Meio de transporte vira problema para clássico de domingo

Meio de transporte vira problema para clássico de domingo

Por Meu Timão

Metrô vive impasse sobre o clássico

Metrô vive impasse sobre o clássico

Uma reunião que será realizada na manhã desta sexta-feira, no 2° Batalhão da Polícia Militar de São Paulo, será decisiva para organizar o acesso das organizadas do Palmeiras ao clássico de domingo, contra o Corinthians, na nova Arena.

O grande problema está na maneira de negociação. A reunião, que conta com representantes das organizadas do Palmeiras, o Corinthians (mandante do clássico), o metrô e a Federação Paulista de Futebol, não anda devido ao impasse oferecido pela PM.

A polícia, visando proteger os torcedores, orientou as organizadas a utilizarem ônibus, seriam cerca de 50, para transportar duas mil pessoas. Contudo, os representantes das organizadas querem utilizar o transporte público, alegando que os custos de alugar um ônibus são altos e eles não tem como arcar com essa despesa.

Em contrapartida, a PM indicou que, dessa maneira, não poderá fazer a segurança e, qualquer tipo de confronto entre as duas torcidas serão de responsabilidade dos diretores que serão indiciados criminalmente.

Restar aguardar o desfecho dessa reunião

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes
  • Kazim discutiu com torcedor do Corinthians durante aquecimento

    Kazim discute com torcedor na Arena Corinthians durante duelo contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes