas com mais frequência. O gol da partida, porém, saiu de um lance confuso da defesa adversária. Yuri Alberto cabeceou e o goleiro Bento acabou protagonizando um frango memorável.

Anota aí, Fiel - O Corinthians volta a entrar em campo já no próximo domingo, dia 5. Na ocasião, o Timão visita o Red Bull Bragantino em duelo válido pela 32ª rodada do Brasileirão. A bola rola às 16h no Nabi Abi Chedid.

Escalação

Mano Menezes escalou o Corinthians da seguinte maneira: Cássio; Fagner, Gil, Lucas Veríssimo e Matheus Bidu; Gabriel Moscardo, Maycon, Giuliano e Renato Augusto; Romero e Yuri Alberto.

Escalação

Meu Timão

No banco de reservas, o treinador teve os seguintes jogadores à disposição: Carlos Miguel, Rafael Ramos, Matías Rojas, Caetano, Cantillo, Bruno Méndez, Pedro, Roni, Matheus Araújo, Ruan Oliveira, Wesley e Felipe Augusto.

O Athletico-PR, por sua vez, foi a campo com: Bento, Lucas Esquivel, Thiago Heleno, Cacá, Fernandinho, Erick, Cuello, Canobbio, Vitor Bueno, Bruno Zapelli e Pablo.

O jogo

Primeiro tempo

Mesmo fora de casa, o Athletico-PR iniciou a partida buscando surpreender o Corinthians. Os visitantes tentaram uma pressão logo nos primeiros segundos e chegaram a ter um escanteio a seu favor.

O Timão, aos poucos, foi se encontrando em campo e conseguiu frear a animação adversária. Aos cinco minutos, Matheus Bidu realizou um cruzamento pelo lado esquerdo e encontrou Yuri Alberto na área. O camisa 9, porém, acabou cabeceando para fora.

Depois da oportunidade, o elenco alvinegro seguiu ocupando o campo adversário e passou a pressionar em busca do gol. As jogadas passavam, principalmente, pelos meias. Maycon e Renato Augusto tentavam organizar o time.

Com dez minutos jogados, o Athletico-PR não deixava o Corinthians pressionar da forma que gostaria. O Timão, por sua vez, evitava a realização de transições ofensivas rápidas, uma das principais características do adversário.

Aos 16 minutos, o lado esquerdo foi importante para o clube alvinegro no ataque. Matheus Bidu recebeu passe de Maycon e arriscou finalização cruzada. O chute do lateral acabou sendo defendido por Bento.

Na sequência, o jogo voltou a ficar morno. O adversário não acelerava o ritmo da partida e rodava a bola com paciência. O Corinthians tentava colocar mais emoção na partida, mas acabava pecando nos passes.

Aos 25 minutos, foi a vez do Athletico-PR assustar. Em cruzamento de Esquivel, Erick subiu mais que a defesa alvinegra e cabeceou para fora. A bola passou muito perto da trave da meta defendida por Cássio.

Com 30 minutos, o Corinthians teve uma boa chance de gol ao recuperar a bola no setor ofensivo. Fagner recuperou a posse e tocou para Giuliano. O camisa 20 encontrou Yuri Alberto livre na área, mas o camisa 9 finalizou longe da meta.

As equipes não conseguiam desenvolver uma sequência de jogadas e o jogo seguia sem grandes emoções. Os lances individuais, protagonizados pelos principais jogadores de cada time, eram a válvula de escape.

Em um deles, Renato Augusto encontrou Yuri Alberto livre na área. O camisa 9 acabou dominando errado e dividiu a bola com o goleiro Bento. Após a dividida, Romero ficou com a posse e arriscou a finalização. O gol foi evitado pelo defensor adversário em cima da linha.

O lance foi o último de perigo do primeiro tempo. Logo depois, o árbitro apitou o fim dos 45 minutos iniciais com o placar parcial de 0 a 0.

Segundo tempo

Mesmo com um primeiro tempo abaixo do esperado, as equipes voltaram dos vestiários sem mudanças. A postura inicial, no entanto, mudou e o Corinthians foi para uma pressão buscando abrir o placar.

Aos três minutos, em um contra-ataque do Athletico-PR, Erick foi até a linha de fundo e rolou para o companheiro que chegava de trás. O adversário arriscou a finalização mas foi travado por Maycon, de carrinho.

Com a postura corinthiana em buscar o ataque com frequência, o adversário conseguia encaixar contra-ataques perigosos, mas sem sucesso nas finalizações. O Corinthians também encontrava dificuldades nos passes finais.

Aos oito minutos, o Athletico-PR conseguiu chegar com perigo e fez Cássio trabalhar. Vitor Bueno recebeu na área, passou por Lucas Veríssimo e arriscou a finalização. O goleiro alvinegro espalmou a bola para escanteio.

Com dez minutos, o Timão teve a oportunidade de chegar com perigo a meta defendida por Cássio. Mesmo com a superioridade sobre os zagueiros, Giuliano preferiu arriscar a finalização, que acabou subindo e passou longe.

Diferentemente da primeira etapa, as oportunidades seguiam aparecendo. Aos 12 minutos, Maycon passou pela marcação e arriscou finalização de fora da área, que acabou defendida por Bento. Na sequência, Vitor Bueno também chutou de longe e a bola acabou subindo.

Aos 15 minutos, Mano Menezes realizou as duas primeiras mudanças no Corinthians. Gabriel Moscardo e Romero deixaram o campo para as entradas de Matías Rojas e Wesley.

O placar na Neo Química Arena foi inaugurado aos 20 minutos. Matheus Bidu recuperou a bola do defensor adversário e tentou cruzamento rasteiro. A defesa do Athletico-PR cortou mal, a bola subiu e Yuri tentou o cabeceio. A finalização do camisa 9 saiu errada, mas o goleiro Bento protagonizando uma falha memorável.

Depois de sofrer o gol, o Athletico-PR se lançou ao ataque e acumulou algumas chances perigosas. O adversário não estava com a pontaria afiada e Cássio pouco trabalhou.

Logo depois, Matheus Bidu pediu substituição após sentir cãibras. Mano Menezes prontamente chamou Caetano para entrar na vaga deixada pelo lateral.

O Corinthians diminuiu o ritmo dos ataques e passou a trabalhar com mais paciência. Em lance individual, aos 34 minutos, Wesley passou pela marcação e saiu na cara do gol. A finalização do jovem, porém, deixou a desejar.

Depois, o Athletico-PR se lançou ao ataque e pressionava o Timão. A defesa alvinegra, em uma noite inspirada, conseguia evitar lances de perigo. Com isso, o adversário se mostrava nervoso e errava alguns passes facéis.

Em um contra-ataque, o Corinthians voltou a levar perigo. Wesley tocou para Yuri Alberto, que saiu na cara do gol. O chute do atacante acabou saindo fraco e passou perto da trave defendida pelo goleiro Bento.

Aos 41 minutos, Mano Menezes promoveu as duas últimas mudanças no Corinthians. Renato Augusto e Yuri Alberto saíram para as entradas de Roni e Felipe Augusto.

Nos minutos finais, o Athletico-PR seguiu na busca frenética pelo gol de empate. O adversário, no entanto, não teve sucesso nas finalizações e não conseguiu balançar as redes. Desta forma, a partida foi encerrada com vitória do Corinthians por 1 a 0. O resultado faz o Timão respirar no Brasileirão.

Ficha técnica de Corinthians 1 x 0 Athletico-PR

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 01 de novembro de 2023 (quarta-feira)
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Michael Stanislau
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins
Gol: Yuri Alberto (Corinthians)
Cartões amarelos: Yuri Alberto (Corinthians); Cuello e Vitor Bueno (Athletico-PR)
Público: 29.612 pagantes (público total: 29.870)
Renda: R$ 1.701.823,00

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Lucas Veríssimo e Matheus Bidu (Caetano); Gabriel Moscardo (Matías Rojas), Maycon, Giuliano e Renato Augusto (Roni); Romero (Wesley) e Yuri Alberto (Felipe Augusto).
Técnico: Mano Menezes

ATHLETICO-PR: Bento; Cacá, Thiago Heleno e Lucas Esquivel; Canobbio, Fernandinho, Erick (Alex Santana) e Cuello (Rômulo); Bruno Zapelli (Felipe Chiqueti), Pablo e Vitor Bueno (Willian).
Técnico: Wesley Carvalho

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Athletico-PR