Após cumprir suspensão, Petros retorna contra o Atlético-PR

Após cumprir suspensão, Petros retorna contra o Atlético-PR

Por Larissa Emanuelle

Petros deve ser opção contra o Atlético Paranaense

Petros deve ser opção contra o Atlético Paranaense

Depois de quatro rodadas cumprindo a punição dada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, assim a suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o meia Petros reforçará o Corinthians na próxima rodada.

Julgado pelo STJD após um lance com o árbitro Raphael Claus, no clássico contra o Santos, o camisa 40 do time alvinegro foi punido com 180 dias fora dos gramados. No entanto, o tribunal realizou um segundo julgamento e decidiu diminuir a pena para três partidas (o jogador ficou fora dos jogos contra o Flamengo, Chapecoense, São Paulo e Figueirense).

Um dos maiores ladrões de bola do Campeonato Brasileiro, Petros era considerado indispensável na equipe titular do Corinthians até precisar ficar de fora dos jogos. Com a possibilidade de ser utilizado contra o Atlético Paranaense, o meia espera ser escolhido por Mano Menezes para voltar ao time principal.

O Corinthians entra em campo neste domingo, ainda como visitante, para enfrentar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. O jogo é válido pelo Campeonato Brasileiro. Com os mesmos 40 pontos, a equipe deixa o G4 e está na quinta colocação da tabela.

Veja Mais:

  • Clayton disputou 14 jogos, marcando dois gols

    Corinthians e Atlético-MG finalizam últimos detalhes para devolução de Clayton

    ver detalhes
  • Romero, Jô, Rodriguinho e Fagner, personagens do PES 2018

    Presença do Corinthians na demo de PES 2018 é anunciada pela Konami; veja novo trailer do game

    ver detalhes
  • Clayton está liberado para voltar ao Atlético-MG

    Bom negócio? Torcedores de Corinthians e Atlético-MG repercutem devolução de Clayton

    ver detalhes
  • Carille definiu os jogadores que iniciam o duelo contra a Chapecoense

    Carille saca Clayson, mantém Jadson fora e escala Corinthians para enfrentar Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes