Corinthians joga melhor e vira em cima do São Paulo

Corinthians Corinthians 3 x 2 São Paulo São Paulo

Brasileirão 2014

Corinthians joga melhor e vira em cima do São Paulo

Por Meu Timão

Corinthians mais uma vez bateu no freguês

Corinthians mais uma vez bateu no freguês

Foto: Lancepress

As duas torcidas esperavam por um Majestoso quente. E foi isso que aconteceu na tarde hoje, na Arena Corinthians. Com os desfalques de Pato e Rogério Ceni, pelo lado do São Paulo e Elias e Jadson, pelo lado alvinegro, o jogo foi aberto e com muitas chances de gol.

Para o Corinthians, o jogo começou ruim. Logo no começo do jogo, aos 5 minutos a zaga entrou em pane e o volante Souza colocou o rival na frente do placar. Mas o Timão não desanimou e, liderado por Renato Augusto, começou a pressionar.

E o resultado de toda a pressão veio aos 35 minutos do primeiro tempo. Em um lance confuso, polêmico e duvidoso, o Corinthians teve um pênalti marcado a seu favor. Como dizem, o choro é livre e Fábio Santos botou a bola lá dentro. Jogo empatado e o Timão tinha tudo para virar o jogo.

Contudo, outra vez demos azar. Em uma falta batida pela lateral da área, outra vez a zaga falhou e o péssimo Edson Silva fez o segundo dos visitantes. Aos 44 minutos o Corinthians tomava a virada. Fim do primeiro tempo e alguma reclamação por parte do São Paulo por causa do pênalti marcado.

O Segundo Tempo

A segunda etapa voltou com uma alteração no rival. Saiu o apagado Luis Fabiano e entrou Michel Bastos. O time adversário tentava retrancar e garantir o resultado.

E, logo aos cinco minutos do segundo tempo, outro lance polêmico. Em um cruzamento na área do São Paulo, Antônio Carlos e Guerrero trombaram e o time do Corinthians ficou pedindo pênalti. O juiz não marcou nada e o jogo seguiu com o Corinthians pressionando o rival dentro de casa.

Aos sete minutos, Malcom quase empatou o jogo. Em uma linda matada no peito, ele mandou um petardo que Dênis defendeu. O empate parecia questão de tempo. E ele veio.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Alvaro Pereira fez cometeu pênalti em Guerrero e foi expulso. Fábio Santos bateu e empatou na Arena. Agora com um a mais, o Timão foi para dentro do rival. Vale o destaque que Malcom comandava o Timão para cima dos eternos fregueses, para o delírio dos mais de 35 mil presentes na Arena.

Até os 25 minutos, só havia um time jogando: o Corinthians, O placar de finalizações era de uma diferença absurda: 9 x 2 para o Timão. Parecia questão de tempo a virada alvinegra.

E ela veio. Em uma linda tabela entre Danilo e Guerrero, o peruano saiu cara a cara com Dênis e deu dó. Com um toque de classe, de craque e com categoria, ele virou a partida para o Corinthians dentro da Arena. Delírio da Fiel, choro dos rivais e o jogo já resolvido aos 30 minutos do segundo tempo.

O São Paulo, por seu lado, coitados, mal sabiam para onde correr ou onde esconder a cara. O Timão se impunha e vencia com GRANDE autoridade o rival em seus domínios. Aos 38, o menino Malcolm saiu, muito aplaudido, e Luciano entrou no seu lugar.

Mas engana-se quem pensa que o jogo estava acabado. Aos 40, Fábio Santos deu um carrinho por trás e foi expulso de campo. Os dois times estavam com 10 e o jogo, novamente, estava aberto.

Contudo, o Corinthians não era o fraco rival e sabia controlar o jogo. E, com toques conscientes, foi colocando o time de três cores na roda e jogando bonito. A torcida, como sempre, fazendo uma LINDA festa e gritando Olé. Os três pontos estavam garantidos e o rival entregue.

Como conclusão, fica uma única frase para os rivais: deram sorte de não tomar mais! Para o Timão, fica a consagração no G4 e o aumento das chances de disputar o título. Afinal, AQUI É CORINTHIANS!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corint

  • 1000 caracteres restantes