Extrema traz sorte ao Timão

Extrema traz sorte ao Timão

Por Meu Timão

Mano Menezes tem a missão de manter o Corinthians em alto nível

Mano Menezes tem a missão de manter o Corinthians em alto nível

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Antes de possuir um centro de treinamento, o Corinthians já era um frequentador assíduo de Extrema, cidade do sul de Minas Gerais. Lugar típico para quem busca tranquilidade, a pequena cidade traz muita sorte ao Timão.

Essa história começa em 2009, com a própria interferência de Mano Menezes. Na época, os jogadores ficaram no Hotel Fazenda das Amoreiras pouco antes das finais do Paulistão. O resultado? Vitória de Ronaldo e companhia.

Mas se engana quem pensa que essa foi a última viagem do Corinthians para o lugar. Em 2011, com uma influência indireta de Mano, o Timão também viajou para lá.

No comando da Seleção, ele usou as dependências do Parque Ecológico do Tietê para treinar para um amistoso contra a Romênia, no jogo que marcou a despedida de Ronaldo. Diante disso, o elenco corintiano viajou para a cidade mineira para se preparar para o Brasileirão.

Com Tite, os jogadores treinaram no local entre 2 e 4 de junho e depois viajaram para o Rio de Janeiro, onde empataram por 1 a 1 com o Flamengo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida marcou a estreia de Emerson Sheik pelo Timão e fez parte da sequência de dez jogos de invencibilidade que o clube conseguiu no início da competição - fundamentais para a conquista do penta.

Desta vez, com o Irã treinando no CT Joaquim Grava, os jogadores ficarão um período bem maior em Extrema.

Recém-contratado, o paraguaio Ángel Romero será a principal novidade - o uruguaio Nicolás Lodeiro se junta apenas após o fim da participação de sua seleção na Copa do Mundo.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes